Resenha - Timedrops - Jacopo Galli

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6


Jacopo Galli é ex-membro da banda italiana Bad Attitude, e decidiu, em 2003, partir para a carreira solo. Bastante influenciado por Shadow Gallery, Symphony X, Dream Theater, Angra, o músico saiu da rotina do instrumental e resolveu incluir vocais em suas composições. Péssima decisão.

The Doors: A mais famosa foto do fantasma de Jim MorrisonFull Rock: 10 músicas desgraçadas por bandas de forró

A qualidade das músicas do guitarrista natural de Pavia é surpreendente. Chega a ser assustador. Para o disco, Galli gravou também teclados, baixo, bateria e, infelizmente, resolveu cantar por si próprio. Ao contrário do trabalho como compositor, o lado cantante dele é um desastre. Não tem pegada, potência, e o alcance vocal deve ser igual ao meu. Se cantar no banheiro, o chuveiro sai correndo.

As influências progressivas são nítidas, desenvolvidas com impressionante habilidade, e resultam num instrumental magnífico. Ele discorre facilmente no estilo, tem ótimas variações temáticas e algumas repartições rítmicas interessantes.

Perco as contas dos numerosos pontos positivos em "Timedrops". Só que as vocalizações, mesmo quando bem arranjadas, impedem qualquer apreço maior. No final das contas, a melhor faixa é a única música instrumental, a qual, por sinal, não é dele: uma versão de "Keys To Imagination" de Yanni.

O popular "perdeu a chance de ficar calado" não poderia ser mais adequado. É exatamente isso.

Site Oficial - http://www.risestar.cl




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Jacopo Galli"


The Doors: A mais famosa foto do fantasma de Jim MorrisonThe Doors
A mais famosa foto do fantasma de Jim Morrison

Full Rock: 10 músicas desgraçadas por bandas de forróFull Rock
10 músicas desgraçadas por bandas de forró


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClioIL