Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemComo Bono Vox e o U2 influenciaram um dos discos mais importantes do Sepultura

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson


Turisas: Ainda Viking, porém seguindo linha mais melódica

Resenha - Stand Up And Fight - Turisas

Por Gustavo Todengel
Em 04/03/11

Hail Vikings de todo o mundo, essa matéria é fria, sangrenta e cheira à àlcool (risos). Acaba de sair o novo CD do Turisas e, como já de costume da banda, está ótimo.

A marcha para luta se inicia com "The March Of The Varangian Guard", que tem um clima bem "Battle Metal", deixando bem evidente que é TURISAS. Gostei muito do trabalho de Olli Vänskä nessa música, o violino se destaca bastante, ao meio da música ouve se uma citação de Holmgard And Beyond (achei muito boa a música) que ficou bem legal.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Bem, seguindo em frente a bordo do nosso Drakkar (rsrs), "Take The Day!" começa num clima bem conhecido do TURISAS, mas se transforma num som um pouco diferente do já caracterizado pelos caras. Segue uma balada que se trasforma em um Power Metal marcado com vocais bem agressivos e vocalizações "Blind Guardianas". Arriscaram e deu certo. É uma música bem temática, bem épica, que você se sente no campo de batalha (risos).

A terceira faixa: "Hunting Pirates", já se apresenta pelo nome, também foi uma mudança do TURISAS que nessa faixa apresenta um Pirate Metal semelhante ao ALESTORM (apesar de parecidos os estilos são distintos: Viking X Pirate Metal). Eu gosto disso, quando a banda dá uma inovada.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A faixa "Venetoi! - Prasinoi!" me deixou "lokão" rsrsr, nossa! Digo sem peso na consciência: é a melhor música que o TURISAS já fez!!! A estrutura dela é maravilhosa, conseguiram juntar vários elementos nessa faixa que não pareciam dominar.
"Stand Up And Fight" nos traz de volta ao som que consagrou a banda, tem uma coisa ou outra na faixa que faz a gente ver que o TURISAS vai realmente apostar num som mais melódico, só que mantendo sua personalidade.

"The Great Escape", eu achei a música "estranha" do CD. Não consegui entender a proposta dela. Não me chamou a atenção, achei "forçada" demais, tapa buraco mesmo. "End Of An Empire" segue a mesma coisa da anterior, apenas passa pelo CD, neutra demais.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"The Bosphorus Freezes Over" fecha maravilhosamente bem o CD, o clima da música nos faz enxergar um final de filme épico, daqueles com aquele campo de batalha enorme cheio de corpos. Muito bem pensada essa música.

"Broadsword" e "Supernaut" do CD bônus são chatas demais. "Broadsword" tem um solo de synth totalmente forçado, a versão original tem solos "tímidos" que é o que a música pede, aqui eles erraram, e o clima do começo da música não tem aquele mesmo suspense que o JETHRO TULL colocou na original. "Supernaut" começa muito "infantil" e não consegue se desenvolver. Gosto de versões, mas essa ficou muito, mas muito longe daquele clássico do glorioso BLACK SABBATH.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No geral, podemos perceber que o TURISAS está direcionando o som para uma coisa mais melódica, eu particularmente gosto da proposta e achei que não perdeu a cara de Viking, só acrescentou ao som da banda. Recomendo esse CD para todos que gostam desse estilo, de Power Metal e acima de tudo uma boa música.


Outras resenhas de Stand Up And Fight - Turisas

Resenha - Stand Up And Fight - Turisas

Resenha - Stand Up And Fight - Turisas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Turisas: vocalista reclama da cerveja brasileira em show