Resenha - Fraught With Violence - Infernal Void

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos


O Infernal Void começou suas atividades em 2003 na Finlândia e, com algumas mudanças em sua formação, liberam os CDs-demo "Brutal War" (04) e "Wasteland Of Eternity" (05), ambos com três faixas.

Separados no nascimento: sou só eu, ou eles são parecidos?Separados no nascimento: Ian Hill e Stênio Garcia

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Atualmente a formação está estabilizada com Miika (voz), Jari (guitarra), Jarkko (guitarra), Marko (baixo) e Ville (bateria), e estão chegando ao seu terceiro CD-Demo, "Fraught With Violence", que segue a tendência e traz novamente três faixas em quase 12 minutos do puro Death Metal Melódico, daqueles que remetem diretamente às boas doses de agressão do final dos anos 90, inclusive lembrando um pouco o Dark Tranquility deste período.

Mesmo não oferecendo nada de novo, as composições são muito boas, tendo como maior destaque a própria faixa-título, com velocidade, cadência, distorção e melodias perfeitamente bem dosados. Estranhamente, as outras canções possuem uma gravação não tão nítida, algo que foge da tradição dos materiais que vem daqueles lados.

Contato: www.infernalvoid.com

Infernal Void - Fraught With Violence
(2006 - CD-Demo)

01. Fraught With Violence
02. Judge Thy World
03. Dreams Of The Dead




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Infernal Void"


Separados no nascimento: sou só eu, ou eles são parecidos?Separados no nascimento
Sou só eu, ou eles são parecidos?

Separados no nascimento: Ian Hill e Stênio GarciaSeparados no nascimento
Ian Hill e Stênio Garcia


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336