Resenha - Black Metal Warriors - Diecold

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gustavo Hermann
Enviar correções  |  Ver Acessos


Projeto paralelo de Vorgrov, da banda húngara Marblebog; conhecendo o Marblebog, seria de se esperar atmosferas belas e melancólicas de uma das melhores bandas de ambient black metal da atualidade. Mas isso nada tem a ver com o Diecold... parece que entre uma e outra meditação solitária, Vorgrov se dedica ao álcool e a adorar Satã... ou pelo menos essa é a impressão que se pode ter com este CD, já que ele é total old-school black metal.

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A atmosfera oitentista do Diecold vem pricipalmente da pegada thrash da bateria de Gelal (Tuman, Marblebog) e dos riffs simples e diretos das guitarras de Shadow (Dusk, Tuman). Não há letras no encarte do CD, mas elas parecem seguir os clichês satânicos dos anos 80, na linha do Venom e do Sarcófago, com títulos como "Hellcome", "Black Metal Warriors" (que dá nome ao trabalho) e "Armageddon."

Os gritos distantes, reverberados e dolorosos do Marblebog dão lugar a um vocal seco e contínuo no Diecold, como se o vocalista estivesse vomitando as letras depois de uma ingestão exagerada de vodka.

É um trabalho bastante divertido, perfeito para momentos que não combinam com um som lento e melancólico. O Diecold é de certa forma uma antítese do Marblebog: energético, divertido, descompromissado... feito para ser tocado alto em festas black metal.

O único fator comum entre o Diecold e o Marblebog é a qualidade das composições, já que ambos projetos oferecem ótimo material. O único ponto negativo é a qualidade da gravação, que na verdade longe de ser ruim, não sendo cristalina, adiciona mais uma característica do black metal oitentista à sonoridade da banda. Mas gostaria de poder ouvir o som mais alto e poder distinguir cada instrumento.

Se você não se leva tão a sério e consegue se divertir com uma proposta descompromissada como a oferecida pelo Diecold, este material é algo de que irá gostar.

As cinco faixas são de certa forma similares. Armaggedom se destaca; os solos de Shadow são muito bons nessa música e chegam a lembra a banda brasileira Negro Altar... total KVLT!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Diecold"


Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Sobre Gustavo Hermann

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Gustavo Hermann no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336