Resenha - Deadly Fate - Deadly Fate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Toral
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

Com seus 11 anos de estrada, o Deadly Fate, proveniente de Fortaleza (CE), pode ser considerada uma banda de sorte. Tá certo que demorou um pouco para soltar seu primeiro álbum, "Shine Again", em 2000, mas conseguiu um excelente resultado. O time ainda continua sendo capitaneado por Oruam (guitarrista e vocalista) e Onofre Neto (guitarrista), que mostram composições e letras muito bem feitas.

Fotos de Infância: Arch EnemyOut: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista

Para começar, com teclados e solos neo- clássicos, "Secret Land" se mostra um trovão composto por heavy metal com bases rítmicas pesadas, vocal rasgado, coros a lá Blind Guardian e bateria durona. Ainda chamam a atenção as mudanças que ocorrem durante esta canção, passando do peso ao melódico inspiradíssimo. Já "Different Ways", com um inicio bem diferente do que a banda vinha fazendo desde "Shine Again," inclui vocais líricos estrategicamente posicionados. Na verdade, consiste num heavy melódico com características e sonoridades européias, razão pela qual a banda tem conseguido notoriedade nesse mercado, entre outros.

A grande verdade é que estamos falando de um material feito com inteligência e maturidade ímpar. Em comparação ao seu primeiro álbum, "Shine Again", musicalmente dizendo, pode-se dizer que a banda não se distanciou daquilo que vinha fazendo, mas tampouco não deixou de acrescentar novas idéias. Falando na produção, mesmo sendo um CD-Demo, o Deadly Fate está de parabéns, pois os instrumentos estão perfeitamente audíveis e afinados. Isso faz com que imaginemos o que os músicos estão por fazer no próximo álbum, que certamente será um presente para os fãs do estilo; já existem 10 músicas prontas. Pensem bem: sem em Shine Again o Deadly Fate foi considerado por vários veículos japoneses a melhor banda de todos os tempos do Brasil e melhor álbum do ano, agora certamente alcançará um resultado ainda maior em outros continentes. Só fica faltando mesmo mais apoio do público nacional, uma vez que os brasileiros são conhecidos por darem muita atenção ao que vem de fora e pouca ao que é da própria casa. Acorda galera!!

Para acessar o site oficial: http://deadlyfate.com.br
Para contactar a banda: deadlyfate@deadlyfate.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deadly Fate"


Fotos de Infância: Arch EnemyFotos de Infância
Arch Enemy

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista

David Lee Roth: o vergonhoso teste de Matt Sorum para a bandaDavid Lee Roth
O vergonhoso teste de Matt Sorum para a banda

Guns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da bandaGuns N' Roses
Os 10 melhores não-clássicos da banda

Playback.FM: saiba qual a música mais tocada nas rádios no dia que você nasceuPlayback.FM
Saiba qual a música mais tocada nas rádios no dia que você nasceu

Eric de Haas: os álbuns que marcaram o produtor e fotógrafoEric de Haas
Os álbuns que marcaram o produtor e fotógrafo

Deus ouve Slayer: fotógrafa mostra base de fãs da banda em livroDeus ouve Slayer
Fotógrafa mostra base de fãs da banda em livro


Sobre André Toral

Formado em Administração de Empresas. Curte Hard clássico dos anos 70 e início dos 80; Heavy Metal é sua religião.

Mais matérias de André Toral no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336