Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemJimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemPaul Di'Anno recebe ajuda de Derek Riggs para angariar fundos

imagemA opinião de Robb Flynn do Machine Head sobre o retorno do Pantera

imagemFloor Jansen diz que achou que não fosse conseguir cantar nova música do Avantasia


Stamp

Resenha - Guardiões do Tempo - Guardiões do Tempo

Por Ben Ami Scopinho
Em 26/06/05

Nota: 8

Aqui temos um claro exemplo de como a simplicidade pode e deve resultar em competência para se lançar um registro de forma totalmente independente.

Neste primeiro disco dos Guardiões do Tempo, banda formada pelos cariocas Pery Blanddy (vozes), Evando Mesquita (guitarra), Sérgio Mesquita (baixo) e Renan Mesquita (bateria), percebemos claramente um conjunto que ensaiou muito e que, pelo fato de serem parentes, o clima de descontração e camaradagem percorre todas as canções deste álbum, que é aquele puro rock´n´roll despojado, ora pesadão, ora suingado.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Apesar de ser um trabalho de estréia, a banda é bastante madura e harmoniosa. A voz de Pery é muito agradável de se escutar, canta de maneira clara e simples, porém com boas doses de emoção em letras cheias de esperança por uma vida melhor, revolta, a alegria das festas, amor, enfim, reflexões de nosso cotidiano. As guitarras possuem boa distorção, riffs marcantes e bons solos, apoiados por uma seção rítmica bastante precisa.

Mesmo sendo um debut bastante homogêneo, há músicas com ótimas levadas como a pesada "Tudo Pode Acabar", "Linha Reta", "Quarto Escuro" e "Safena", assim como algumas poucas faixas mais melancólicas, como a bonita balada semi-acústica "Cheiro Raro", com uma pequena passagem de gaita que a enriqueceu bastante. Vale ainda mencionar que, pelo fato de tudo soar de maneira simples e ser cantado na língua portuguesa, permanece uma leve aura radiofônica.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

É certo que estamos diante de um conjunto que executa o bom e velho rock´n´roll cheio de garra e entusiasmo, que pode ter a satisfação de liberar um disco de estréia bem feito, devendo servir de exemplo a muitos conjuntos por esse Brasilzão afora. É isso aí!

GUARDIÕES DO TEMPO - Guardiões do Tempo
(2005 – independente)

01. Tudo pode acabar
02. Bichos da noite
03. Quem sou eu?
04. Zona Oeste
05. Será que não?
06. Linha reta
07. Quarto escuro
08. Safena
09. Tentar ser feliz
10. Cheiro raro
11. Estou indo embora

Contato:
Rua do Ferro, 181 - Campo Grande
Rio de Janeiro, RJ
CEP 23087-100

Tel.: (21) 2415 3504

E-mail: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.