Como Conservar e Recuperar Cordas de Baixo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Raul Branco
Enviar correções  |  Ver Acessos

Um dos grandes inconvenientes dos instrumentos de corda é a durabilidade do encordoamento. A gordura e o suor de seus dedos, em contato com o metal das cordas, vai acumulando sujeira e oxidando pouco a pouco, causando uma queda constante na qualidade do som e estragando-as.

Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlPink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira dica é para sempre limpar suas cordas após tocar. Utilize um trapo velho para limpá-las e secá-las, principalmente na parte de baixo, onde normalmente a pessoa não se preocupa muito, por esquecer que o suor escorre e fica lá, quietinho, esperando você guardar o baixo no seu case para começar a agir!

Outra boa idéia - mesmo correndo o risco de parecer merchandising - é ocasionalmente passar um produto chamado FastFret (facilmente encontrado em qualquer boa loja de instrumentos), que muitos pensam servir apenas para guitarristas. Cito pelo nome porque desconheço um similar de outra marca. Além de conservar as cordas, tem-se a sensação de estar usando um encordoamento novo e sua execução fica mais ágil. Ao aplicar, passe-o em toda a extensão da corda e por todos os lados, não esquecendo de usar a flanelinha que vem junto para retirar o excesso.

Uma terceira dica: coloque um daqueles sachês de sílica gel no seu case para evitar a umidade. Mesmo as melhores e mais caras cordas enferrujam, não importa o que os fabricantes digam...

Se apesar de todos os cuidados o seu encordoamento estiver pedindo por socorro, experimente "ferver" as cordas. Coloque numa panela velha que você não use mais alguns copos d'água e umas duas colheres de sopa de vinagre. Coloque as cordas na mistura e ponha para ferver. Depois de alguns minutos, tire as cordas - com cuidado para não se queimar! - e seque-as com cuidado. Recoloque-as no seu baixo e você vai perceber que o som ficará mais brilhante e claro, pois boa parte das sujeirinhas que estavam embaçando seu som foram embora. Porém não seja pão duro: ficar fervendo suas cordas toda hora não vai fazer milagres. Utilize este macete só uma vez e, quando sentir que elas já deram o que tinha que dar, coloque cordas novas no seu baixo.

Ele merece.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Instrumentos"


Dream Theater: John Myung explica porque usa um baixo de seis cordasDream Theater
John Myung explica porque usa um baixo de seis cordas

Bateria: imagine se ele tocasse um equipamento mais decenteBateria
Imagine se ele tocasse um equipamento mais decente


Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlGuns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Pink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbunsPink Floyd
As brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns


Sobre Raul Branco

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Raul Branco no Whiplash.Net.

adGoo336