Tradução - Six Degrees Of Inner Turbulence - Dream Theater

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Six Degrees Of Inner Turbulence - Dream Theater

Traduzido por Fábio Trovão

  | Comentários:
Imagem

THE GLASS PRISON

I. Reflection

Cunning, Baffling, Powerful
Been beaten to a pulp
Vigorous, Irresistible
Sick and tired and laid low
Dominating, Invincible
Black-out, loss of control
Overwhelming, Unquenchable
I'm powerless, have to let go

I can't escape it
It leaves me frail and worn
Can no longer take it
Senses tattered and torn

Hopeless surrender
Obsession's got me beat
Losing the will to live
Admitting complete defeat

Fatal Descent
Spinning around
I've gone too far
To turn back round

Desperate attempt
Stop the progression
At any length
Lift this obsession

Crawling to my glass prison
A place where no one knows
My secret lonely world begins

So much safer here
A place where I can go
To forget about my daily sins

Life here in my glass prison
A place I once called home
Fall in nocturnal bliss again

Chasing a long lost friend
I no longer can control
Just waiting for this hopelessness to end

A PRISÃO DE VIDRO

I. Reflexão

Astuta, Confusa, Poderosa
Batida até a polpa
Vigorosa, Irresistível
Doente e cansado e derrubado
Dominadora, Invisível
Escuridão, perda de controle
Esmagadora, Insaciável
Eu estou sem forças, tenho que deixá-la ir

Eu não consigo escapar dela
Ela me deixa frágil e exausto
Não posso mais agüentar
Sentidos esfarrapados e partidos

Rendição sem esperanças
Obsessão me derrotou
Perdendo a vontade de viver
Admitindo derrota completa

Descida fatal
Rodando por aí
Eu fui longe demais
Para retornar

Tentativa desesperada
Pare a progressão
A qualquer tamanho
Erga essa obsessão

Engatinhando para minha prisão de vidro
Um lugar onde ninguém conhece
Meu solitário mundo secreto começa

Tão mais seguro aqui
Um lugar onde eu posso ir
Para esquecer meus pecados diários

Vida aqui em minha prisão de vidro
Um lugar que uma vez eu chamei de lar
Encontra felicidade noturna novamente

Caçando um amigo a muito perdido
Eu não consigo mais controlar
Apenas esperando essa desesperança acabar

II. Restoration

Run - fast from the wreckage of the past
A shattered glass prison wall behind me
Fight - past walking through the ashes
A distant oasis before me

Cry - desperate crawling on my knees
Begging God to please stop the insanity
Help me - I'm trying to believe
Stop wallowing in my own self pity

"We've been waiting for you my friend
The writing's been on the wall
All it takes is a little faith
You know you're the same as us all"

Help me
I can't break out this prison all alone
Save me
I'm drowning and I'm hopeless on my own
Heal me
I can't restore my sanity alone

Enter the door
Desperate
Fighting no more
Help me restore
To my sanity
At this temple of hope

I need to learn
Teach me how
Sorrow to burn
Help me return
To humanity
I'll be fearless and thorough
To enter this temple of hope

Believe
Transcend the pain
Living the life
Humility
Opened my eyes
This new odyssey
Of rigorous honesty

Serenity
I never knew
Soundness of mind
Helped me to find
Courage to change
All the things that I can

"We'll help you perform this miracle
But you must set your past free
You dug the hole
But you can't bury your sole
Open your mind and you'll see"

Help me
I can't break out this prison all alone
Save me
I'm drowning and I'm hopeless on my own
Heal me
I can't restore my sanity alone

II. Restauração

Corra – rápido dos destroços do passado
Um muro de prisão de vidro quebrado atrás de mim
Lute – passando andando pelas cinzas
Um oásis distante à minha frente

Choro – desesperadamente engatinhando de joelhos
Implorando Deus para por favor parar a insanidade
Ajude-me – Eu estou tentando acreditar
Parar de chafurdar em minha própria auto piedade

“Nós estávamos esperando por você meu amigo
As escrituras estão na parede
Tudo que precisa é de um pouco de fé
Você sabe que você é o mesmo que todos nós”

Ajude-me
Eu não consigo escapar dessa prisão sozinho
Salve-me
Estou me afogando e estou desesperançado sozinho
Cure-me
Eu não consigo restaurar minha sanidade sozinho

Entre a porta
Desesperado
Sem lutar mais
Me ajude a restaurar
A minha sanidade
Neste templo de esperança

Eu preciso aprender
Me ensine como
Tristeza para queimar
Me ajuda a retornar
À humanidade
Eu serei destemido e completo
Para entrar neste templo de esperança

Acredite
Transcenda a dor
Vivendo a vida
Humildade
Abri meus olhos
Esta nova odisséia
De rigorosa honestidade

Serenidade
Eu nunca conheci
Sons da mente
Me ajudaram a encontrar
Coragem para mudar
Todas as coisas que eu posso

“Nós o ajudaremos a realizar este milagre
Mas deve libertar seu passado
Você cavou o buraco
Mas você não pode enterrar sua alma
Abra sua mente e você verá”

Ajude-me
Eu não consigo escapar dessa prisão sozinho
Salve-me
Estou me afogando e estou desesperançado sozinho
Cure-me
Eu não consigo restaurar minha sanidade sozinho

III. Revelation

Way off in the distance I saw a door
I tried to open
I tried forcing with all of my will
And still the door wouldn't open

Unable to trust in my faith
I turned and walked away
I looked around, felt a chill in the air
Took my will and turned it over

The glass prison
Which once held me is now gone
A long lost fortress
Armed only with liberty
And the key of my willingness

Fell down on my knees and prayed
"Thy will be done"
I turned around, saw a light shining through
The door was wide open

III. Revelação

Bem longe eu vi uma porta
Eu tentei abrir
Eu tentei forçá-la com toda a minha vontade
E ainda assim a porta não abria

Incapaz de crer em minha fé
Eu me virei e fui embora
Eu olhei ao redor, senti um calafrio no ar
Peguei minha vontade e voltei

A prisão de vidro
Que me prendia agora se foi
Uma fortaleza há muito perdida
Armado apenas com liberdade
E a chave da minha força de vontade

Me ajoelhei e rezei
“Assim seja feito”
Eu me virei, vi uma luz brilhando através
A porta estava totalmente aberta

* Dedicada a Bill W. e seus amigos (NR: O criador dos Alcoólicos Anônimos).

BLIND FAITH

Hear me, speaking
Asking why I even bother
Tell me, how you
Live from day to day

Take your time and look around
Is this utopia you've found

Sick of all of this
The suffering and we just carry on
Isn't it time we care and lose the hate
Understand our fears

But we do all that we can
Justify the means to an end
Sorry you must excuse me
I've painted my own Mona Lisa
She's fixed everything
Now I'm spoiled
Beyond my wildest dreams

Blind Faith we have in you
Invisible
Which direction do we choose
Predictable

Take the streets, the beaten path
Our system works for whom I ask
Yeah I have it all
The bigger house
An iron fence to keep you out

When did we all let you down
So come Messiah show us how
Our human spirit drowns
Don't think you hear me now
No sign of you around
What is it you hope to see

Blind Faith we have in you
Invisible
Which direction do we choose
Predictable
Give us something we can use
Desirable
Cause you've done all you can do
Regrettable

And still life pushes on
With or without you
We've got to carry on
Our will, will guide us to
A place where we belong
Know there lies the truth
I am the believer
Who gives purpose on to you

I don't think we let you down
So come Messiah show us how how
Throw us a pure lifeline
I hope that you hear me
Too proud to be around
There's more to us than we see now

Blind Faith we have in you
Invisible
Which direction do we choose
Predictable
Self ignorance, abuse
Desirable
Cause you've done all you can do
Incredible

FÉ CEGA

Ouça-me, falando
Perguntando por que eu ainda me importo
Diga-me, como você
Vive dia a dia

Não se apresse e olhe ao seu redor
É esta utopia que você vê?

Cansado de todo este
Sofrimento e nós apenas seguimos adiante
Não é hora de nos preocuparmos e perder o ódio
Entender nossos medos

Mas nós fazemos tudo que podemos
Justificamos os meios pelos fins
Desculpe-me, mas você deve me dar licença
Eu pintei minha própria Mona Lisa
Ela consertou tudo
Agora estou estragado
Além dos meus sonhos mais selvagens

Fé Cega nós temos em você
Invisível
Qual direção nós tomamos
Previsível

Pega a estrada, o caminho batido
Nosso sistema trabalha pra quem eu pedir
É, eu tenho tudo
A maior casa
Uma cerca de ferro para te manter afastado

Quando nós todos te decepcionamos
Então venha Messias nos mostrar como
Nosso espírito humano se afoga
Não acho que você me ouve agora
Nenhum sinal de você por perto
O que é isto que você espera ver

Fé Cega nós temos em você
Invisível
Qual direção nós tomamos
Previsível
Dê-nos algo que possamos usar
Desejável
Porque você fez tudo que você pode
Lamentável

E a vinda ainda nos empurra
Com ou sem você
Nós temos que seguir adiante
Nossa vontade, nos guiará para
Um lugar onde nós pertencemos
Sabemos que lá está a verdade
Eu sou o crente
Que dá propósito a você

Eu não acho que nós desapontamos você
Então venha Messias nos mostrar como
Jogue-nos uma linha de vida pura
Eu espero que você me ouça
Orgulhoso demais para estar por perto
Há mais para nós do que nós vemos agora

Fé Cega nós temos em você
Invisível
Qual direção nós tomamos
Previsível
Auto ignorância, abuso
Desejável
Porque você fez tudo que você pode
Incrível

MISUNDERSTOOD

Waiting
In the calm of desolation
Wanting to break
From this circle of confusion

Sleeping
In the depths of isolation
Trying to wake
From this daydream of illusion

How can I feel abandoned
Even when the world surrounds me
How can I bite the hand
That feeds the strangers all around me
How can I know so many
Never really knowing anyone

If I seem superhuman
I have been
Misunderstood

It challenges the essence of my soul
And leaves me in a state of disconnection
As I navigate the maze of self control

Playing a lion
Being led to a cage
I turn from a thief to a beggar
From a god to God save me

How can I feel abandoned
Even when the world surrounds me
How can I bite the hand
That feeds the strangers all around me
How can I know so many
Never really knowing anyone

If I seem superhuman
I have been
Misunderstood

Playing a lion
Being led to a cage
I turn from surreal to seclusion
From love to disdain
From belief to delusion
From a thief to a beggar
From a god to God save me

How can I feel abandoned
Even when the world surrounds me
How can I bite the hand
That feeds the strangers all around me
How can I know so many
Never really knowing anyone

If I seem superhuman
I have been
Misunderstood

MAL COMPREENDIDO

Esperando
Na calma da desolação
Querendo escapar
Desse círculo de confusão

Dormindo
Nas profundezas do isolamento
Tentando acordar
Desde sonho acordado de ilusão

Como posso me sentir abandonado
Mesmo quando o mundo está a minha volta
Como eu posso morder a mão
Que alimenta os estranhos a minha volta
Como eu posso conhecer tantos
Sem realmente conhecer ninguém

Se eu pareço superhumano
Eu fui
Mal compreendido

Isso desafia a essência da minha alma
E me deixa em um estado de desconexão
Enquanto navego em um labirinto de autocontrole

Representando um leão
Sendo levado para uma jaula
Eu mudo de bandido a mendigo
De um deus a Deus salve-me

Como eu posso me sentir abandonado
Mesmo quando o mundo está a minha volta
Como eu posso morder a mão
Que alimenta os estranhos a minha volta
Como eu posso conhecer tantos
Sem realmente conhecer ninguém

Se eu pareço super-humano
Eu fui
Mal compreendido

Representando um leão
Sendo levado para uma jaula
Eu mudo de surreal para reclusão
De amor a desdém
De crença a desilusão
De ladrão a mendigo
De um deus a Deus, salve-me

Como eu posso me sentir abandonado
Mesmo quando o mundo está a minha volta
Como eu posso morder a mão
Que alimenta os estranhos a minha volta
Como eu posso conhecer tantos
Sem realmente conhecer ninguém

Se eu pareço super-humano
Eu fui
Mal compreendido

THE GREAT DEBATE

"A gallop snapshot poll taken immediately
after President Bush's speech on funding
embryonic stem cell research last night shows
that half of Americans approve of his decision,
25% do not, and still another 25% are not
sure what to think."

"Most people don't even know
What stem cells are."

"Who is going to scream the loudest? Will it
be the right-to-lifers or will it be the scientists?
And now what is going to happen is there will
be a tremendous amount of lobbying in
Washington, D.C.: scientists, entertainers,
people who want to see this research - will be
coming forth."

"I am concerned about it. Christopher Reeves
is concerned about it. Everyone is concerned
about it. The big question is do the ends
justify the means? When we talk about
research, yes, we can cure a lot of
things...speculatively. But, where is the
proof?"
"These developing human beings that you are
talking about, these embryos, were produced
in an artificial, scientific environment. In vitro
fertilization is not God's will."

"That doesn't make them any less human,
though, after that happens."

"We are on a road where we really don't know
where we are going as far as what's next. We
are talking about harvesting embryos. We are
talking about this, we are talking about that,
but what is the cost?"

"How could we possibly abandon the
research?"

"That is right. That is the old question? If you
think the research is good then you may not
have a problem with it. It is only if you think
the research is questionable that you get
defensive about it. (You do have time to
research these embryos later if we choose to
do so. While people are suffering, we are not
truly certain that this will provide a cure.)"

"And there was a great outrage in the
conservative churches... You cannot use
developing humans... At that point in time they
turn into humans."

"I feel that abandoning this research could be
a mistake. Researching this may allow us to
save other lives or at least to improve the
quality of lives."

"We do not have the answers, yet. We need
to put the money where we will get those
answers in the future. Listen, we are out of
time."

What if someone said
Promise lies ahead
Hopes are high in certain scientific circles
Life won't have to end
You could walk again

What if someone said
Problems lie ahead
They've uncovered something
Highly controversial
The right to life is strong
Can't you see it's wrong

Humankind has reached a turning point
Poised for conflict at ground zero
Ready for a war
Do we look to our unearthly guide
Or to white coat heroes
Searching for a cure

Turn to the light
Don't be frightened
Of the shadows it creates
Turn to the light
Turning away
Would be a terrible mistake

Anarchistic moral vision
Industries of death
Facing violent opposition
Unmolested breathe

Ethic inquisitions breed
Antagonistic views
Right wing sound bite premonitions
In a labyrinth of rules

Are you justified
Are you justified
Are you justified
Justified in taking
Life to save life
Life to save life
Taking life to save life

This embryonic clay
Wrapped in fierce debate
Would be thrown away
Or otherwise discarded

Some of us believe
It may hold the key
To treatment of disease
And secrets highly guarded

Are you justified
Are you justified
Are you justified
Justified in taking
Life to save life
Life to save life
Life to save life

Human kind has reached a turning point
Poised for conflict at ground zero
Ready for a war
Do we look to our unearthly guide
Or to white coat heroes
Looking for a cure

Turn to the light
Don't be frightened
Of the shadows it creates
Turn to the light
Turning away
Would be a terrible mistake

We're reaching
But have we gone too far

Harvesting existence
Only to destroy
Carelessly together
We are sliding

Someone else's future
Four days frozen still
Someone else's fate
We are deciding

Miracle potential
Sanctity of life
Faced against each other
We're divided

Should we push the boundaries
Or should we condemn
Moral guilt and science
Have collided

Turn to the light
We defy our own mortality these days
Turn to the light
Pay attention to the questions we have raised

"One of the big questions that still remains for
me, though, is that all of these embryos that
are sent or will be discarded - is this worse
than just throwing those away?"

"You do not know that all of these will be
discarded. All of a sudden you say which ones
will be discarded. And all of sudden you have
people being solicited for parts of their
anatomy. Then they harvest parts of people's
bodies. That is how it starts."

"People are not soliciting; there are fertility
clinics that have extra embryos."

"The research is a scientific advancement. I
know we are going down a road that we may
not know where we end, but that is exactly
what science is all about. I am very sorry, but I
do feel sympathy for those whose spines have
been severed... There is a possibility that we
might cure them. I am concerned about a cure
for juvenile diabetes and if these types of
scientific advancement can cure these
diseases, then quite candidly I think there
ought to be at least what President Bush has
proposed: some limited research."

"Stem cells come from developing human
beings and they should not be experimented
on that doesn't make sense or that is
unethical, but at the same time there is great
promise."

"I have a 28-year old son who is paraplegic.
And if there is a small chance that my son can
be able to have feeling and be able to walk
then I am all for it."

"Human beings have been evolving for 10's of
thousands of years and we are just injecting
cells from embryos into people's brains. How
do we come to do something like that?"

O GRANDE DEBATE

“Uma rápida pesquisa instantânea feita imediatamente
logo após o discurso do presidente Bush sobre
subsidiamento de pesquisa em células-tronco ontem a
noite mostra que, metade dos americanos aprova sua
decisão, 25% não aprovam, e outros 25% não tem
opinião formada.”

“A maioria das pessoas nem ao menos sabe
O que são células-tronco.”

“Quem vai gritar mais alto? Serão os defensores-do-
direito-a-vida ou serão os cientistas? E agora o que vai
acontecer é que haverá uma tremenda quantidade de
lobby em Washington, D.C.: cientistas, animadores,
pessoas que querem ver essa pesquisa – é o que irá
acontecer.”

“Eu estou preocupado com isso. Christopher Reeves
está preocupado com isso. Todo mundo está
preocupado com isso. A grande questão é: os fins
justificam os meios? Quando nós falamos de pesquisa,
sim, nós podemos curar muitas
coisas...especulativamente. Mas, onde está a
prova?”

“Estes seres humanos em desenvolvimento que nós
estamos falando, estes embriões, foram produzidos em
um ambiente artificial e científico. Fertilização in vitro não
é a vontade de Deus.”

“Isto, porém, não os faz menos humanos após isto
acontecer.”

“Nós estamos em uma estrada em quem nós realmente
não sabemos onde estamos indo até o passo seguinte.
Nós estamos falando em colheita de embriões. Nós
estamos falando disso, nós estamos falando daquilo,
mas qual é o custo?”

“Como nós poderíamos possivelmente
abandonar a pesquisa?”

“Está certo. Esta é a velha pergunta? Se você acha que
a pesquisa é boa então você não tem um problema com
ela. Apenas se você acha que a pesquisa é questionável
que você se torna defensivo sobre ela. (Você tem tempo
de pesquisar estes embriões mais tarde se nós
escolhermos fazer assim. Enquanto pessoas estão
sofrendo, nós não estamos verdadeiramente certos que
isto proporcionará uma cura).”

“E houve um grande ultraje nas igrejas
conservativas...Vocês não podem usar humanos em
desenvolvimento...Naquele ponto do tempo eles viram
humanos.”

“Eu acho que abandonar esta pesquisa poderia ser um
erro. Pesquisando isto pode nos permitir salvar outras
vidas ou pelo menos melhorar a qualidade
de vidas.”

“Nós não temos as respostas, ainda. Nós precisamos
colocar dinheiro onde nós conseguiremos estas
respostas no futuro. Ouçam, nós não
temos tempo.”

E se alguém dissesse
Promessa está adiante
Esperanças estão altas em certos círculos científicos
Vida não terá que acabar
Você poderia andar novamente

E se alguém dissesse
Problemas estão adiante
Eles descobriram algo
Altamente controverso
O direito à vida é forte
Você não consegue enxergar que está errado

A raça humana atingiu um ponto crucial
Equilibrado por conflito no andar zero
Pronto para guerra
Nós olhamos para guia não terráqueo
Ou heróis de casacas brancas
Procurando por uma cura

Vire-se para a luz
Não fique assustado
Com as sombras que ela cria
Vire-se para a luz
Virar para o outro lado
Pode ser um terrível erro

Visões morais anárquicas
Indústrias de morte
Enfrentando oposições violentas
Respirações não-molestadas

Inquisições éticas surgem
Visões antagônicas
Sons de premonições da ala direita
Em um labirinto de regras

Você tem o direito?
Você tem o direito?
Você tem o direito?
O direito de tirar
Vida para salvar vida?
Vida para salvar vida?
Tirar vida para salvar vida?

Esse barro embriônico
Envolto em debate ferrenho
Seria jogado fora
Ou senão descartado

Alguns de nós acredita (que)
Isso possa ter a solução
Para o tratamento de doença
E segredos altamente guardados

Você tem o direito?
Você tem o direito?
Você tem o direito?
O direito de tirar
Vida para salvar vida?
Vida para salvar vida?
Vida para salvar vida?

A raça humana atingiu um ponto crucial
Equilibrado por conflito no ponto zero
Pronto para guerra
Nós olhamos para guia não terráqueo
Ou heróis de casacas brancas
Procurando por uma cura

Vire-se para a luz
Não fique assustado
Com as sombras que ela cria
Vire-se para a luz
Virar para o outro lado
Pode ser um terrível erro

Nós estamos alcançando
Mas nós fomos longe demais

Colhendo existência
Apenas para destruir
Descuidadosamente juntos
Nós estamos deslizando

O futuro de alguém
Quatro dias congelados
O destino de alguém
Nós estamos decidindo

Potencial milagroso
Santidade da vida
Colocados frente e frente
Nós estamos divididos

Nós deveríamos empurrar as fronteiras
Ou deveríamos condenar
Culpa moral e ciência
Colidiram

Vire-se para a luz
Desafiamos nossa própria mortalidade estes dias
Vire-se para a luz
Presta atenção às perguntas que nós levantamos

“Uma das grandes questões que ainda permanecem
para mim, porém, é que todos esses embriões que são
enviados ou serão descartados – isto é pior do que
simplesmente jogá-los fora?”

“Você não sabe que todos estes serão descartados. De
uma hora para outra você diz quais serão descartados. E
de uma hora para outra você tem pessoas sendo
pedidas de partes de suas anatomias. E então eles
colhem partes dos corpos de pessoas. É como isso
começa.”

“A pessoas não estão sendo solicitadas; há clínicas de
fertilização que possuem embriões extras.”

“A pesquisa é um avanço científico. Eu sei que estamos
descendo uma estrada que não sabemos onde
termina, mas é sobre isso que é a ciência.
Eu sinto muitíssimo, mas eu tenho pena
daqueles cujas colunas foram danificadas...Há uma
possibilidade de nós os curarmos. Eu estou
preocupado com a cura da diabetes juvenil e
se esses tipos de avanços científicos podem
curar essas doenças, então bem candidamente
eu acho que deveria haver pelo menos o que
o Presidente Bush propôs: alguma pesquisa
limitada.”

“Células-tronco vêm de seres humanos em
desenvolvimento e elas não deveriam ser testadas
naquilo que não faz sentido ou antiético, mas ao
mesmo tempo há uma grande
promessa.”

“Eu tenho um filho de 28 anos que é paraplégico.
E se há uma pequena chance do meu filho ter
sensações e poder andar então eu sou completamente
a favor.”

“Seres humanos têm evoluído por dezenas de milhares
de anos e nós estamos simplesmente injetando células
de embriões no cérebro de pessoas. Como nós
chegamos a fazer algo assim?”

DISAPPEAR

Why, tell me the reasons why
Try, still I don't understand
Will I ever feel this again
Blue sky, I'll meet you in the end
Free them, free the memories of you
Free me, and rest 'til I'm with you

A day like today
My whole world has been changed
Nothing you say
Will help ease my pain

Turn, I'll turn this slowly round
Burn, burn to feel alive again
She, she'd want me to move on
See me, this place I still belong
Give chase, to find more than I have found
And face, this time now on my own

Days disappear
And my world keeps changing
I feel you here
And it keeps me sane

So I'm moving on
I'll never forget
As you lay there and watched me
Accepting the end
I knew you were scared
You were strong I was trying
I gave you my hand
I said it's okay
Letting go time to leave here
And I'll carry on
The best that I can
Without you here beside me
Let him come take you home

DESAPARECER

Por que, diga-me as razões por que
Tente, eu ainda não entendo
Eu vou alguma vez sentir isso de novo
Céu azul, eu te encontrarei no final
Liberte-as, liberte as memórias de você
Liberte-me, e descanse até que eu esteja com você

Um dia como hoje
Meu mundo todo mudou
Nada que você diga
Ajudará a aliviar minha dor

Vire, eu virarei isso vagarosamente
Queime, queime para se sentir vivo novamente
Ela, ela iria querer que eu seguisse adiante
Veja-me, este lugar eu ainda pertenço
Persiga, para encontrar mais do que já encontrei
E encare, desta vez sozinho

Dias desaparecem
E meu mundo continua mudando
Eu sinto você aqui
E isso me mantém são

Então eu estou seguindo adiante
Eu nunca esquecerei
Enquanto você ficava lá e me olhava
Aceitando o fim
Eu sabia que você estava assustada
Você era forte eu estava tentando
Eu te dei minha mão
Eu disse está tudo bem
Deixando o tempo passar para deixar você aqui
E eu seguirei
O melhor que eu puder
Sem você aqui ao meu lado
Deixando-o vir te levar para casa

SIX DEGREES OF INNER TURBULENCE

I. Overture

(Instrumental)

SEIS GRAUS DE TURBULÊNCIA INTERNA

I. Abertura

(Instrumental)

II. About to Crash

She can't stop pacing
She never felt so alive
Her thoughts are racing
Set on overdrive

It takes a village
This she knows is true
they're expecting her
And she's got work to do

He helplessly stands by
It's meaningless to try
As he rubs his red-rimmed eyes
He says I've never seen her get this bad

Even though she seems so high
He knows that she can't fly
and when she falls out of the sky
He'll be standing by

She was raised in a small midwestern town
By a charming and eccentric loving father
She was praised as the perfect teenage girl
And everyone thought highly of her

And she tried everyday
With endless drive
To make the grade
Then one day
She woke up to find
The perfect girl
Had lost her mind

Once barely taking a break
Now she sleeps the days away
She helplessly stands by
It's meaningless to try
All she wants to do is cry
No one ever knew she was so sad

Cause even though she gets so high
And thinks that she can fly
She will fall out of the sky
But in the face of misery
She found hopefulness
Feeling better
She had weathered
This depression

Much to her advantage
She resumed her frantic pace
Boundless power
Midnight hour
She enjoyed the race

II. Prestes a Colidir

Ela não consegue parar de andar compassadamente
Ela nunca se sentiu tão viva
Seus pensamentos estão correndo
Em marcha rápida

Chega a uma vila
Isto ela sabe que é verdade
Eles estão esperando-a
E ela tem trabalho a fazer

Ele impotentemente fica esperando
É inútil tentar
Enquanto ele esfrega seus olhos avermelhados
Ele diz: eu nunca a vi ficar assim tão mal

Apesar de ela parecer tão alta
Ele sabe que ela não pode voar
E quando ela cai do céu
Ele estará lá ao lado

Ela foi criada em uma pequena cidade do meio-oeste
Por um charmoso e excêntrico pai carinhoso
Ela era elogiada como uma perfeita menina adolescente
E todo muito tinha um alto conceito dela

E ela tentava todo dia
Com força infindável
Atingir a meta
E então um dia
Ela acordou para descobrir
Que a menina perfeita
Perdeu sua mente

Antes raramente tirava uma folga
Agora dorme os dias inteiros
Ela impotentemente fica esperando
É inútil tentar
Tudo que ela quer fazer é chorar
Ninguém nunca soube que ela estava tão triste

Pois mesmo ela ficando tão alta
E pensa que pode voar
Ela cairá do céu
Mas em face à tristeza
Ela encontrou esperança
Sentindo-se melhor
Ela resistiu
Esta depressão

Para sua muita vantagem
Ela reiniciou seu ritmo frenético
Poder sem fronteiras
Meia noite
Ela gostava da corrida

III. War Inside My Head

Napalm showers
Showed the cowards
We weren't there to mess around

Through heat exhaustion
And mind distortion
A military victory mounted
On innocent ground

Hearing voices from miles away
Saying things never said
Seeing shadows in the light of the day
Waging a war inside my head

Years and years of
Bloodshed and warfare
Our mission was only to get in and kill

A free vacation
Of palm trees and shrapnel
Trading innocence
For permanent psychotic hell

Hearing voices from miles away
Saying things never said
Seeing shadows in the light of the day
Waging a war inside my head

Feeling strangers staring my way
Reading minds never read
Tasting danger with each word I say
Waging a war inside my head

III. Guerra Dentro da Minha Cabeça

Chuveiros de napalm*
Mostraram aos covardes
Que nós não estávamos lá para passear

Através de calor exaustivo
E distorção de mente
Uma vitória militar montada
Em chão inocente

Escutando vozes de milhas de distância
Dizendo coisas nunca ditas
Vendo sombras à luz do dia
Travando uma guerra dentro da minha cabeça

Anos e anos de
Banho de sangue e guerra
Nossa missão era apenas entrar e matar

Umas férias livres
De palmeiras e metralhas
Trocando inocência
Por permanente inferno psicótico

Escutando vozes de milhas de distância
Dizendo coisas nunca ditas
Vendo sombras à luz do dia
Travando uma guerra dentro da minha cabeça

Sentindo estranhos olhando em minha direção
Lendo mentes nunca lidas
Provando perigo em cada palavra que eu digo
Travando uma guerra dentro da minha cabeça

* Showers = Chuveiros. Durante a Segunda Guerra Mundial, os nazistas conduziam seus prisioneiros até os campos de concentração, onde passavam por uma triagem em que eram separados os aptos para o trabalho forçado, ou que poderiam interessar às pesquisas médicas, e os não selecionados que eram encaminhados diretamente às câmaras de gás. Lá, os prisioneiros entravam nus e haviam falsos chuveiros, que em vez de água, soltavam gás, matando todos que ali estavam.

* Napalm = Produto inflamável utilizado como armamento militar. Consiste em um tipo de gasolina gelificada, feita através da mistura de gasolina com polímeros especiais que a deixam com a consistência de um gel altamente inflamável.

IV. The Test That Stumped Them All

Standing in the darkness
Waiting for the light
The smell of pure adrenaline
Burning in the night

Random blinding flashes
Aiming at the stage
Intro tape begins to roll
Igniting sonic rage

Still they keep me between
These hollow walls
Hoping to find in me
The answers to the test
That stumped them all

"The boy is simply crazy
Suffering from delusions
We honestly think that maybe
He might need an institution

He lives in a world of fiction
And really could use some help
We have just the place to fix him
To save him from himself"

Curled up in the darkness
Searching for the light
The smell of stale sweat and shit
Streaming through the night

Random urine testing
Pills red, pink and blue
Counseling and therapy
Providing not a clue

Still they keep me between
These hollow walls
Hoping to find in me
The answers to the test
That stumped them all

"We can't seem to find the answers
He seemed such a clear cut case
We cannot just let him leave here
And put all this work to waste

Why don't we try shock treatment
It really might do some help
We have just the tools to fix him
To save him from himself"

IV. O Teste Que Deixou Todos Sem Resposta

Em pé na escuridão
Esperando pela luz
O cheiro de adrenalina pura
Queimando na noite

Flashes ofuscantes aleatórios
Mirando no palco
Fita de introdução começa a rolar
Ligando raiva sônica

Ainda eles me mantêm entre
Essas paredes sagradas
Esperando encontrar em mim
As respostas para o teste
Que deixou todos sem resposta

“O garoto está simplesmente louco
Sofrendo de ilusões
Nós honestamente achamos que talvez
Ele precise de uma instituição

Ele vive em um mundo de ficção
E realmente poderia usar alguma ajuda
Nós temos justamente um lugar para consertá-lo
Para salvá-lo de si mesmo”

Gargalhando na escuridão
Procurando pela luz
O cheiro de suor azedo e merda
Evaporando pela noite

Teste de urina, aleatórios
Pílulas vermelhas, rosas azuis
Aconselhamento e terapia
Não dando nenhuma pista

Ainda eles me mantêm entre
Essas paredes sagradas
Esperando encontrar em mim
As respostas para o teste
Que deixou todos sem resposta

“Parece que não conseguimos encontrar as respostas
Ele parecia um caso facilmente desvendável
Nós não podemos simplesmente deixá-lo ir
E colocar todo esse trabalho no lixo

Por que nós não tentamos tratamento de choque
Isto poderia realmente fazer alguma ajuda
Nós temos justamente as ferramentas para consertá-lo
Para salvá-lo de sim mesmo”

V. Goodnight Kiss

Goodnight kiss in your nightgown
Lavender in your bed
So innocent as you lie down
Sweet dreams that run through your head

Are you lonely without Mommy's love?
I want you to know
I'd die for that moment
You're just a poor girl
Afraid of this cruel world
Taken away from it all

It's been 5 years to the day and
My tainted blood's still the same
I can't help acting this way and
Those bastard doctors are gonna pay

I'm so lonely without baby's love
I want you to know
I'd die for one more moment
I'm just a poor girl
Afraid of this cruel world
Taken away from it all

V. Beijo de Boa Noite

Beijo de boa noite em sua camisola
Lavanda na sua cama
Tão inocente enquanto você se deita
Doces sonhos que correm pela sua cabeça

Você está solitária sem o amor da mamãe?
Quero que você saiba que
Eu morreria por aquele momento
Você é apenas uma pobre menina
Com medo desse mundo cruel
Tirada de tudo isso

Passaram-se 5 anos daquele dia e
Meu sangue machado ainda é o mesmo
Eu não consigo evitar agir desse jeito e
Aqueles malditos médicos irão pagar

Eu estou tão solitária sem o amor do bebê
Eu quero que você saiba que
Eu morreria por mais um momento
Eu sou apenas uma pobre menina
Com medo desse mundo cruel
Tirada de tudo isso

VI. Solitary Shell

He seemed no different from the rest
Just a healthy normal boy
His mama always did her best
And he was daddy's pride and joy

He learned to walk and talk on time
But never cared much to be held
and steadily he would decline
Into his solitary shell

As a boy
He was considered somewhat odd
Kept to himself most of the time
He would daydream in and out
Of his own world
but in every other way he was fine

He's a Monday morning lunatic
Disturbed from time to time
Lost within himself
In his solitary shell

A temporary catatonic
Madman on occasion
When will he break out
Of his solitary shell

He struggled to get through his day
He was helplessly behind
He poured himself onto the page
Writing for hours at a time

As a man he was a danger to himself
Fearful and sad most of the time
He was drifting in and out of sanity
But in every other way he was fine

He's a Monday morning lunatic
Disturbed from time to time
Lost within himself
In his solitary shell

A momentary maniac
With casual delusions
When will he be let out
Of his solitary shell

VI. Concha Solitária

Ele não parecia diferente do resto
Apenas um garoto normal e saudável
Sua mamãe sempre fez o melhor
E ele era o orgulho e alegria do papai

Ele aprendeu a andar e falar na época certa
Mas nunca gostou muito de ser pego no colo
E firmemente ele declinava
Em sua concha solitária

Quando garoto
Ele era considerado meio estranho
Ficando na dele a maior parte do tempo
Ele sonhava acordado dentro e fora
De seu próprio mundo
Mas de qualquer forma ele estava bem

Ele é um lunático de segundas pela manhã
Perturbado de tempos em tempos
Perdido dentro de si mesmo
Em sua concha solitária

Um catatônico temporário
Louco em ocasiões
Quando ele irá sair
De sua concha solitária

Ele lutava para passar seu dia
Ele estava impotentemente atrasado
Ele se derramava na página
Escrevendo por horas e horas

Quando homem ele era um perigo para si mesmo
Temeroso e triste a maior parte do tempo
Ele estava derivando para dentro e fora da sanidade
Mas de qualquer forma ele estava bem

Ele é um lunático de segundas pela manhã
Perturbado de tempos em tempos
Perdido dentro de si mesmo
Em sua concha solitária

Um maníaco momentâneo
Com ilusões casuais
Quando ele será libertado
Da sua concha solitária

VII. About to Crash (Reprise)

I'm alive again
The darkness far behind me
I'm invincible
Despair will never find me

I feel strong
I've got a new sense of elation
Boundless energy
Euphoria fixation

Still it's hard to just get by
It seems so meaningless to try
When all I want to do is cry
Who would ever know I felt so sad

Even though I get so high
I know that I will never fly
And when I fall out of the sky
Who'll be standing by
Will you be standing by

VII. Prestes a Colidir (Reprise)

Eu estou viva novamente
A escuridão muito atrás de mim
Eu estou invencível
Desespero nunca irá me encontrar

Eu me sinto forte
Eu tenho um novo senso de exaltação
Energia sem fronteiras
Fixação eufórica

Ainda é difícil apenas seguir
Parece tão inútil tentar
Quando tudo que eu quero é chorar
Quem alguma vez saberia que eu me sentia tão triste

Apesar de ficar tão alta
Eu sei que eu nunca voarei
E quando eu cair do céu
Quem estará lá me esperando?
Você estará lá me esperando?

VIII. Losing Time/Grand Finale

She dresses in black everyday
She keeps her hair simple and plain
She never wears makeup
But no one would care if she did anyway

She doesn't recall yesterday
Faces seem twisted and strange
But she always wakes up
Only to find she'd been miles away

Absence of awareness
Losing time
A lapse of perception
Losing time

Wanting to escape
She had created a way to survive
She learned to detach from herself
A behavior that kept her alive

Hope in the face of our human distress
Helps us to understand
The turbulence deep inside
That takes hold of our lives
Shame and disgrace over mental unrest
Keeps us from saving those we love
The grace within our hearts
And the sorrow in our souls
Deception of fame
Vengeance of war
Lives torn apart
Losing oneself
Spiraling down
Feeling the walls closing in
A journey to find
The answers inside
Our illusive mind

VIII. Perdendo Tempo / Grande Final

Ela se veste de preto todo dia
Ela mantém seu cabelo simples e liso
Ela nunca usa maquiagem
E mesmo assim ninguém ligaria se ela usasse

Ela não se recorda de ontem
Rostos parecem distorcidos e estranhos
Mas ela sempre acorda
Apenas para descobrir que esteve milhas distante

Ausência de consciência
Perdendo tempo
Um lapso de percepção
Perdendo tempo

Querendo escapar
Ela criou um meio de sobreviver
Ela aprendeu a se desprender de si mesma
Um comportamento que a mantinha viva

Esperança no rosto de nossa angústia humana
Ajuda-nos a entender
A turbulência profunda
Que toma o controle de nossas vidas
Vergonha e desgraça sobre inquietação mental
Nos impede de salvar aqueles que amamos
A graça em nossos corações
E a tristeza em nossas almas
Decepção da fama
Vingança de guerra
Vidas partidas
Perder a si mesmo
Caindo rapidamente
Sentindo as paredes se fechando
Uma jornada para encontrar
As respostas dentro
De nossa mente ilusiva




DREAM THEATER

James Labrie – Vocal
John Petrucci – Guitarra
John Myung - Baixo
Jordan Rudess – Teclado
Mike Portnoy – Bateria




Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Dream Theater"

Dream Theater: A "mania dos selfies" chegou à banda
The Winery Dogs: ouça novo álbum ao vivo na íntegra
Dream Theater: quando um tecladista autografa uma guitarra
Rock Brigade: John Petrucci na capa da edição 273
Dream Theater: clipe para "Enigma Machine" com o Ballet Deviare
Dream Theater: John Myung na capa da nova edição da Bass Player
Dream Theater: James Labrie ansioso para turnê americana
Mike Portnoy: cruzeiro foi uma das suas maiores experiências
Dream Theater: Photo Book da turnê para combater o câncer
Transatlantic: Minha épica viagem de dirigível em São Paulo
Transatlantic: TV Diário divulga trechos do show em SP
Transatlantic: Galeria de imagens do show em São Paulo
Transatlantic: Um show para toda a família em São Paulo
Dream Theater: Banda escorrega em suas virtudes e se repete
Dream Theater: as canções mais subestimadas da banda

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fábio Trovão

Guitarrista e professor de InglUs! Adora Heavy Metal em geral, principalmente Heavy Progressivo!

Mais matérias de Fábio Trovão no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas