Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemAC/DC: Angus Young comenta a capa de "Highway to Hell" e a morte de Bon Scott

imagemO curioso aprendizado de Bruno Sutter ao trabalhar com Gugu Liberato


Stamp

Megadeth: um passeio de ida e volta pelo Hangar 18

Por Mateus Ribeiro
Em 19/09/19

Na última semana, o assunto ufologia voltou a agitar os noticiários, principalmente depois que a Marinha dos EUA confirmou que são reais os vídeos do Pentágono que mostram possíveis OVNIs.

A essas alturas, você deve estar se perguntando qual a razão de ler isso em um site de rock and roll e heavy metal. Simples, sabe aquela pequena banda dos Estados Unidos chamada Megadeth? Pois bem, existe uma música da banda que aborda o assunto. Na verdade, duas. É sobre elas que falarei um pouco. Aperte o play e pegue carona em minha nave espacial.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Hangar 18": Um dos maiores sucessos da banda, "Hangar 18" é a segunda faixa de "Rust In Peace", maior obra de Dave Mustaine. Forma, ao lado da primeira música "Holy Wars... The Punishment Due" uma das maiores "dobradinhas" de abertura já escritas em um disco de metal.

A letra da música fala sobre o Hangar 18 (jura?), que fica na Base da Força Aérea de Wright-Patterson, nas proximidades de Dayton, Ohio (EUA). Há a especulação de que lá estejam fragmentos de uma aeronave alienígena que caiu na cidade de Roswell, no Novo México, em 1947, caso que ficou famoso. Aliás, até mesmo a banda sueca Hypocrisy gravou uma música sobre o tema.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Hangar 18" fala sobre todo o mistério e polêmica que envolvem o Hangar. A letra, curta, tem o ápice em seu refrão, que diz:
"Possibly I've seen too much; Hangar 18 I know too much ("Possivelmente eu já vi demais, Hangar 18 eu sei demais").

Ao longo de seus ONZE solos, a música mostra todo o talento do guitarrista Marty Friedman. Da primeira até a última nota, uma música excelente, que não sem razão, acabou se tornando uma das mais queridas pelos fãs.

Anos depois, mais precisamente em 2001, o Megadeth escreveu a continuação da música, com o óbvio título "Return To Hangar". A formação já era outra, o clima na banda era outro e definitivamente, as músicas são completamente diferentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A única coisa igual entre as composições de "Rust In Peace" e "The World Needs A Hero" é a letra do refrão. O retorno ao Hangar começa após a grande introdução "Silent Scorn" e é um pouco mais pesada e menos técnica que sua irmã mais velha. Mesmo sem todo o brilho de "Hangar 18", "Return To Hangar" cumpre bem o seu papel e é uma sequência digna para uma das maiores músicas não só do Megadeth, mas da historia do metal.

Qual a sua música preferida entre essas duas? Opine nos comentários.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Megadeth: quatro clássicos da banda em formato acústico



Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.