Resenha - Reality in Chaos - Heavenfalls

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Surpreendente: esta palavra define a minha sensação ao ouvir pela primeira vez “Reality In Chaos”, novo álbum da banda carioca Heavenfalls. Repleto de peso e riffs rapidíssimos, que mesclam o metal tradicional ao thrash, o CD é um dos melhores lançamentos nacionais de 2005.

5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosFotos de Infância: Ozzy Osbourne


A rápida “No Sorrow” abre o álbum de forma exemplar. Tradicional na medida certa, une melodia e peso, enquanto “Fly High Away” e “Masquerade Down” acrescentam ainda mais pancadaria ao som do grupo, e são outros ótimos momentos de “Reality In Chaos”.

Em “Through The Ruins” a banda tira um pouco o pé do acelerador, em uma faixa com andamento mais cadenciado com ótimas passagens de teclados. O pau volta a comer solto em “H.W.L.”, a faixa mais melódica do álbum, onde as guitarras e bateria se destacam.

Novos caminhos são trilhados com a bela balada “Self To Self”, com violões e percussão que dão um clima medieval à canção. O grupo busca inovar também na suíte “Rising Of A New Soul”. A primeira parte, batizada de “Conception”, é uma inspiradíssima composição instrumental levada ao piano pelo ótimo tecladista José Luiz Faulhaber, enquanto “First Breath” e “Growing Again”, que completam a trilogia, retomam o peso acrescentando um clima épico que dá ainda mais força às composições.

Já a balada “Awakening” não faria feio na programação de qualquer rádio Brasil afora, agradando em cheio os milhares de adolescentes órfãos do Evanescence.

Apesar de todos os elogios, uma ressalva precisa ser feita em relação ao vocal de Sabrina Carrión, que em alguns momentos aproxima-se muito do limite entre o agudo e o irritante, mas nada que chegue a comprometer o resultado final do álbum.

O belo trabalho gráfico realizado por Rodrigo Cruz é outro ponto alto, principalmente na diagramação da parte interna do encarte, de extremo bom gosto.

Gravado em fevereiro de 2005, o álbum tem produção de Sidney Sohn e é mais um lançamento da Hellion Records, que vem investindo constantemente no metal nacional.

Um ótimo CD, que irá agradar em cheio a qualquer fã de heavy metal.

Faixas:
1. No Sorrow
2. Fly High Away
3. Masquerade Down
4. Through The Ruins
5. H.W.L.
6. Self To Self
7. New Reality
8. Rising Of A New Soul
a) Conception
b) First Breath
c) Growing Again
9. Awakening
10. Evolution
11. Go Away

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Reality in Chaos - Heavenfalls

797 acessosResenha - Reality In Chaos - Heavenfalls1858 acessosResenha - Reality In Chaos - Heavenfalls

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "HeavenFalls"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "HeavenFalls"

Blasfêmias?Blasfêmias?
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Ozzy Osbourne muito antes da fama

Cradle Of FilthCradle Of Filth
"Pessoas chamam de satânico o que não entendem!"

5000 acessosMulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesa5000 acessosMalmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista5000 acessosGóticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 805000 acessosMike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?5000 acessosJudas Priest & FNM: Halford comenta foto polêmica com Bottum5000 acessosCavalera Conspiracy: Max conta como trocou uma Gibson por um chinelo

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online