Resenha - Under The Cross - Squealer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

9


Sempre considerei o Squealer uma boa banda de power metal, e nada mais. Os lançamentos promovidos e conhecidos ao público, como "The Prophecy" e "Made For Eternity", não são lá de encher os olhos. Contudo, quem tinha visão semelhante a essa, pode-se preparar para uma surpresa agradabilíssima.

publicidade

A começar pela produção, que desta vez além de Mikko Karmila e dos próprios membros do grupo, contou com a ajuda dos fantásticos Andy Sneap e Tommy Newton.

Na seqüência, dê uma olhada na capa e no título do disco. É uma leitura perigosa e corajosa a partir de um momento delicado pelo qual passa o mundo, após os atentados de 11 de Setembro. Em resumo, seria aquilo que mal nos lembramos atualmente, mas que na década de oitenta, até meados dos anos noventa, costumávamos chamar de ATITUDE.

publicidade

O melhor de tudo é que não para aí. Você abre o encarte e mais imagens fortes e reflexivas surgem escancaradas. Acompanhando-as, letras magníficas, de teor altamente crítico repensando ideologias, valores pós-modernos, religião, etc.

Parece que as proezas já chegam ao fim nessa crítica, certo? Não, ainda tem o som, pesado como nunca dantes. Henner assume uma agressividade nos vocais, e se assemelha a um animal por instantes. Lars Döring e Michael Schiel arrebentam com riffs poderosos, intensos, marcantes. E no apoio, o competente Michael Kaspar, e Mike Terrana, o qual nem necessita comentários, porém os farei, já que poucas vezes vi uma bateria soar tão bem e acoplada a uma brutalidade dessas.

publicidade

Eles deram o show e pouco nos resta a fazer. É assaz tirar o chapéu para "Painful Lust", "Facing The Death", "Rules Of Life", entre outras, e seguir com a tomada ligada na idéia de um dos nomes de música mais representativos e adequados que presenciei nos últimos anos, "Thinking Allowed!".

Site Oficial – http://www.afm-records.de

Formação:
Henner (Vocais)
Lars Döring (Guitarras)
Michael Schiel (Guitarras – Violões)
Michael Kaspar (Baixo)
Mike Terrana (Bateria)

publicidade

Material cedido por:
Hellion Records – http://www.hellionrecords.com
Rua 24 de Maio, 62 – Lojas 280 / 282 / 308 – Centro.
São Paulo – SP – BRASIL
CEP: 01041-900
Tel: (11) 5083-2727 / 5083-9797 / 5539-7415
Fax: (11) 5549-0083
Email: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Trollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

Planet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarraPlanet Rock
As músicas com os melhores solos de guitarra


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin