Resenha - Clouds Taken By The Wind - Scud

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


O Scud vem do Piauí e está na ativa desde 1991, conseguindo boa repercussão com a liberação de duas demos e um compacto. Contando atualmente com Marcelo Alelaf (voz e guitarra), Fawster Teles (baixo) e Fábio Nasc (bateria), este pessoal causa ótima impressão com o lançamento independente de seu primeiro álbum, que leva o bonito nome "Clouds Taken By The Wind".

Músicas ruins: As 100 piores segundo o Aol Radio BlogSlayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Primeiramente, é preciso frisar que o conjunto é extremamente organizado, fornecendo um material promocional que apresenta tudo o que é necessário para a imprensa pesquisar. Também tiveram muito cuidado com o trabalho gráfico do CD que, mesmo simples, é eficiente e atrai a atenção, e todo este esmero é estendido naturalmente às músicas, cuja timbragem dos instrumentos e gravação no Stúdio Perfil, em Parnaíba (PI), ficaram espetaculares.

Musicalmente, este power trio está muito maduro e faz algo até mesmo singular. Para situar o leitor, pode-se dizer que as composições de "Clouds Taken By The Wind" trazem algo da famosa agressão do Thrash Metal, mas o Scud procura ir além, pois tudo aqui soa mais moderno e cadenciado. Mesmo com um peso que nunca é deixado de lado, a sonoridade é de fácil assimilação, ficando a certeza de que durante as apresentações tais músicas funcionarão muito bem.

O conjunto esbanja garra logo na sugestiva abertura "Guitar Machine", seguido por uma seqüência de grandes canções com riffs ganchudos e ótima seção rítmica. A coesão entre os músicos adquire contornos cada vez mais definidos com a inclusão de arranjos muito bem sacados como, por exemplo, nos efeitos de vozes em "Face To Face" e as incríveis guitarras de "I Don't Know Why", que fecham este disco de forma marcante.

A demora e dificuldade em lançar seu debut compensaram. "Clouds Taken By The Wind" apenas reforça ainda mais o que todos já sabem: o nordeste está produzindo muitos conjuntos que transbordam potencial, e que estão se organizando como underground. É um cenário promissor que dará muito o que falar. Aos que estão à procura de boas bandas brasileiras: podem conferir o Scud tranquilamente, eles sabem o que querem e sabem como fazê-lo. Este disco mostra isso claramente.

Scud - Clouds Taken By The Wind
(2006 - independente - nacional)

01. Guitar Machine (intro)
02. Face To Face
03. Seeing Is Believing
04. Neither Priest Nor Demon
05. Silence
06. Me?
07. Illusion Camouflage
08. The Tree
09. Shut Eyes
10. Every Day
11. I Don't Know Why

Homepage: www.scudband.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Scud"


Músicas ruins: As 100 piores segundo o Aol Radio BlogMúsicas ruins
As 100 piores segundo o Aol Radio Blog

Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336