Resenha - Lady Macbeth - Lana Lane

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

9


E já fazem 10 anos desde que Lana Lane lançou seu primeiro álbum, "Love Is An Illusion". Apesar da competência da mesma como vocalista, e do talento do tecladista e maridão Erik Norlander, Lana só viria a obter maior reconhecimento com "Queen Of The Ocean" (1998). Desde então a mesma vem mantendo uma regularidade impressionante em seus álbuns, com um estilo que mescla heavy, hard e toques de prog em alguns momentos. Para o novo lançamento, Lana e Erik decidiram re-visitar uma obra de Willian Shakespeare, "Lady Macbeth", e o resultado é este CD meio conceitual, meio histórico que você tem em mãos, cortesia da Hellion Records.

Com um bom time de convidados, que incluem os vocalistas Kelly Keeling e Marc McCrite, Lana fez seu melhor álbum sem sombra de dúvida: iniciando com a épica "The Dream Never Ends" (aonde brilham os teclados de Erik e um bom trabalho das guitarras), seguido com a hard "Someone To Believe", e passando pela belíssima balada "Our Time Now", Lana e banda dão um show de como fazer música intrincada, e cativante ao mesmo tempo (aliás note como as guitarras soam como se tivessem sido gravadas por David Gilmour do Pink Floyd).

publicidade

Lana também mostra como fazer música pesada em "Summon The Devil" e na prog-metal "Keeper Of The Flame", mas momentos de maior suavidade, como "No Tommorrow" e a excelente instrumental "The Vision" (com vocais apenas ditando a harmonia) são os destaques de um trabalho bonito, de extremo bom gosto. Para encerrar o CD em alto estilo, a progressiva "We Had The World" e a balda "Dunsiane Walls".

publicidade

Um CD que a princípio não parece fácil de digerir... mas algumas audições atentas e sem preconceito irão mostrar o quão bela ficou esta obra. Vai ser difícil Lana Lane lançar algo tão bom quanto este novo CD, por isso confira!

Formação:
Lana Lane – Vocais
Erik Norlander – Teclados
Peer Verschuren – Guitarras
Mark McCrite – Guitarras/Vocais
Neil Citron – Guitarras
Kristoffer Gildenow – Baixo
Don Schiff – Teclados Auxiliares
Ernst Van EE – Bateria
Kelly Kelling – Vocais

publicidade

Site Oficial: http://www.lanalane.com

10 faixas – Duração: 54min e 13seg

Hellion Records – 2005 (Nacional)


Outras resenhas de Lady Macbeth - Lana Lane

Resenha - Lady Macbeth - Lana Lane

Resenha - Lady Macbeth - Lana Lane




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Postura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músicoPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin