Resenha - Awakening - Guinevere

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  


Formado em 1997, o quinteto Maranhense Guinevere passou por várias mudanças de formação até estabilizar tanto seu "line-up" como seu direcionamento musical, enveredando pela estrada do "prog-metal", só que bem mais metal do que "prog". "Awakening" é composta por oito faixas, aonde influências de Dream Theater e Queensryche ecoam por toda a demo.

"A Secret Chase" traz um som heavy, com pitadas progressivas e pouco peso, mas um cuidado todo especial na composição. Já "The Last, The Least... The Leader" já é mais direta, com riffs quase heavy tradicional e um vocal que se mostra bem colocado, embora seja um pouco irritante nos agudos. O lado prog-metal reaparece em faixas como "The Mourning" (com belo uso dos teclados) e na suíte "Arthurian Song", composta por três faixas: a mais heavy "Excalibur", a mais "prog" (porém pesada) "King of Us All" (uma levada contagiante, com show coletivo da banda) e a mais suave "Darkest Clouds of Love and Hate" (com belos vocais em falsete e uma mudança de andamento assustadora, indo para um som pesadíssimo). Interessante notar que a banda inseriu uma instrumental bem heavy com o nome de "Tribute Clastlevania".

publicidade

Uma boa mostra de como o "Prog-Metal" pode conviver harmonicamente com o heavy tradicional, gerando um produto de alto nível. Um cd de estréia é aguardado com ansiedade.

Line Up:
Lúcio Mauro – Vocal
Paulo Veras – Teclados
Leandro Balby – Guitarras
Fozzie – Guitarras
Tiago Graça – Baixo
Franklin Costa – Bateria.

Site Oficial: http://gwinevere.sites.uol.com.br

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Cazuza e Lauro CoronaSeparados no nascimento
Cazuza e Lauro Corona

Iron Maiden: versões pesadas para clássicos do RockIron Maiden
Versões pesadas para clássicos do Rock


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin