Resenha - Live Roadkill - Manilla Road

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Grande Manilla Road! Esta é uma banda relativamente obscura, porém cultuada no underground mundial. Surgiu no Kansas (EUA) no distante ano de 1976, e neste disco traz em sua formação Mark "Shark" Shelton (voz e guitarra), Scott Park (baixo) e o monstro Randy "Thrasher" Foxe (bateria). Desde então, este conjunto vem tranqüilamente resistindo ao teste do tempo e liberando 14 álbuns que caíram no gosto de quem aprecia aquele Heavy Metal básico, porém épico e distinto.

Doentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucosFilhas de Rockstars: conheça algumas das mais bonitas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Desde o início da década de 90 sua discografia vem sendo relançada - e então o Manilla começa a ser notado - e enfim chega ao mercado seu primeiro e único álbum ao vivo, lançado originalmente em 1988 e denominado "Live Roadkill". Suas canções foram capturadas durante as apresentações da Mystification Tour pelo seu país e, quando liberadas no velho formato vinil, este registro trazia apenas oito faixas. Muito pouco. Esta nova versão traz 15 músicas e ultrapassa a marca dos 65 minutos.

A qualidade da gravação não é lá grande coisa, nada de polidez cristalina - se bem que a sonoridade do Manilla Road não combina com isso - mas traz os instrumentos bem audíveis. Falando em "audível", até hoje o mentor Shelton não aceita muito bem a decisão da Dragon Records em incrementar o som da platéia, que seria de umas 500 ou 600 pessoas, e acaba por soar como se fossem bem mais.

Independente desta opção de ética duvidosa da gravadora, a banda realmente tem um verdadeiro desempenho de palco, tudo é mostrado claramente, desde a paixão destruidora de seus músicos até os erros de execução e microfonias. Pena que não há canções dos discos "Metal" (82) e "Cristal Logic" (83)... Quanto aos ótimos bônus, bem mais limpos e definidos, sendo que "Death By Hammer" é do álbum "Mystification" e as faixas 10 a 15 são do "The Deluge".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Live Roadkill", assim como qualquer outro disco do Manilla Road, não será facilmente aceito pela geração mais nova de amantes do rock'n'roll. Isto é natural e compreensível, pois o trio executa uma música que, mesmo empolgante, soa datada. Mas o fato é que a banda está aí, firme e forte, e este registro é realmente um item de caráter histórico para qualquer colecionador. Para os fãs, então, nem se fala!

Manilla Road - Live Roadkill
(1988 / Black Dragon Records - 2005 Cult Metal Classics - importado)

01. Dementia
02. Open The Gates
03. Mystification
04. The Deluge
05. Masque Of The Red Death
06. Witches Brew
07. Spirits Of The Dead
08. Far Side Of The Sun
09. Death By The Hammer
10. Shadows In The Black
11. Hammer Of The Witches
12. Taken By Storm
13. Friction In Mass
14. Rest In Pieces
15. Isle Of The Dead

Homepage: http://truemetal.org/manillaroad/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Manilla Road"


Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3Heavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3


Doentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucosDoentio
Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos

Filhas de Rockstars: conheça algumas das mais bonitasFilhas de Rockstars
Conheça algumas das mais bonitas


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280