Resenha - Synesthesia - Elemental

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Interessante a proposta dos cariocas do Elemental. Um cd todo instrumental, com um prog-metal altamente influenciado por Dream Theater e com partes mais suaves inspiradas no monstro Pink Floyd. Será que um cd prog totalmente instrumental consegue soar interessante e cativar o ouvinte? Será que o excesso de virtuosismo muitas vezes praticado por algumas bandas (algumas eu disse!) não deixaria um cd deste tipo enjoativo?

Rock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?Kerrang: os melhores singles já lançados

"Flying on the Storm", a primeira faixa, é bem interessante. Com uma sonoridade bem Dream Theater, consegue ser interessante, com mudanças de andamento, e todos os instrumentos em perfeita sintonia. Já "The Darkness of the Sunshine" investe mais no peso, lembrando muito o projeto paralelo "Liquid Tension Experiment", sendo outra faixa interessante e cuja audição não é complicada.

Chegamos então a suíte "Synesthesia": dividida em duas partes, "Bitter Visions" (com um toque futurista e agressivo) e "Cold Silence" (mais suave, e com uma levada muito agradável aos ouvidos), se mostra a melhor parte do cd, aonde o prog-metal soa agradável e experimentalista, como alguns cd's de Vangelis (lembra de "Carruagens de Fogo"?). O cd também possui momentos mais viajantes, como as climáticas e soturnas "Preludio for a Stranger" e "Shadows" (que levam sua mente as alturas, com forte influência "floydiana", apesar de uma boa guitarra ecoar em ambas).

Um bom cd, que tem o mérito de não ser cansativo e cativar o ouvinte pela sua perfeição nos detalhes e na habilidade dos músicos. Só me pergunto uma coisa.... após este cd, o que mais eles podem fazer? Precisarão ter um cuidado extremo para não se repetir, mas pelo talento apresentado, creio que tirarão este desafio de letra.

Site Oficial: http://www.elementalhp.hpg.ig.com.br

Line Up:
Estevão Andrade - Guitarras
Felipe Andrade - Baixo
Mateus Andrade - Bateria
Raphael Montechiani - Teclados.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Elemental"


Rock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?Rock In Rio
Por que ladrões agem menos no dia do Metal?

Kerrang: os melhores singles já lançadosKerrang
Os melhores singles já lançados


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336