Resenha - Welcome To Suffer Age - Gooseflesh

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6

O Gooseflesh vem sendo comparado a bandas como Slayer, Sepultura e Machine Head e realmente há uma similaridade entre o som que fazem e o som das agremiações musicais citadas acima. Porém, em algumas músicas, pode-se notar algumas características do metal que o Sepultura faz atualmente e várias semelhanças com Fear Factory e outras bandas do estilo.

Kiss x Secos & Molhados: o fim da polêmicaWatchMojo: os 10 guitarristas mais subestimados de todos os tempos

O Gooseflesh apresenta em "Welcome To Suffer Age" um thrash metal pesado, direto, pouco trabalhado e em músicas, como "Blinded", fortes tendências ao metal industrial. São 5 faixas que mostram tudo o que a banda pode fazer e produzir nos próximos álbuns. Os solos de guitarra são curtos e não há destaque para nenhum instrumentista em especial.

Como ponto mais forte do álbum, poderíamos destacar a quarta faixa, "Seeds Of Terror", que apresenta um som REALMENTE mais parecido ao som de Slayer, Sepultura, etc.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Goose Flesh"


Kiss x Secos & Molhados: o fim da polêmicaKiss x Secos & Molhados
O fim da polêmica

WatchMojo: os 10 guitarristas mais subestimados de todos os temposWatchMojo
Os 10 guitarristas mais subestimados de todos os tempos


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.