RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Stamp

Axecuter: Resgate dos anos 80 profissional e bem feito

Resenha - Bangers Prevail - Axecuter

Por Christiano K.O.D.A.
Postado em 15 de janeiro de 2012

Nota: 9

Meus amigos, fazia tempo que eu não sentia aquela sensação de volta aos anos 80, no que se refere ao som pesado, com um grau de nostalgia tão forte. Não, não se trata do Thrash Metal clássico do Bay Area, mas sim dos primórdios do Thrash/Death Metal de bandas como Venom, Celtic Frost e afins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

E é um resgate tão profissional e bem feito, que o trio, formado por Baphometal (bateria), Danmented (guitarra/vocal) e T. Basstard (baixo/backing vocal), não se contentou somente em executar composições tão boas e que remetem à década perdida. Não. A Axecuter também caprichou na gravação (excelente, contando que é que uma simulação das antigas, com direito a vocais cheios de reverbs e instrumentos bastante crus), o visual dos integrantes e seus já mencionados pseudônimos, além de um fato quase inacreditável em pleno 2012: a banda disponibilizou o material em formato de fita cassete!!! Puxa vida, e o encarte da tape é muito legal!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Mas melhor me acalmar e me ater às canções. São quatro faixas bastante agressivas, sendo as três primeiras gravadas em 2010 e a última, bônus, em 2011. Todas têm uma pegada irresistível e completamente ‘old school’.

A faixa que abre o trabalho e leva o nome da fitinha já entra com um riff marcante, que entra no cérebro e lá se aloja pela eternidade. Imagine um lance na velocidade de "Ace of Spades" (Motörhead) para ter uma noção da porrada que é a música. Além disso, o refrão, embora bastante simples, também é bem empolgante.

Depois, "The Axecuter" não deixa pedra sobre pedra com sua intensidade e agressividade. Outra ótima faixa, com um solo cortante e perfeitamente encaixado na estrutura do som. A melhor porrada do material.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

A penúltima música – "Ritual of Decibels" – tem uma levada lenta e extremamente cativante, com bumbos duplos usados nos momentos corretos. Perto do seu final, os caras dão uma aceleradinha que também ficou interessante. É para bangear que nem louco. Simplesmente espetacular!

E fechando "Bangers Prevail", a mais violenta de todas – "Dominios of Death" – cover dos veteranos da Vulcano, bastante veloz. E sabe o que também ficou chamativo? Novamente o solo bem no fim da música, mas pelo fato de não haver uma guitarra base gravada (o registro foi ao vivo no estúdio). Aquele vazio preenchido apenas pelo baixo deu até um charme a mais no som.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Depois de analisar tanto carinho e cuidado para relembrar os primórdios da música extrema de forma tão brilhante e honesta, não há como não elogiar o grupo pela atitude ousada e sincera. Realmente, "Bangers Prevail" é um primor. Sensacional!

Axecuter - Bangers Prevail (demo)
Inferno Records – 2011 – Brasil

http://www.myspace.com/axecutermetal
http://www.youtube.com/watch?v=rAbppUfIGvU
http://www.reverbnation.com/axecuter
http://www.facebook.com/#!/pages/Axecuter-Official/189367251077353

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

Tracklist
01 Bangers Prevail
02 The Axecuter
03 Ritual of Decibels
04 Dominios of Death (Vulcano cover)


Outras resenhas de Bangers Prevail - Axecuter

Axecuter: para se destacar é preciso fazer algo diferente

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.
Mais matérias de Christiano K.O.D.A..

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS