Panaceah: nem parece um grupo formado apenas em 2006

Resenha - Spiral Of Time - Panaceah

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Caramba, mas nem parece um grupo que foi formado apenas em 2006! Natural do Rio de Janeiro, o Panaceah foi um projeto que surgiu das cinzas da banda progressiva chamada Cactus Peyotes, cujos inúmeros fragmentos de composições nunca utilizados passaram a ser trabalhados por M. S. Larbos (voz) e Daniel Lamas (guitarra e teclados).

Andre Matos declara: "O Angra tinha que acabar!"Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sua estréia, "Spiral Of Time", foi liberada em 2008 e a primeira coisa que chama a atenção é a bonita voz de Larbos. A linha musical adotada é o Heavy Rock Progressivo, cujas melodias e atmosferas estão fortemente calcadas nas sonoridades dos anos 70 e 80, remetendo diretamente a nomes como Rush, Fates Warning, Marillion, Queensryche e muitos outros.

Alguns já definiram o Panaceah como sendo um "Queensryche com teclados e mais progressivo"... E a coisa até que pode ser resumida assim mesmo, a banda simplesmente se deixou levar pelas influências e elaborou um repertório de muito bom gosto, onde se sobressaem "Dreamland", que realmente remete ao bom e velho Queensryche; "Treasures And Tales", que já mostra um fascínio pelo Kansas; e a ótima "Over The Perception", uma verdadeira viagem musical à la Rainbow.

O Panaceah possui o diferencial de conseguir se desvencilhar da maior referência em se tratando de Prog Metal dos últimos anos: Dream Theater. Tudo é muito bem feito e certamente agradará ao público que aprecia essa linha mais retrô, e, como "Spiral Of Time" está todo disponível em seu MySpace, fica a sugestão de o interessado dar uma conferida. Haverá boa surpresa, meus caros...

Contato: www.myspace.com/panaceah

Formação atual:
M.S. Larbos - voz
Julio Cebali - guitarra
Frank Donato - guitarra
Romulo Galvani - teclados
Rodrigo Dussak - baixo
Americo Montagua - bateria

Panaceah - Spiral Of Time
(2008 / independente - nacional)

01. FiatLux
02. Dreamland
03. New Messiah
04. Over The Perception
05. Seven Mirrors
06. Tuareg
07. Spiritual Alchemy
08. Treasures And Tales




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Panaceah"


Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield choraremMetallica
A letra que fez Hammett e Hetfield chorarem


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336