Matérias Mais Lidas

imagemPrika: "Já esperava saída da Fernanda, mas só em longo prazo e não naquele momento"

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagem"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

imagemFãs de Stranger Things do Tik Tok querem cancelar o Metallica

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemDinho lembra quando entrevistou Robert Plant sem poder falar sobre Led Zeppelin

imagemIngressos para o Wacken 2023 se esgotam em tempo recorde

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagemRobert Fripp e a frase que Jimi Hendrix lhe disse que aqueceu seu coração

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel


Stamp

Resenha - Fire & Water - Neverland

Por André Toral
Em 07/01/02

Nota: 6

Formado por Bruno Amaral (guitarrista), Fábio Mol (guitarrista), Rodrigo Amaral (vocalista), Virgílio Resende (baterista) e Giuliano Corteletti (baixista), o Neverland vem de Governado Valadares (MG). O estilo praticado em sua demo é o heavy melódico. Vamos ao que interessa. "Fire and Water" é um heavy de primeira linha, pesado, com classe e melodia, regado a um ótimo vocal! As guitarras bases se destacam pela genialidade de suas criações, bem como o solo maravilhoso e melódico. Como exemplo perfeito de que ainda se pode fazer heavy metal sem se copiar excessivamente as mesmas linhas de bateria, teclado e guitarras atuais, temos "Symphony". Não que sua sonoridade seja uma inovação, o que é quase impossível de encontrar nas bandas brasileiras, mas de qualquer forma notamos requinte e muita classe nesta composição. E que guitarras! Se tudo fosse perfeito, perderia a graça. Logo no início de "Purple Sky" há vocais dobrados em notas altas, o que caracteriza algo desnecessário. Embora a canção seja, de fato, muito interessante, aconselha-se tomar bastante cuidado com os refrões; como todos eles possuem dobras de vocais, é importante saber inserir a tonalidade certa para que nada soe fora de sintonia. Outro ponto a ser extingüido são os exageros vocais que existem ao longo da canção. Isso não é necessário. Rodrigo Amaral consegue mostrar toda sua habilidade soando mais contido. É importante dizer que um vocalista bom não é aquele que alcança notas agudas e altíssimas, o que caracteriza pura exibição e chatice, mas, sim, aquele que passeia por todas as demais variações de voz com maestreza. Infelizmente os vocalistas brasileiros, em maioria, não têm atentado para este fato.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A banda é boa, mostra futuro e bom instrumental, mas precisa amadurecer os pontos levantado a fim de, no próximo trabalho, alcançar a perfeição. Além disso, a produção de "Fire & Water", embora não seja excelente, revela perfeitamente as qualidade sonoras do Neverland, que existem, sim!

Para acessar o site oficial da band: www.neverlandnet.com
Para contatar a banda: [email protected]

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre André Toral

Formado em Administração de Empresas. Curte Hard clássico dos anos 70 e início dos 80; Heavy Metal é sua religião.

Mais matérias de André Toral.