Resenha - Long Live Heavy Metal - 3 Inches of Blood

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collector's Room
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O principal mérito da banda canadense 3 Inches of Blood é fazer o tradicional soar moderno e atual. Isso é tarefa para poucos. Executando um heavy metal clássico que bebe diretamente na escola do Judas Priest e da NWOBHM, o quinteto construiu uma discografia sólida, forte e competente ao longo dos anos. "Long Live Heavy Metal" é o novo capítulo dessa jornada sempre ascendente.

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMassacration: saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

Lançado no último dia 15 de março pela Century Media, o quinto álbum do 3 Inches of Blood é um atestado de amor e comprometimento com o metal. O título não está ali por acaso: se depender da banda, o heavy metal continuará vivo por séculos. A sonoridade é construída sobre o lado mais tradicional, porém o grupo não se contenta em seguir os caminhos óbvios que as faixas apontam. Com arranjos inteligentes e criatividade de sobra, a banda mostra que ter um som tradicional não é sinônimo de música repetitiva, muito pelo contrário. Canções como "Metal Woman", "Leather Lord" e "Look Out" são ótimos exemplos disso.

O trabalho de composição é muito bom. As faixas são intensas, com um ótimo trabalho da cozinha formada por Byron Stroud (baixo) e Ash Pearson (bateria). O timbre do vocalista Cam Pipes, extremamente semelhante ao de Rob Halford, faz com que tenhamos a impressão de estar ouvindo, em alguns momentos, uma versão rejuvenescida do Judas Priest.

A banda experimenta novos caminhos em alguns momentos. A instrumental "Chief and the Blade" leva o ouvinte para o velho oeste e introduz a ótima "Dark Messenger", um dos destaques do disco. "My Sword Will Not Sleep" é de uma competência inequívoca, enquanto a bela instrumental "One for the Ditch" encerra o disco em grande estilo.

O saldo final é mais um grande acerto do 3 Inches of Blood. "Long Live Heavy Metal" é um belo trabalho, com qualidade de sobra para cair no gosto de qualquer headbanger. Se você curte metal, vai curtir esse disco!

Faixas:
Metal Woman
My Sword Will Not Sleep
Leather Lord
Chief and the Blade
Dark Messenger
Look Out
4000 Torches
Leave It on the Ice
Die for Gold (Upon the Boiling Sea IV)
Storming Juno
Men of Fortune
One for the Ditch


Outras resenhas de Long Live Heavy Metal - 3 Inches of Blood

3 Inches Of Blood: Presta tributo ao metal clássico3 Inches of Blood: Vida longa ao Heavy Metal




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "3 Inches Of Blood"


Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Massacration: saiba quem é o baterista que tocava de verdadeMassacration
Saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

Heavy Metal: diagrama explica a origem dos nomes de bandasHeavy Metal
Diagrama explica a origem dos nomes de bandas

Mônica Guedes: "seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"Black Metal: banda brasileira fez clipe mais bizarro do universoAC/DC: Brian foi demitido como se fosse vendedor do Wal-Mart, diz amigoMasterplan: segundo Grapow, Jorn Lande nunca fez nada pela banda

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.