Resenha - Tide Turns - Blezqi Zatsaz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Vinhas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


O projeto capitaneado pelo Tecladista Fábio Ribeiro, intitulado Blezqi Zatsaz, lançou recentemente o seu debut. "The Tides Turns". Trata-se de um trabalho instrumental de altíssima qualidade, com participações especiais de músicos experientes e conhecidos no cenário, como Kiko Loureiro (Angra), Eduardo Ardanuy (Dr. Sin) e Hugo Mariutti (Shaman).

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraMetallica: os segredos de "Enter Sandman"

O som apresenta muita variação, mas é em sua maioria um rock progressivo de muito bom gosto, influenciado por Yes, Pink Floyd, Emerson Lake & Palmer, entre outros. A característica mais evidente do álbum é o talento de Fábio Ribeiro tanto para "timbrar" o teclado como para criar melodias marcantes, o que torna a audição do trabalho muito mais agradável. Por ser instrumental, se tudo não estivesse na dosagem certa, o disco se tornaria maçante, mas isso de forma nenhuma aconteceu aqui.

Todas as composições do disco são de Fábio Ribeiro, porém, todos os músicos que participaram do projeto tiveram total liberdade pra criar suas partes, o que deixou o disco bem mais humano.

Outros instrumentistas que se destacam ao longo do álbum são o saxofonista e flautista Hugo Hori, e o baixista Ale Souza, que mandaram muito bem na execução dos seus instrumentos.

Concluindo, o álbum apresenta qualidade, músicos extraordinários, boa produção e o mais importante de tudo, é um trabalho original, pra quem gosta de música instrumental, temas experimentais, com uma pegada rock. Esse é o álbum do ano!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blezqi Zatsaz"


Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora

Metallica: os segredos de Enter SandmanMetallica
Os segredos de "Enter Sandman"

Metallica: Hetfield elege as suas dez músicas favoritasMetallica
Hetfield elege as suas dez músicas favoritas

The Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenhoThe Simpsons
10 melhores aparições de roqueiros no desenho

Históricas: Fotos de encontros inusitados entre rockstarsHistóricas
Fotos de encontros inusitados entre rockstars

Kurt Cobain: ele era ambicioso apesar da imagem de antiastroKurt Cobain
Ele era ambicioso apesar da imagem de antiastro

Eddie Vedder: Coloquei a minha mão na bota dela e ela chutou o ar na horaEddie Vedder
"Coloquei a minha mão na bota dela e ela chutou o ar na hora"


Sobre Rodrigo Vinhas

Rodrigo Vinhas é guitarrista da banda Thalion, ex-aluno de Kiko Loureiro, Rafael Bittencourt, Hugo Mariutti e Kiko Moura. Vinhas dá aulas de guitarra na baixada santista. Telefone para contatos: (013) 3429-17-80. Em São Paulo: (11) 9890-0490.

Mais matérias de Rodrigo Vinhas no Whiplash.Net.