Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemMax Cavalera diz que Igor merece mais crédito entre os bateristas mundiais

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemMetallica em Belo Horizonte: Sorte de quem pôde ir


Resenha - Empire of Future - Silent Force

Por Thiago Aggio Zanaroli
Em 20/08/00

Nota: 9

Depois de ter deixado o Royal Hunt, graças ao sucesso de seu trabalho solo, o vocalista D.C. Cooper juntou-se ao guitarrista Alex Beyrodt (Sinner, the Sygnet) e levou a cabo essa bela banda que lançou o debut intitulado The Empire of Future. Os dois provaram, mais uma vez, que são grandes compositores (já que em suas bandas originais, eles não recebem ou não recebiam o devido espaço para escrever músicas).

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Praticando um heavy melódico com pitadas hard e progressivas, que lembra em alguns momentos o clássico Operation: Mindcrime do Queensryche, o petardo começa com uma intro simples (que já é bastante comum em CDs do estilo) chamada The Beginning e segue com a poderosa Live for the Day. Logo depois vem a faixa auto-intitulada que tem uma longa introdução. Na seqüência, a música Saints and Sinners chega com um refrão bem no estilo Royal Hunt.. A faixa Tell me Why possui um riff que lembra bastante Primal Fear. O Cd vai seguindo com as fabulosas New Experimence e Six Pas the Hour, que mostra todo o talento do tecladista Torsten Röhre, desconhecido no meio metálico por enquanto. A faixa Broken Wings possui um belo refrão e We Must Remain (uma das melhores do CD) mostra a grande evolução que D.C. Cooper vem tendo em seus últimos trabalhos. Ele está melhor do que nunca! O CD encerra-se com a bela balada I'll Be There que conta com a participação de Gunter Werno (Vanden Plas) no piano, que já tinha trabalhado antes com D.C. em seu projeto solo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O álbum não decepciona em nenhum momento, muito pelo contrário, vai deixar os fãs do estilo de cabelo em pé. E, mais uma vez, D.C. Cooper prova que acertou em cheio quando saiu do Royal Hunt, já que esse pode ser considerado, sim, como o melhor trabalho de sua carreira. E que mais trabalhos como esse venham dessa grande união que já mostrou que deu certo.

A versão nacional (lançada pela Moria Records) traz um encarte adicional que conta com todas as letras traduzidas para o português.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp