Matérias Mais Lidas

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page


Turisas: Esse será um dos cinco melhores discos do ano

Resenha - Stand Up And Fight - Turisas

Por Renato Spacek
Em 02/03/11

Nota: 10

Logo quando vi a capa, achei a mesma horrível e mal feita, mas depois de escutar o disco, acabei mudando minha opinião, devido à tamanha qualidade. Eu pensei que não daria nota dez para mais nenhum disco esse ano, mas estava enganado, o Turisas me surpreendeu totalmente com seu novo álbum. De acordo com minhas especulações, "Stand Up And Fight" seria um ótimo disco, mas foi muito mais que isso. Em seu terceiro álbum, o Turisas definitivamente se mostrou ser uma das maiores bandas de Folk Metal do mundo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar de sua pequena discografia - apenas três discos -, o Turisas conseguiu manter o alto nível em todos eles. Não teria música melhor para abrir o disco que "The March Of Varangian Way". A música já introduz o álbum com temas épicos, teclados magníficos, peso e uma verdadeira aula de como fazer música de extrema qualidade. Ao longo do "Stand Up And Fight" temos desde músicas épicas à canções menos pesadas, mais bem trabalhadas e orquestradas, verdadeiras passagens um tanto ecléticas dentro dos parâmetros do Folk Metal.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Destaques são impossíveis de serem feitos, pois a cada música que se escuta a euforia aumenta mais, a ponto de querermos destacar o disco inteiro, cada faixa isoladamente. Músicas como "End Of An Empire" refletem bem a competência e visão ampla musical da banda, pois a música contrasta bem o peso e a leveza, pois a mesma começa com uma certa agressividade, e depois se torna calma apenas com piano e vocais, porém pouco tempo depois volta a ser a trilha sonora de uma guerra, com corais, orquestras e o próprio piano, mas dessa vez rápido e nada leve, assim como o vocal.

Na minha opinião "Stand Up And Fight" superou "Battle Metal" e "The Varangian Way", os dois outros discos do Turisas, que já eram muito mais do que excelentes. Apesar de nem sairmos do primeiro trimestre do ano ainda, tenho certeza que esse será um dos cinco melhores do ano. Palavras enaltecedoras não seriam o suficiente para descrever esse disco, quem além de disco é no mínimo uma obra de arte.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

1. The March of the Varangian Guard - 03:51
2. Take the Day! - 05:26
3. Hunting Pirates - 03:43
4. Venetoi! - Prasinoi! - 03:49
5. Stand Up and Fight - 05:27
6. The Great Escape - 04:51
7. Fear the Fear - 06:14
8. End of an Empire - 07:16
9. The Bosphorus Freezes Over - 5:37

Bonus Tracks:
01. Broadsword Jethro Tull cover
02. Supernaut Black Sabbath cover
03. The March Of The Varangian Guard Acoustic version
04. Stand Up And Fight Acoustic version
05. To Holmgard And Beyond Acoustic version

Mathias D.G. "Warlord" Nygård - Vocals, Keyboards, Programming
Jussi Wickström - Guitar
Hannes "Hannu" Horma - Bass
Tuomas "Tude" Lehtonen - Drums, Percussion
Olli Vänskä - Violin
Netta Skog - Accordion

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Fonte: http://ocaralhoa4.blogspot.com/


Outras resenhas de Stand Up And Fight - Turisas

Resenha - Stand Up And Fight - Turisas

Resenha - Stand Up And Fight - Turisas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Turisas: vocalista reclama da cerveja brasileira em show



Sobre Renato Spacek

Brasiliense e amante do Metal, reside no exterior e tem preferência pelos subgêneros Folk, Power e Groove, mas não se limita a isso, pois também aprecia outros estilos tais como Thrash Metal, Hard Rock, Glam Metal, Death Metal e Black Metal, mas é bem seletivo com os dois últimos. É baixista e conheceu o Rock através do KISS, em 1999, entretanto sua banda preferida é o Dream Theater. Fã de Tolkien, adora os Estados Unidos e a Suécia.

Mais matérias de Renato Spacek.