Randy Piper's Animal: sonoridade próxima à do velho WASP

Resenha - Virus - Randy Piper's Animal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Ainda que mantenha uma carreira relativamente discreta após sua saída do W.A.S.P., o fato é que o guitarrista Randy Piper vem desde 1988 amamentando seu Animal com poucos, mas muito bons álbuns - “900 LBS Vapor" (02) e "Violent New Breed" (06). E "Virus" é o terceiro registro desta discreta discografia, cuja orientação agora parece não priorizar tanto a distorção, tão presente no disco anterior.
5000 acessosBlack Sabbath: "Iron Man" em inusitado baixo artesanal5000 acessosE-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?

Com este novo álbum, Piper apresenta uma mescla bem direta de Hard Rock com algo de Heavy Metal, bem próximo da linha da qual sua famosa ex-banda elaborava em seus primeiros dias, em especial com as cativantes melodias de "The Last Command", o clássico que o W.A.S.P. liberou em 1985 – até mesmo a voz toda esganiçada de Rich Lewis remete à de Blackie Lawless em muitas ocasiões!

E é exatamente nestas melodias bem sacadas que reside muito da força de “Virus”. Quanto à opção deste disco possuir uma sonoridade próxima à do velho W.A.S.P... Convenhamos, isso não é um problema real, e sim uma consequencia óbvia do passado musical de Randy Piper, que, em parceria com seu companheiro nas seis cordas, o sueco Chris Laney, construiu um excelente e diversificado repertório.

A audição não chega aos 40 minutos, mas há faixas matadoras como a abertura “Cardiac Arrest” (há algo de Judas Priest por aqui!) e a patriótica "Crying Eagle" também é muito boa, e, curiosamente, possui um acento bem europeu em suas estruturas. Por fim, a presença da sentimental “Don't Wanna Die” também merece menção, onde a voz de Lewis brilha mesmo. Na realidade, a única canção que possa vir a se tornar alvo de alguma crítica negativa é a versão para “Zombie”, originalmente gravada pelo Cranberries.

Mesmo mantendo muito da tradição norte-americana e oitentista de se elaborar rock pesado, a produção de Chris Laney ficou bastante satisfatória e consegue fazer com que o repertório não soe realmente datado. Todo o clima dos velhos tempos persiste, mas há algo de atemporal por aqui, e se o caro leitor acha que o melhor do W.A.S.P. se encontra em seus primeiros álbuns, então com certeza deve conferir o "Virus" de Randy Piper's Animal. Este disco é, com certeza, muito superior a alguns dos últimos álbuns liberados por Blackie Lawless e Cia...

Formação:
Rich Lewis - voz
Randy Piper - guitarra
Chris Laney - guitarra
Nalle ‘Grizzly’ Pahlsson - baixo
Johan ‘Kobie’ Koleberg - bateria

Randy Piper's Animal - Virus
(2008 / Locomotive Records - importado)

01. Cardiac Arrest
02. Can't Stop
03. Don't Wanna Die
04. Crying Eagle
05. Unnatural High
06. Judgement Day
07. Who's Next?
08. Zombie
09. Shoot To Kill
10. L.U.S.T.

Homepage:
http://www.animalcave.net
http://www.myspace.com/randypipersanimal

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "A.N.I.M.A.L."

Black SabbathBlack Sabbath
"Iron Man" em inusitado baixo artesanal

E-FarsasE-Farsas
Papa Francisco era fã do Black Sabbath?

CuriosidadesCuriosidades
As histórias por trás de 11 capas clássicas

5000 acessosCantadas Headbanger: "Estou Priest a te dar um beijo!"5000 acessosRock Brasileiro da Década de 705000 acessosMetallica: as 10 melhores músicas segundo a Loudwire5000 acessosMascotes do Metal: os dez maiores segundo The Gauntlet5000 acessosPapa Emeritus: o Ghost não foi formado como uma banda3162 acessosQueen: deixada de lado, banda abdicou dos EUA nos anos 80

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online