Rotten Sound: Faz um estrago na cabeça em apenas meia hora

Resenha - Cursed - Rotten Sound

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É quase sempre a mesma coisa: grindcore dos mais brutais, com qualidade para dar e vender. Deve ser unânime que esses caras são uma das melhores bandas do estilo no planeta. Meia horinha de CD já deixa um estrago permanente na cabeça. Ainda bem.
5000 acessosIron Maiden: Felipe Dylon toca clássicos da donzela5000 acessosNirvana: entrevista com garoto da capa do "Nevermind"

Pois os finlandeses continuam afiados e soltando fogo para todos os lados. A fórmula é aquela clássica do grind: o maior barulho possível em músicas curtas. A maior delas – “Declare” - não chega a três minutos. E é só conferir faixas como “Alone”, “Self”, “Power”, “Plan”, “Terrified” e “Doomed” para ter muito medo da violência da banda.

Percebendo os títulos, aliás, notem que são todos compostos por apenas uma palavra cada, algo que acompanha a maior parte das canções da discografia do grupo. Outra coisa que continua imbatível é o esquema de praticamente emendar uma música na outra, sem dar folga para pensar em alguma coisa. Uma verdadeira muralha sonora que aflige os mais descuidados.

Lá no começo, falei que QUASE sempre é a mesma coisa. Dessa vez, algumas canções, como “Choose”, “Hollow” e a citada “Declare” fogem um pouco dos padrões da Rotten Sound, e até apresentam caráter experimental dentro do CD, mas têm seus méritos pelo som bem trabalhado.

Quanto à produção, a Rotten Sound manteve intacta a ótima qualidade de gravação. A guitarra e o baixo são peso puro, mas uma coisa que sempre admiro é a timbragem da bateria, que dá um punch poderosíssimo ao som do grupo. Tudo isso junto é demolidor.

Apesar dos bons momentos que o disco proporciona, não posso dizer que “Cursed” é o melhor trabalho dos caras. Parece ter faltado alguma coisa. Talvez mais sons velozes e diretos, e uma pitada criativa ainda maior no disco.

Ainda sim, é um álbum da Rotten Sound, sinônimo de boa podridão. E eles gostam de fazer videoclipes. Degustem dois aí debaixo sem moderação.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Rotten Sound – Cursed
Relapse Records – 2011 – Finlândia

http://www.myspace.com/rottensound

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Rotten Sound"

Iron MaidenIron Maiden
Felipe Dylon toca clássicos da donzela

NirvanaNirvana
Entrevista com garoto da capa do "Nevermind"

NightwishNightwish
Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda

5000 acessosAskmen.com: site elege as dez melhores músicas do Nirvana5000 acessosAnitta: "Eu era roqueira. Comecei no funk por destino."5000 acessosOzzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la5000 acessosMegadeth: para baixista, Mustaine inventou o Thrash5000 acessosFotos de Infância: Lemmy Kilmister, do Motorhead5000 acessosManowar: vídeo antigo mostra quebra de recorde mundial

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online