Matérias Mais Lidas

Raimundos: vão cancelar Renato Russo?, diz Digão ao postar vídeo com falas do cantorRaimundos: "vão cancelar Renato Russo?", diz Digão ao postar vídeo com falas do cantor

Brian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentáriosBrian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentários

Angra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metalAngra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metal

Thiago Castanho: pede pra ele tocar guitarra e cantar, diz sobre filho de ChorãoThiago Castanho: "pede pra ele tocar guitarra e cantar", diz sobre filho de Chorão

Celtic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; admiro imensamenteCeltic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; "admiro imensamente"

W.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles PriesterW.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles Priester

Deep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeçaDeep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeça

Angra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritosAngra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritos

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Slash: o álbum clássico que fez ele mudar do baixo pra guitarraSlash: o álbum clássico que fez ele mudar do baixo pra guitarra

Pitty: preocupada com aglomerações em Réveillon e Carnaval, ela pede que fãs se vacinemPitty: preocupada com aglomerações em Réveillon e Carnaval, ela pede que fãs se vacinem

Audioslave: a opinião do guitarrista Tom Morello sobre o hit CochiseAudioslave: a opinião do guitarrista Tom Morello sobre o hit "Cochise"

Iron Maiden: em parceria com a Marvel, banda cria nova linha de roupas e acessóriosIron Maiden: em parceria com a Marvel, banda cria nova linha de roupas e acessórios

Tool: com mestre brasileiro, Maynard James Keenan vira faixa marrom de jiu jitsuTool: com mestre brasileiro, Maynard James Keenan vira faixa marrom de jiu jitsu


Monolito02
Stamp

Mastodon #5: Crack The Skye

Por Ricardo Cunha
Fonte: Esteriltipo
Em 07/04/19

publicidade

"Mais progressivo, mais pesado, mais místico."

O rock progressivo nem sempre foi um dos meus gêneros musicais favoritos. Porém, não há como negar que o nível de arte que compõe este gênero é simplesmente incomparável. O ambiente hipnótico criado pelos instrumentos e, claro, as longas viagens musicais levadas a cabo constituem uma experiência pra lá de sensorial. Os artistas criam um novo mundo, um refúgio musical que nos leva a reinos abstratos de musicalidade. É como se os músicos desenvolvessem uma relação pessoal com os seus instrumentos e estes lhes permitissem extrair de si o som que habita suas entranhas e é como se isso pudesse ser traduzido em forma de música. O som do rock progressivo é, na maioria das vezes, complexo e muito delicado, e isso se dá em virtude de tratar-se de um elemento subjetivo, ao qual o músico deve estar em estado de fluxo para poder acessar. A música consome o ouvinte dentro de um espectro de sons palpáveis capazes de seduzir-nos através de uma arte estranha e esplendorosa. Durante os anos 80, uma infinidade de bandas de Heavy Metal começou a fundir o som abrasivo do Metal com a natureza inovadora do Rock Progressivo. Foi uma convergência natural, para dizer o mínimo, que gerou uma série de possibilidades para ambos os gêneros.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Os primeiros álbuns do Mastodon sempre foram conhecidos por seu som agressivo, cada música continha uma entrega poderosa com uma ferocidade tão intensa que, embora, agressiva, havia sempre partes mais abstratas em sua música. Canções como "Elephant Man" do álbum Remission e "Hearts Alive" do Leviathan, mostram a crescente apreciação da banda pela dinâmica da música progressiva. Com uma tendência especial para as passagens instrumentais longas e imaginativas. Seu terceiro álbum, Blood Mountain, foi um grande período de transição musical para a banda. Foi nele que pudemos vê-los se afastando dos sons mais agressivos dos álbuns anteriores e assimilando uma forma mais experimental de compor pela incorporação eminente de elementos mais ambientais a sua música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Só pra situar, neste ano (2009) bandas como Slayer (World Painted Blood), Heaven And Hell (The Devil You Know) e Dream Theater (Black Clouds & Silver Linings), entre outros, lançaram discos considerados importantes para os fãs.

Crack The Skye, que representa o elemento "Éter", é o álbum em que o Mastodon parece mergulhar mais profundamente nas suas influências progressivas. Há uma sombra que aparece ao longo deste álbum, fortalecend os tons e dando contornos ao seu conteúdo denso e quebrado. Este álbum nos põe numa história nova, surpreendente e rica em misticismo. Trata-se de viagens insólitas por reinos espirituais estranhos e misteriosos. Oblivion, o carro-chefe, abre com um arranjo de guitarra ambiente que descamba para um som mais "sludge", que remete e aprimora o som de Blood Mountain. As letras de "Oblivion" funcionam como epílogo para a história conceitual por trás do álbum. O narrador está descrevendo sua própria morte à medida que ele lentamente perde a consciência e desce para as dimensões desconhecidas da vida após a morte, que é representada pelos instrumentos à medida que eles desaparecem no silêncio. Embora a história comece falando de morte, descobriremos que o assunto é sobre renascimento. Em "Divinations" e "Quintessence", vemos que a música passa a ser mais agressiva, refletindo o tumulto em que o narrador se meteu. Descobrimos que o narrador torna-se um espírito consciente flutuando nos reinos misteriosos do Limbo. Ele é então levado ao mundo consciente através de um ritual místico, mas apenas para encontrar uma infinidade de obstáculos que o aguardam nessa aventura ontológica.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

E agora descemos para uma atmosfera mais assustadora, decorada com sons cósmicos. O Czar abre com um aviso sinistro. Através da transcendência mística, o protagonista se encontra no meio da revolução russa. Sua alma agora possuía o corpo físico do conselheiro espiritual da família real czarista, Grigori Rasputin. "O Czar" é o aviso de Rasputin para a família real dos horríveis acontecimentos que irremediavelmente os aguardam. Ghost Of Karelia e The Last Baron parecem servir de reflexos enigmáticos da guerra entre os partidários do Czar e o novo exército rebelde que levaria a Rússia a uma sociedade comunista. O gran finale parece ser narrado pelo Czar, que viu agora que seu exército falhou, e temendo a morte, tenta um acordo com vistas a salvar-se e a sua família. Não obstante, logo será conduzido para o abismo do esquecimento.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O álbum consegue surpreender quanto a riqueza de elementos. Todavia, quanto a parte instrumental, vemos uma banda mais contida. Daí, compreendemos que este álbum não é sobre batidas fortes e música agressiva. O conceito do álbum envolve um exercício de percepção no qual a música enfatiza os ambientes sombrios que refletem a melancolia que reveste toda a história. A "morte" parece está presente em todas as faixas, especialmente na faixa-título – música que consiste em uma homenagem à irmã do baterista, Brann Dailor, que tragicamente se suicidou. Esta música, não se encaixa totalmente no conceito "czarista-místico" que se faz presente no total das músicas, mas no geral reflete o tema central e a experiência do estado consciente de morte que, por sua vez, constitui a base conceitual da história contada.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Por fim, na maioria das vezes, encontramos o som característico do Mastodon nos álbuns mais antigos, inclusive, no álbum anterior. Músicas como "Divinations" e "Crack The Skye" são o reflexo das raízes mais agressivas da banda. O elemento progressivo é bastante sutil na maioria das músicas. Todas elas contêm elementos atmosféricos que delimitam a psicodelia que evidentemente torna as músicas mais suaves, mas é mais proeminente nas faixas mais longas. "The Czar" and "The Last Baron" compartilham uma estética similar na estrutura. Ambas são músicas longas e complexas, mas diferem no som. "The Czar" é muito mais melódica e sinistra; "The Last Baron", é muito mais versátil em humor e sonoridade, apresentando estruturas musicais, que vão desde ambientes delicados a passagens mais conturque traz Dream Theater a mente em alguns momentos. O fator comum em ambas é que, apesar de serem longas, elas não contêm as passagens instrumentais típica do rock progressivo. Quanto ao vocal, considerando que abandonaram de vez o gutural, parece natural que a experiência auditiva seja mais "agradável" para a maioria dos fãs. Contudo, é difícil dizer como estes fãs percebem esse álbum.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Referências: The BNR Metal Pages, Buteco Do Rock Podcast, Sputnik Music.


Mastodon - A história e a discografia da banda

Mastodon #1: Os primeiros diasMastodon #1
Os primeiros dias

Mastodon: Não é só MAIS ódio juvenil...

Mastodon: Não julgue um livro pela capa...

Mastodon: Mais uma etapa para alcançar a caveira de cristal

Mastodon: Uma síntese de tudo o que a banda fez até aquele momento

Mastodon: Mais um estilo do que uma tendência conduzida pelas modas

Mastodon: O álbum inspirado na perda de um parente de um membro

Todas as matérias sobre "Mastodon - A história e a discografia da banda"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Garimpeiro
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Retrospectiva: confira 21 músicas lançadas por bandas de heavy metal em 2021Retrospectiva: confira 21 músicas lançadas por bandas de heavy metal em 2021

Mastodon: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, em lista da Metal HammerMastodon: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

Metallica: músicos do Mastodon e Carcass gravam versão invertida da clássica BlackenedMetallica: músicos do Mastodon e Carcass gravam versão "invertida" da clássica Blackened

Mastodon: vocalista fala sobre os cuidados necessários para fazer tour durante pandemiaMastodon: vocalista fala sobre os cuidados necessários para fazer tour durante pandemia

Lista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astralLista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astral

Mastodon: banda toca Teardrinker ao vivo, em talk-show; confira o vídeoMastodon: banda toca "Teardrinker" ao vivo, em talk-show; confira o vídeo

Mastodon: Brann Dailor quase saiu na mão para defender Lars Ulrich, que ficou orgulhosoMastodon: Brann Dailor quase saiu na mão para defender Lars Ulrich, que ficou orgulhoso

Grammy: Dream Theater, Mastodon e Gojira estão na disputa da categoria Metal PerformanceGrammy: Dream Theater, Mastodon e Gojira estão na disputa da categoria Metal Performance

Metallica: Brann Dailor, do Mastodon, fala sobre a primeira vez que ouviu a bandaMetallica: Brann Dailor, do Mastodon, fala sobre a primeira vez que ouviu a banda

Disturbed: vocalista responde comentários feitos por guitarrista do MastodonDisturbed: vocalista responde comentários feitos por guitarrista do Mastodon

Mastodon: equipe boicota sites que noticiaram homofobia, afirma MetalSucksMastodon: equipe boicota sites que noticiaram homofobia, afirma MetalSucks

Mastodon: as 10 melhores músicas lado b da banda, em lista do Metal InjectionMastodon: as 10 melhores músicas "lado b" da banda, em lista do Metal Injection

Mastodon: Jamey Jasta deleta entrevista e passa pano; ele tem direito a sua opiniãoMastodon: Jamey Jasta deleta entrevista e passa pano; "ele tem direito a sua opinião"

Mastodon: banda pede desculpas por comentários homofóbicos e treta com DisturbedMastodon: banda pede desculpas por comentários homofóbicos e treta com Disturbed

Mastodon: guitarrista Brent Hinds diz que odiou abrir shows para o DisturbedMastodon: guitarrista Brent Hinds diz que odiou abrir shows para o Disturbed


Mastodon: Brent Hinds esculpiu um pênis gigante de madeiraMastodon: Brent Hinds esculpiu um pênis gigante de madeira

Mastodon: guitarrista Brent Hinds diz que odiou abrir shows para o DisturbedMastodon: guitarrista Brent Hinds diz que odiou abrir shows para o Disturbed

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicas


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Ricardo Cunha

Editor no site Esteriltipo - Marketing de Conteúdo.

Mais matérias de Ricardo Cunha.