Resenha - Dead Eyes See no Future - Arch Enemy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Depois da boa receptividade dos discos “Wages of Sin” e “Anthems of Rebellion” – ambos apresentando Angela Gossow como vocalista do Arch Enemy – a banda sueca aproveitou e está soltando, agora neste início de 2005 o seu EP “Dead Eyes See no Future”, aqui no Brasil, em versão nacional pela Century Media. Além de um bom retorno por parte do público com seus dois últimos discos, a banda ainda foi destaque em muitos lugares no mundo por onde se apresentou, em diversos festivais europeus, na Ásia, mas ficou aquele desejo do povo sul-americano (especialmente de nós, brasileiros) de vermos Angela Gossow (vocal), Michael Amott (guitarra), Christopher Amott (guitarra), Sharlee D’Angelo (baixo) e Daniel Erlandesson (bateria) ao vivo.
1032 acessosArch Enemy: ouça "The World Is Yours", faixa do novo álbum5000 acessosGarimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock

Bem, acredito que a cada ano que passa menos precisaremos explicar de que banda se trata ao tocarmos no nome do Arch Enemy. Pois bem, vamos direto ao assunto, e vamos falar deste EP, que já se destaca pela belíssima capa. “Dead Eyes See no Future” é um pouco curioso pois apresenta somente a faixa-título como composição inédita, além de três versões ao vivo – gravadas em Paris (França) – e mais três covers. Para a versão nacional deste EP, ainda foi adicionada uma faixa interativa, o videoclipe para “We Will Rise”.

“Dead Eyes See no Future” é uma composição grandiosa, com muita agressividade, brutalidade e velocidade, como a grande maioria das composições do último disco do grupo, o “Anthems of Rebellion”. Com certeza esta composição poderia estar dentro deste CD, e ainda digo que seria um dos pontos altos do material. Mas por opção a banda deixou de lado esta música para poder lança-la em um EP, dando a este material um nítido toque de qualidade.

Se o disco abre bem, achei que as três faixas ao vivo poderiam estar melhores. “Burning Angel”, “We Will Rise” e “Heart of Darkness” são sim grandes composições, a banda realmente as executam com maestria, mas registros ao vivo não dependem exclusivamente destes fatores. Faltou um pouco de agitação por parte do público, e até uma produção mais digna em cima destas faixas.

Dando seqüência temos alguns covers. A já batida versão para “Symphony of Destruction”, literalmente um ‘hit’, está presente neste EP, assim como uma inusitada e grandiosa versão para “Kill with Power”, do Manowar, com muito mais peso e velocidade em relação a sua versão original. Michael Amott ainda dá uma “palinha” da sua antiga banda, o Carcass, na versão para “Incarnated Solvent Abuse”.

Enfim, um trabalho interessante, mesmo que com poucas novidades. Ele está aí, para ser adquirido pelos fãs, apreciado e bem visto por todos.

Line-up:
Angela Gossow (vocal);
Michael Amott (guitarra);
Christopher Amott (guitarra);
Sharlee D’Angelo (baixo);
Daniel Erlandesson (bateria).

Track-list:
01. Dead Eyes See no Future
02. Burning Angel
03. We Will Rise
04. Heart of Darkness
05. Symphony of Destruction
06. Kill with Power
07. Incarnated Solvent Abuse
08. We Will Rise (videoclipe)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Arch EnemyArch Enemy
Veja a capa do novo álbum da banda

1032 acessosArch Enemy: ouça "The World Is Yours", faixa do novo álbum556 acessosArch Enemy: ouça a banda tocando cover de banda punk75 acessosEm 04/06/2014: Arch Enemy lança o álbum War Eternal598 acessosArch Enemy: As The Stages Burn! (Live at Wacken 2016)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Arch Enemy"

Arch EnemyArch Enemy
Técnica vocal e vegetarianismo

Angela GossowAngela Gossow
"Os direitos humanos caminham com o ateísmo"

Arch EnemyArch Enemy
Doyle chorou quando Alissa foi chamada

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Arch Enemy"

CamisetasCamisetas
Beldades globais e sua paixão pelo rock

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Mick JaggerMick Jagger
Em cerimônia na escola do filho em São Paulo

5000 acessosMotörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura5000 acessosMusos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!5000 acessosMarilyn Manson: "Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"3784 acessosBlack Sabbath: reuniões, qual se saiu melhor?5000 acessosDerrick Green e Andre Matos: vocalistas falam sobre vegetarianismo e adoção de animais5000 acessosTom Grosset: O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online