Godless Rising: muito satanismo e anticristianismo

Resenha - Trumpet Of Triumph - Godless Rising

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Formado nos Estados Unidos em 2005, o Godless Rising vêm conseguindo se estabelecer no circuito da música extrema, mesmo com a grande rotatividade de músicos que já passou pela sua formação. Atualmente um tanto quanto desfalcado – conta apenas com o único membro da formação original, Jeff Gruslin (voz, Vital Remains) e Toby Knapp (guitarra e baixo) – o grupo está liberando seu terceiro álbum, "Trumpet Of Triumph".

O que esperar de um disco que apresenta tão sacrílega arte em sua capa? Naturalmente a velha retórica da blasfêmia, com muito satanismo e anticristianismo, mas, no nível puramente musical, a coisa consegue ir mais além. Ainda que, em linhas gerais, sua música se enquadre no Death Metal, o maior mérito do Godless Rising é não se furtar em adicionar muitas melodias, clara e surpreendentemente influenciadas pelo NWOBHM, que estão distribuídas em inúmeras ocasiões pelo repertório.

publicidade

E não seria exagero colocar o próprio Knapp como sendo o maior responsável pelo poder de fogo deste disco, o guitarrista é praticamente um virtuoso e elabora ainda arranjos que remetem diretamente ao Thrash Metal, seus solos são muito definidos e de bom gosto. E, mesmo explorando tantos elementos, "Trumpet Of Triumph" permanece dentro dos limites do Heavy Metal extremo, e emoldurado por uma atmosfera nociva, das mais selvagens e obscuras.

publicidade

Com uma produção bastante clara realçando o desempenho de cada músico, o único ponto passível de alguma crítica desfavorável poderia ficar por conta de Gruslin, cujos insistentes grunhidos poderiam ser mais bem desenvolvidos para acompanhar toda a dinâmica da seção instrumental. Ainda assim, as músicas são tão bem escritas e lineares entre si, que não há como a audição não ser bem sucedida. É só atentar para o porte de "Where Is Your God", "Damnation Of Angelic Souls", "Christ Cadaver" e "We Are Legion", entre tantas outras.

publicidade

Combinar melodias às estruturas do Death Metal pode ser um ato profano para parte do público, mas fica a recomendação ao leitor em dar uma cuidadosa conferida antes de desdenhar precipitadamente esta obra. "Trumpet Of Triumph" não é somente recomendado aos deathbangers devotos de Morbid Angel, Pestilence ou Acheron, o pessoal que curte At The Gates, Dissection e até mesmo Arch Enemy terão inúmeros motivos para elogiar este excelente álbum!

publicidade

Contato: www.myspace.com/godlessrising

Formação:
Jeff Gruslin - voz
Toby Knapp - guitarra e baixo
Convidados:
Andy Jones - bateria
Crissie Gruslin - backing vocal em "Through The Flames Of Rage"

Godless Rising: Trumpet Of Triumph
(2010 / Moribund Records - importado)

01. Where Is Your God
02. Ungodly Incantations
03. Damnation Of Angelic Souls
04. Devour The Cross
05. An Eternity In Hell
06. Christ Cadaver
07. Through The Flames Of Rage
08. Trumpets Of Triumph
09. We Are Legion
10. Dante's Inferno (Burn The Flock)
11. Warlords Of Darkness

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ghost: uma foto assustadora dos bastidores do Rock In RioGhost
Uma foto assustadora dos bastidores do Rock In Rio

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin