Megadeth: um passeio de ida e volta pelo Hangar 18

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Na última semana, o assunto ufologia voltou a agitar os noticiários, principalmente depois que a Marinha dos EUA confirmou que são reais os vídeos do Pentágono que mostram possíveis OVNIs.

Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllIron Maiden: "pequena falha" em outdoor na Russia em 2011

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A essas alturas, você deve estar se perguntando qual a razão de ler isso em um site de rock and roll e heavy metal. Simples, sabe aquela pequena banda dos Estados Unidos chamada Megadeth? Pois bem, existe uma música da banda que aborda o assunto. Na verdade, duas. É sobre elas que falarei um pouco. Aperte o play e pegue carona em minha nave espacial.

"Hangar 18": Um dos maiores sucessos da banda, "Hangar 18" é a segunda faixa de "Rust In Peace", maior obra de Dave Mustaine. Forma, ao lado da primeira música "Holy Wars... The Punishment Due" uma das maiores "dobradinhas" de abertura já escritas em um disco de metal.

A letra da música fala sobre o Hangar 18 (jura?), que fica na Base da Força Aérea de Wright-Patterson, nas proximidades de Dayton, Ohio (EUA). Há a especulação de que lá estejam fragmentos de uma aeronave alienígena que caiu na cidade de Roswell, no Novo México, em 1947, caso que ficou famoso. Aliás, até mesmo a banda sueca Hypocrisy gravou uma música sobre o tema.

"Hangar 18" fala sobre todo o mistério e polêmica que envolvem o Hangar. A letra, curta, tem o ápice em seu refrão, que diz:
"Possibly I've seen too much; Hangar 18 I know too much ("Possivelmente eu já vi demais, Hangar 18 eu sei demais").

Ao longo de seus ONZE solos, a música mostra todo o talento do guitarrista Marty Friedman. Da primeira até a última nota, uma música excelente, que não sem razão, acabou se tornando uma das mais queridas pelos fãs.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anos depois, mais precisamente em 2001, o Megadeth escreveu a continuação da música, com o óbvio título "Return To Hangar". A formação já era outra, o clima na banda era outro e definitivamente, as músicas são completamente diferentes.

A única coisa igual entre as composições de "Rust In Peace" e "The World Needs A Hero" é a letra do refrão. O retorno ao Hangar começa após a grande introdução "Silent Scorn" e é um pouco mais pesada e menos técnica que sua irmã mais velha. Mesmo sem todo o brilho de "Hangar 18", "Return To Hangar" cumpre bem o seu papel e é uma sequência digna para uma das maiores músicas não só do Megadeth, mas da historia do metal.

Qual a sua música preferida entre essas duas? Opine nos comentários.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Top 10: Os mais influentes álbuns de Thrash MetalTop 10
Os mais influentes álbuns de Thrash Metal

Kiko Loureiro: Conviver com Mustaine contribui pra sua carreira? (vídeo)Kiko Loureiro
Conviver com Mustaine contribui pra sua carreira? (vídeo)


Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Iron Maiden: pequena falha em outdoor na Russia em 2011Iron Maiden
"pequena falha" em outdoor na Russia em 2011


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280