RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

3 Inches of Blood: Um atestado de amor com o metal

Resenha - Long Live Heavy Metal - 3 Inches of Blood

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collector's Room
Postado em 09 de maio de 2012

Nota: 8

O principal mérito da banda canadense 3 Inches of Blood é fazer o tradicional soar moderno e atual. Isso é tarefa para poucos. Executando um heavy metal clássico que bebe diretamente na escola do Judas Priest e da NWOBHM, o quinteto construiu uma discografia sólida, forte e competente ao longo dos anos. "Long Live Heavy Metal" é o novo capítulo dessa jornada sempre ascendente.

Lançado no último dia 15 de março pela Century Media, o quinto álbum do 3 Inches of Blood é um atestado de amor e comprometimento com o metal. O título não está ali por acaso: se depender da banda, o heavy metal continuará vivo por séculos. A sonoridade é construída sobre o lado mais tradicional, porém o grupo não se contenta em seguir os caminhos óbvios que as faixas apontam. Com arranjos inteligentes e criatividade de sobra, a banda mostra que ter um som tradicional não é sinônimo de música repetitiva, muito pelo contrário. Canções como "Metal Woman", "Leather Lord" e "Look Out" são ótimos exemplos disso.

O trabalho de composição é muito bom. As faixas são intensas, com um ótimo trabalho da cozinha formada por Byron Stroud (baixo) e Ash Pearson (bateria). O timbre do vocalista Cam Pipes, extremamente semelhante ao de Rob Halford, faz com que tenhamos a impressão de estar ouvindo, em alguns momentos, uma versão rejuvenescida do Judas Priest.

A banda experimenta novos caminhos em alguns momentos. A instrumental "Chief and the Blade" leva o ouvinte para o velho oeste e introduz a ótima "Dark Messenger", um dos destaques do disco. "My Sword Will Not Sleep" é de uma competência inequívoca, enquanto a bela instrumental "One for the Ditch" encerra o disco em grande estilo.

O saldo final é mais um grande acerto do 3 Inches of Blood. "Long Live Heavy Metal" é um belo trabalho, com qualidade de sobra para cair no gosto de qualquer headbanger. Se você curte metal, vai curtir esse disco!

Faixas:
Metal Woman
My Sword Will Not Sleep
Leather Lord
Chief and the Blade
Dark Messenger
Look Out
4000 Torches
Leave It on the Ice
Die for Gold (Upon the Boiling Sea IV)
Storming Juno
Men of Fortune
One for the Ditch


Outras resenhas de Long Live Heavy Metal - 3 Inches of Blood

Resenha - Long Live Heavy Metal - 3 Inches Of Blood

Resenha - Long Live Heavy Metal - 3 Inches of Blood

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.
Mais matérias de Ricardo Seelig.