Axecuter: Resgate dos anos 80 profissional e bem feito

Resenha - Bangers Prevail - Axecuter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Meus amigos, fazia tempo que eu não sentia aquela sensação de volta aos anos 80, no que se refere ao som pesado, com um grau de nostalgia tão forte. Não, não se trata do Thrash Metal clássico do Bay Area, mas sim dos primórdios do Thrash/Death Metal de bandas como Venom, Celtic Frost e afins.
5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19895000 acessosSlayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte

E é um resgate tão profissional e bem feito, que o trio, formado por Baphometal (bateria), Danmented (guitarra/vocal) e T. Basstard (baixo/backing vocal), não se contentou somente em executar composições tão boas e que remetem à década perdida. Não. A Axecuter também caprichou na gravação (excelente, contando que é que uma simulação das antigas, com direito a vocais cheios de reverbs e instrumentos bastante crus), o visual dos integrantes e seus já mencionados pseudônimos, além de um fato quase inacreditável em pleno 2012: a banda disponibilizou o material em formato de fita cassete!!! Puxa vida, e o encarte da tape é muito legal!

Mas melhor me acalmar e me ater às canções. São quatro faixas bastante agressivas, sendo as três primeiras gravadas em 2010 e a última, bônus, em 2011. Todas têm uma pegada irresistível e completamente ‘old school’.

A faixa que abre o trabalho e leva o nome da fitinha já entra com um riff marcante, que entra no cérebro e lá se aloja pela eternidade. Imagine um lance na velocidade de “Ace of Spades” (Motörhead) para ter uma noção da porrada que é a música. Além disso, o refrão, embora bastante simples, também é bem empolgante.

Depois, “The Axecuter” não deixa pedra sobre pedra com sua intensidade e agressividade. Outra ótima faixa, com um solo cortante e perfeitamente encaixado na estrutura do som. A melhor porrada do material.

A penúltima música – “Ritual of Decibels” – tem uma levada lenta e extremamente cativante, com bumbos duplos usados nos momentos corretos. Perto do seu final, os caras dão uma aceleradinha que também ficou interessante. É para bangear que nem louco. Simplesmente espetacular!

E fechando “Bangers Prevail”, a mais violenta de todas – “Dominios of Death” – cover dos veteranos da Vulcano, bastante veloz. E sabe o que também ficou chamativo? Novamente o solo bem no fim da música, mas pelo fato de não haver uma guitarra base gravada (o registro foi ao vivo no estúdio). Aquele vazio preenchido apenas pelo baixo deu até um charme a mais no som.

Depois de analisar tanto carinho e cuidado para relembrar os primórdios da música extrema de forma tão brilhante e honesta, não há como não elogiar o grupo pela atitude ousada e sincera. Realmente, “Bangers Prevail” é um primor. Sensacional!

Axecuter - Bangers Prevail (demo)
Inferno Records – 2011 – Brasil

http://www.myspace.com/axecutermetal
http://www.youtube.com/watch?v=rAbppUfIGvU
http://www.reverbnation.com/axecuter
http://www.facebook.com/#!/pages/Axecuter-Official/189367251...

Tracklist
01 Bangers Prevail
02 The Axecuter
03 Ritual of Decibels
04 Dominios of Death (Vulcano cover)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Bangers Prevail - Axecuter

573 acessosAxecuter: para se destacar é preciso fazer algo diferente

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Axecuter"

Metal TradicionalMetal Tradicional
13 Novas bandas nacionais e o momento da cena

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Axecuter"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1989

SlayerSlayer
Cronologia de Jeff, da picada da aranha até a morte

PoeiraPoeira
A fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosUltimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da história5000 acessosIron Maiden: versões pesadas para clássicos do Rock4976 acessosArch Enemy: Jeff Hanneman nunca será esquecido, diz Gossow5000 acessosDave Mustaine: estou ficando melhor na guitarra graças a Kiko4572 acessosIron Maiden: vídeo dos bastidores da remasterização dos 15 álbuns

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online