Killface: Híbrido de Thrash e Death Metal irlandês

Resenha - Faceless - Killface

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Um pouco do extremismo irlandês...! O Killface vem da cidade de Dublin, tendo começado suas atividades em 2008, e "Faceless" é seu primeiro registro oficial, cuja simpática e esfarrapada arte da capa já anuncia claramente as intenções sonoras do pessoal: aquele híbrido de Thrash e Death Metal, que, embora esteja fundamentado na velha escola do gênero, também procura assimilar características um pouco mais atuais.

São apenas quatro faixas (muito pouco mesmo!) conscientemente simples e que geralmente não tem interesse na velocidade, e sim em andamentos mais cadenciados e ultra-pesados. Ponto positivo pelo fato de o Killface procurar usar vários elementos na construção de sua música, tornando tudo bem diversificado – "Miserable" consegue ser arrastadona – pelos cerca de 20 minutos de audição, merecendo destaque a abertura "Dysfunctional" e a longa "Years Of Gore", mais rápida, 'grooveada' e devidamente influenciada pela escola sueca do gênero.

publicidade

Com um áudio satisfatoriamente robusto, o Killface mostrou esmero ao embalar seu repertório com um projeto gráfico digipak, o que valoriza ainda mais "Faceless", uma prévia honesta do álbum completo que está planejado para sair ainda em 2011. Não exibe absolutamente nenhuma surpresa, mas possui qualificações mais do que suficientes para ser indicado ao público que procura por novas bandas com sons mais retrôs. Confiram no MySpace dos caras!

publicidade

Contato: www.myspace.com/killfaceband

Formação:
Brady - voz
Zammo - guitarra
Jono - guitarra
Dee - baixo
Drummo - bateria

Killface - Faceless
(2010 / independente - importado)

01.Dysfunctional
02.Miserable
03.Years Of Gore
04.Hacked To Death



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin