Tradução - Metal Opera Part I - Avantasia

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Metal Opera Part I - Avantasia

Traduzido por Caio Beraldo

  | Comentários:
Imagem

Avantasia é um projeto do vocalista do Edguy, Tobias Sammet, um álbum conceitual cuja história mescla fantasia, fatos reais e alguns tópicos religiosos e filosóficos. Conta com a participação de diversos vocalistas convidados, entre eles Michael Kiske, André Matos (Shaman), David Defeis (Virgin Steele) e Kai Hansen (Gamma Ray), e a banda de apoio que conta com Markus Grosskopf (Helloween, baixo), Henjo Richter (Gamma Ray, guitarra) e Alex Hotzwarth (Rhapsody, bateria).

Para uma leitura completa sobre a história de Avantasia, recomendamos acessar o site Heavy Metal Lyrics, onde encontrará disponível a tradução da sinopse e dos atos 1 e 2, indispensáveis para a compreensão da história.

PRELUDE

(Instrumental)

PRELÚDIO

(Instrumental)

REACH OUT FOR THE LIGHT

(Gabriel)
Lord above - why don't you tell me
Why I'm here in agony?
I've been serving, I've been praying
Now I'm caught in misery

I've been praised by friar Jakob
I misused his confidence
Cheated by this work of evil
Feigning Anna's innocence

Oh what have I done?
So many ways lead to the fallen one
Lucifer, fallen light...
Oh what have I done?
What is going on?

We should bring salvation
Not give in to his temptation - no!
Read and preach the holy world
And no forbidden lies that hurt
I remember words of "seven"
Set me bree - sanity!

(Lugaid)
Reach out for the light
Far beyond confines
You have read the magic lines
Leading to the light in your mind...

(Gabriel)
What is right and what is wrong now?
Is it a trial of paradise?

Is anna a witch
Or do they stick to an error?
What's the book and the seal inside?

Am I a cleric or maybe a sinner?
Unbeliever? Renegade?
Was it the devil who led me to "seven"?
Oh redeemer is it all too late?

Oh, what have I done?
I have been led by the smelling one
Lucifer, fallen light...
Tell me stranger, what have I done?
Oh what's going on?

We should bring salvation
not give in to his temptation - no!
Read and preach the holy world
and no forbidden lies that hurt
I remember words of "seven"
Set me free - sanity!

(Lugaid)
Reach out for the light
Far beyond confines
You have read the magic lines
Leading to the light in your mind...

(Gabriel)
In your mind?

ALCANCE A LUZ

(Gabriel)
Senhor dos céus - Por que não me diz
Por que eu estou aqui em agonia
Eu estive servindo, eu estive rezando
Agora eu estou nesta miséria

Eu fui louvado pelo monge Jakob
Eu fiz mau uso de sua confiança
Trapaceado por este trabalho maléfico
Fingindo a inocência de Anna

O que foi que eu fiz?
Tantos caminhos levam ao caído
Lúcifer, luz caída
O que foi que eu fiz?
O que está acontecendo?

Nós deveríamos trazer salvação
E não ceder à sua tentação - não!
Leia e pregue a palavra sagrada
E não mentiras proibidas que ferem
Eu me lembro palavras de "sete"
Liberte-me - sanidade!

(Lugaid)
Alcance a luz
Muito mais além do confinamento
Você leu os versos mágicos
Levando para a luz em sua mente...

(Gabriel)
O que está certo e o que está errado agora?
É este o julgamento do paraíso?

Seria Anna uma bruxa
Ou eles se prendem à um erro?
O que é o livro e o lacre dentro?

Serei eu um clérigo ou talvez um pecador?
Descrente? Renegado?
Teria sido o diabo quem me levou ao "sete"?
Ó redentor, seria tarde demais?

O que foi que eu fiz?
Eu deixei me levar pelo fedorento
Lúcifer, luz caída
Diga-me estranho, o que foi que eu fiz?
O que está acontecendo?

Nós deveríamos trazer salvação
E não ceder à sua tentação - não!
Leia e pregue a palavra sagrada
E não mentiras proibidas que ferem
Eu me lembro palavras de "sete"
Liberte-me - sanidade!

(Lugaid)
Alcance a luz
Muito mais além do confinamento
Você leu os versos mágicos
Levando para a luz em sua mente...

(Gabriel)
Em sua mente?

SERPENTS IN PARADISE

(Gabriel)
Reading the madness they took her away
Under the cross
Bailiff and bishop and monk
Malleus Maleficarum - the law

Prayed for salvetion, I fought for her soul
Scared by the horned
The devil was creeping around
Until she died in the flames
As he saw

Father forgive me for I've hardly seen
The human deep within
Just an intention - so holy and clear
Paving the way to madness
For us...

Serpents on the way to paradise
Dying for love, fighting for ages
Serpents on their way to paradise
Raging with anger and pain for the cross

(Jakob)
Father forgive me for what I have done
For I betrayed the one that I loved like a son
Demons and spells are they reality?

The pest and the schism, the power of the Moor
We've got to fight
Keep our people afraid...
Keep them away
From what they shall not see

I see a menace to our paradise
In these evil times
Heaves is burning, people are yearning
For a new doctrine, they are...

(Gabriel)
Serpents on the way paradise

(Jakob)
Don't know they'll end in final damnation

(Gabriel)
Serpents on the way to paradise...

(Jakob)
Raging with anger and pain against the cross

(Gabriel)
Lord if I'm an unbeliever
What do I believe?
Can you tell me lord
What you had done if you were me?
I have stared into the eyes
Of innocence and fear
I saw Anna in the tower in a lake of tears
Something strange is going on and
Still I don't know why
I have stared into the secrets
They still try to hide

Vandroiy can you tell me
What you know about it all?
Vandroiy can you help me
To leave this prison hall?
Vandroiy can you help me
Free Anna from the chain?
Vandroiy can you help me
To become a little sane?

Serpents on the way to paradise-
Dying for love, fighting for ages
Serpents on their way to paradise
Raging with anger and pain...

SERPENTES NO PARAÍSO

(Gabriel)
Lendo as loucuras eles a levaram embora
Embaixo da cruz
Bailio e bispo e monge
Malleus Maleficarum - a lei

Orado por salvação, eu luto por sua alma
Assustado pelo chifrudo
O diabo rastejava em volta
Até que ela morreu em chama
Enquanto ele via

Pai me perdoe porque eu mal vi
O humano profundamente dentro
Apenas uma intenção - tão sagrado e claro
Pavimentando o caminho para a loucura
Para nós...

Serpentes no caminho do paraíso
Morrendo por amor, lutando por eras.
Serpentes em seu caminho para o paraíso
Ferozes com raiva e dor pela cruz.

(Jakob)
Pai me perdoe pelo que fiz.
Pois traí aquele que eu amava como um filho
Demônios e feitiços são realidade?

A peste e a cisma, o poder dos Mouros
Nós temos que lutar!
Mantenha seu povo com medo...
Mantenha-os longe
Daquilo que eles não devem ver

Eu vejo uma ameaça ao nosso paraíso
Nestes tempos malignos
Heaves está queimando, pessoas anseiam
Por uma nova doutrina, elas são...

(Gabriel)
Serpentes no caminho para o paraíso

(Jakob)
Não sabem que terminarão na maldição final

(Gabriel)
Serpentes no caminho para o paraíso

(Jakob)
Ferozes com raiva e dor contra a cruz

(Gabriel)
Senhor se eu sou um descrente
Em que eu acredito?
Pode me dizer senhor
O que você teria feito se fosse eu?
Eu olhei dentro dos olhos
Da inocência e do medo
Eu vi Anna na torre em um lago de lágrimas
Algo estranho está acontecendo e
Eu ainda não sei por que.
Eu olhei fixamente para os segredos
Que eles ainda tentam esconder

Vandroiy você pode me dizer
O que sabe sobre isto tudo?
Vandroiy você pode me ajudar
A deixar este corredor da prisão?
Vandroiy você pode me ajudar
A libertar Anna da corrente?
Vandroiy você pode me ajudar
A ficar um pouco são?

Serpentes no caminho para o paraíso
Morrendo por amor, lutando por eras.
Serpentes no caminho para o paraíso
Ferozes com raiva e dor...

MALLEUS MALEFICARUM

(Falk von Kronberg)
So, daughter of the old evil spirit
You still pretend you don't know?
Maybe we have a way
To make you remember...

(Else Vogler)
I have done no wrong
Blood shall come upon you!

(Falk von Kronberg)
Torturer, pull on!

MALLEUS MALEFICARUM

(Falk von Kronberg)
Então, filha do antigo espírito do mal
Você ainda finge que não sabe?
Talvez tenhamos um jeito
Para fazer com que se lembre

(Else Vogler)
Eu não fiz nada de errado!
Que sangue caia sobre você

(Falk von Kronberg)
Carrasco, puxe!

* Malleus Maleficarum (1486)

Este é o mais conhecido (e o mais abominável) dos manuais de caça às bruxas. Escrito em latim, o Malleus foi primeiramente submetido para a Universidade de Colônia (ALE) em 9 de maio de 1487. O título é traduzido como "O Martelo de Bruxas", ou numa tradução mais aproximada, "O Martelo de Caça ás Bruxas". Escrito por James Sprenger e Henry Kramer, o Malleus permaneceu em uso durante trezentos anos. Teve enorme influência nos julgamentos de acusados de bruxaria tanto na Inglaterra quanto por todo continente.

Era usado como um livro de registro judicial para as descobertas e perseguições de bruxas, especificando as leis da evidência (nota: leis que determinam a forma de se encarar as provas levadas a um tribunal) e os procedimentos canônicos pela qual as pessoas suspeitas eram torturadas e condenadas à morte. Milhares de pessoas (principalmente mulheres) foram assassinadas por meio destes julgamentos como resultado dos procedimentos adotados a partir deste livro. As acusações e julgamentos tinham como base motivos aparentemente banais como viver sozinho, ter uma marca de nascença estranha, uma doença mental ou até mesmo pelo cultivo de ervas medicinais, ou simplesmente porque eram acusadas de forma desleal (muitas vezes por causa de boas recompensas financeiras que o acusador receberia). O Malleus serve como uma terrível advertência sobre o que acontece quando a intolerância domina uma sociedade.

Embora o Malleus é notoriamente um documento que expõe a crueldade, a barbaridade e a ignorância da Inquisição, também foi interpretado como sendo evidência de uma secreta e difundida tradição pagã na qual cultuavam uma divindade chifruda pré-cristã.

BREAKING AWAY

(Lugaid)
Don't wait my friend
We better don't think twice
Time to fell the prison guard
You gotta realize:
No turning back again
Therefor it's all too late...
New horizons wait...

I know the time has come
To leave your past behind
And now the time has come
To stop them controlling your mind

(Gabriel)
Breaking away!
All we can do now is break away
Otherwise she will be dying
While both of us are lying here in chains

Breaking away!
All we can do now is break away!
Oh - otherwise she will be dying
While both of us are lying here in chains

Always been a novice in quest for paradise
Hope they will forgive me for I apostatize
I can't be no hypocrite
Can't wear a masquerade...
New horizons wait...

(Lugaid and Gabriel)
And now the time has come
To go another way
To learn for life and to grow ripe
And prevent the decay...

(Gabriel)
Breaking away!
All we can do now is break away
Otherwise she will be dying
While both of us are lying here in chains

Breaking away!
All we can do now is break away!
Oh - otherwise she will be dying
While both of us are lying here in chains

Breaking away!
It is so hard to lay down what I've been
But I must go even if my way
Leads to Hades...

Breaking away!
All we can do now is break away.
Otherwise she will be dying
While both of us are lying here in chains

Breaking away!
All we can do now is break away!
Oh - otherwise she will be dying
While both of us are lying here in chains

FUGINDO

(Lugaid)
Não espere, meu amigo!
É melhor não pensarmos duas vezes
É hora de abater o guarda da prisão
Você tem que perceber:
Não pode voltar atrás mais uma vez.
De qualquer modo é tarde demais...
Novos horizontes esperam...

Eu sei que a hora chegou
Para deixar seu passado para trás.
E agora a hora chegou
Para impedi-los de controlar sua mente

(Gabriel)
Fugindo!
Tudo que podemos fazer agora é fugir!
Senão ela vai morrer enquanto nós dois
Estivermos aqui acorrentados

Fugindo!
Tudo que podemos fazer agora é fugir!
Senão ela vai morrer enquanto nós dois
Estivermos aqui acorrentados

Sempre fui um noviço na busca pelo paraíso
Espero que eles me perdoem por eu abjurar
Eu não posso ser hipócrita
Não consigo usar uma máscara...
Novos horizontes esperam...

(Lugaid e Gabriel)
E agora chegou a hora
De ir em outra direção
Para aprender para a vida e amadurecer
E prevenir a decadência

(Gabriel)
Fugindo!
Tudo que podemos fazer agora é fugir!
Senão ela vai morrer enquanto nós dois
Estivermos aqui acorrentados

Fugindo!
Tudo que podemos fazer agora é fugir!
Senão ela vai morrer enquanto nós dois
Estivermos aqui acorrentados

Fugindo!
É tão difícil de ser o que eu fui
Mas eu devo ir mesmo que meu caminho
Me leve à cidade dos mortos

Fugindo!
Tudo que podemos fazer agora é fugir!
Senão ela vai morrer enquanto nós dois
Estivermos aqui acorrentados

Fugindo!
Tudo que podemos fazer agora é fugir!
Senão ela vai morrer enquanto nós dois
Estivermos aqui acorrentados

FAREWELL

(Gabriel)
Days had come, winters had gone
And we gamboled
Like siblings in Paradise
I was your knight, holding you tight
As a brother when I saw your crying eyes
Time went by and we had to say goodbye

Staring up to the clouds above
Children - so little and sad
Hoping the saints could help one day
Lead us together again
Holding the key to the alley of dreams
Still in hands

Time telling me to say farewell
But I knew that I would fight hell
And I knew: We will
Go for another time we can see
For another time we'll be free
For no more farewell

(Anna)
Stepbrother tell me where have you been
When they brought me
To this godforsaken place
Sign of the cross - they took me away
For healing with herbs by the way of grace
Now I wait for the day to feed the flames.

(Gabriel)
I have been caught in a cage of despair
My heart as a monk's cell
So empty and bare
But no holy water can make me
Forget you again...

Time telling me to say farewell
But I knew that I would fight hell
And I knew: We will
Go for another time we can see
For another time we'll be free
For no more farewell

(Lugaid)
No farewell could be the last one.
If you long to meet again...

ADEUS

(Gabriel)
Dias vieram, invernos se foram
E nós demos cambalhotas
Como irmãos no Paraíso
Eu era seu cavaleiro, te segurando firme
Como um irmão quando vi seus olhos chorando
O tempo passou e nós tivemos que dizer adeus

Observando as nuvens acima
Crianças - tão pequenas e tristes
Esperando que os santos possam ajudar um dia
Nos una mais uma vez
Segurando a chave para o beco dos sonhos
Ainda nas mãos

O tempo me diz para dizer adeus
Mas eu sabia que iria combater o inferno
E eu sabia: Nós iríamos
Para nos vermos novamente
Para sermos livres novamente
Para nunca mais dizer adeus

(Anna)
Meio-irmão me diga onde esteve
Quando eles me trouxeram
A este lugar esquecido por deus
Sinal da cruz - Eles me levaram embora
Para curar com ervas no caminho da graça
Agora eu espero o dia para alimentar as chamas

(Gabriel)
Eu fui pego em uma gaiola de desespero
Meu coração é como um quarto de monge
Tão vazio e desguarnecido
Mas nenhuma água benta pode me fazer
Esquecer você de novo...

O tempo me diz para dizer adeus
Eu eu sabia que iria combater o inferno
E eu sabia: Nós iríamos
Para nos vermos novamente
Para sermos livres novamente
Para nunca mais dizer adeus

(Lugaid)
Nenhum adeus pode ser o último
Se você anseia por se encontrar novamente

THE GLORY OF ROME

(Falk)
Jesus Christ I'm coming - terrestrial home.
I'm allowed to guide their train
To visit you in Rome.
I am sick of preachers telling to be plain
While you got it nice in here
They'd better feel ashamed

(Johann Adam von Bicken)
Oh, ways of gold
Lead is into Your blaze of fame
Oh, are You waiting
For what we have brought You from hell?

(Gabriel)
Glory of Rome, glorious home
Praising the king of the kings
Glory of Rome, glorious home
Reaching for haloes and wings

(Johann Adam von Bicken)
Heading for the angels, heading for the feast
Heading for salvation and the ruin of the beast
Let us fight the outcast
Let us brin 'em fire
Let us lock the center
Of their wicked mad desire

Oh, ways of gold
Lead us into Your blaze of fame
Oh, are You waiting
For what we have brought You from hell?

(Gabriel)
Glory of Rome, glorious home.
Praising the king of the kings.
Glory of Rome, glorious home.
Reaching for haloes and wings.

(Pope Clemens IIX)
Holding in my hand:
Seven parts of a seal
To unlock the land of illumination I feel
And it's been foretold: after touching the light
We shall lock the world
But now it's our time to transcend
the ultimate key in our hand

(Gabriel)
Glory of Rome, glorious home
Praising the king of the kings
Glory of Rome, glorious home
Reaching for haloes and wings

A GLÓRIA DE ROMA

(Falk)
Jesus Cristo eu estou vindo - lar terrestre
Eu estou autorizado a guiar seu trem
Para visitá-lo em Roma
Estou cheio de padres dizendo para ser franco
Enquanto você está bem aqui
Eles deveriam se envergonhar

(Johann Adam von Bicken)
Caminhos de ouro
Nos leva para Seu brilho de fama
Você está esperando
Pelo que trouxemos para Você do inferno?

(Gabriel)
Glória de Roma, lar glorioso
Louvando o rei dos reis
Glória de Roma, lar glorioso
Em busca de auréolas e asas

(Johann Adam von Bicken)
Em direção aos anjos, em direção à festa
Em direção à salvação, e à ruína da besta
Deixe-nos lutar com os exilados
Deixe-nos levá-lo ao fogo
Deixe-nos trancar o centro
De seu pecaminoso e louco desejo

Caminhos de ouro
Nos leva para Seu brilho de fama
Você está esperando
Pelo que trouxemos para Você do inferno?

(Gabriel)
Glória de Roma, lar glorioso.
Louvando o rei dos reis.
Glória de Roma, lar glorioso.
Em busca de auréolas e asas.

(Papa Clemens IIX)
Seguro em minha mão:
Sete partes de um lacre
Para destrancar a terra da iluminação que sinto
E já foi predito: Após tocar a luz
Nós devemos trancar o mundo
Mas agora é o nosso tempo de transcender
A chave definitiva está em nossa mão

(Gabriel)
Glória de Roma, lar glorioso
Louvando o rei dos reis
Glória de Roma, lar glorioso
Em busca de auréolas e asas

IN NOMINE PATRIS

(Instrumental)

EM NOME DO PAI

(Instrumental)

AVANTASIA

(Gabriel)
Open my eyes
And see my bleeding wounded hands...
Feeling the pain too hard to stand
To stand...
Caught in the 'now and here'
While they are on the way
Hiding imagination
Leading us astray...

(Lugaid)
Use your mind!
You will leave
The flesh dimensions behind
Sanity can be the toll
Leading to the core of your soul.

(Gabriel and the voices in his head)
We are the power inside
We bring you fantasy
We are the kingdom of light and dreams
Gnosis and life: Avantasia!
We are the power inside
We bring you fantasy
We are the kingdom of light and dreams
Gnosis and life: Avantasia! - Avantasia...

Walking along the icy gallery of pain
Tell me now:
What can keep the flame alive?
Lack of imagination - raising up the tower
Where they hold our souls
To take away the tower

(Lugaid)
Use your mind!
You will leave
The flesh dimensions behind
Sanity can be the toll
Leading to the core of your soul

(Gabriel)
We are the power inside
We bring you fantasy
We are the kingdom of light and dreams
Gnosis and life: Avantasia!
We are the power inside
We bring you fantasy
We are the kingdom of light and dreams
Gnosis and life: Avantasia!

Oh - Avantasia
Oh - I hear the voices
Oh - into the light
Oh - Avantasia...

AVANTASIA

(Gabriel)
Abro meus olhos
E vejo minhas mãos sangrentas e feridas...
Sentido a dor tão difícil de suportar.
De suportar...
Pego no "agora e aqui"
Enquanto eles estão a caminho
Escondendo imaginação,
Que nos desvia de nosso caminho

(Lugaid)
Use sua mente!
Você vai deixar
As dimensões dos homens para trás
A sanidade pode ser o custo
Levando para o núcleo de sua alma

(Gabriel e as vozes em sua cabeça)
Nós somos o poder de dentro
Nós trazemos fantasia para você
Somos o reino das luzes e sonhos
Gnose e vida: Avantasia!
Nós somos o poder de dentro
Nós trazemos fantasia para você
Somos o reino das luzes e sonhos
Gnose e vida: Avantasia!

Andando sozinho na fria galeria da dor
Diga me agora:
O que pode manter a chama viva?
Falta de imaginação - erguendo a torre
Onde seguram nossas almas
Para tirar o poder

(Lugaid)
Use sua mente!
Você vai deixar
As dimensões dos homens para trás
A sanidade pode ser o custo
Levando para o núcleo de sua alma

(Gabriel)
Nós somos o poder de dentro
Nós trazemos fantasia para você
Somos o reino das luzes e sonhos
Gnose e vida: Avantasia!
Nós somos o poder de dentro
Nós trazemos fantasia para você
Somos o reino das luzes e sonhos
Gnose e vida: Avantasia!

Oh - Avantasia
Oh - Eu ouço as vozes
Oh - Dentro da luz
Oh - Avantasia...

A NEW DIMENSION

(Instrumental)

UMA NOVA DIMENSÃO

(Instrumental)

INSIDE

(Elderane)
We're the little creatures
Deep inside your mind

(Regrin)
Some call us their fantasy
But some to never find

(Elderane)
We can teach philosophy
But still we must commend...

(Regrin)
The state of our existence
Right into your hand
Welcome to this place in here
Come overstep all your fears...

(Gabriel)
Where have you all been once
When I was alone?
When I was a hero
In their crazy wicked show
You’ve sent no little spark
Into my darkened view of life
Did not make me ask for what is wrong
And what is right

And still I regret to be here
I'm dreaming of Anna in tears

Inside - so deep inside
You will die if I don't dream anymore?
Inside - so deep inside
You will die if I don't dream anymore?

POR DENTRO

(Elderane)
Nós somos as pequenas criaturas
Dentro de sua mente

(Regrin)
Alguns nos chamam de suas fantasias
Mas alguns nunca nos encontram

(Elderane)
Nós podemos ensinar filosofia
Mas ainda deveremos louvar

(Regrin)
O estado de nossa existência
Dentro de sua mão
Bem vindo à este lugar aqui dentro
Venha superar todos os seus medos...

(Gabriel)
Onde vocês estiveram uma vez
Quando eu estava sozinho?
Quando eu era um herói
Em seu show louco e pecaminoso
Vocês não enviaram nem uma pequena faísca
Em minha escurecida visão de vida
Não em fizeram perguntar
O que é errado e o que é certo

E ainda me arrependo de estar aqui
Eu estou sonhando com Anna em lágrimas

Por dentro - profundamente dentro
Você morrerá se eu não mais sonhar?
Por dentro - profundamente dentro
Você morrerá se eu não mais sonhar?

SIGN OF THE CROSS

(Gabriel)
From a world of reign they come...

(Pope)
In a world of mammon
We have found it all!
Fighting for pride and for gold.
But the key to the reign
To the ultimate control:
Wisdom of the old

We have been elect to drain the wine
Of Gnosis to hide it and pray
Got to save our children from the beast
We are on the way

(Gabriel)
Seven eyes to be blind
Forever in time:
Sign of the cross...
Hell arise! Castigation under the sign
Sign of the cross
Make us drown in altar wine

(Bishop von Bicken)
In the heart of justice
Called Horeb long ago
Moses got carvings in stone
Imposed to judge those who do not fear
The only, the holy, the lord

(Gabriel)
The blood of anger and pain:
Ink of the Old Testament
I know they'll end their crusade
Drown in the blood of the lamb

(Elderane)
Remaining in darkness
The land of salvation will drown.
And when we'll have vanished
Slavery will take your freedom down.

(Gabriel)
Seven eyes to be blind
Forever in time:
Sign of the cross...
Hell arise! Castigation under the sign
Sign of the cross
Make us drown in altar wine

(Regrin)
You have been the chosen one
So welcome to this place
Vandroiy's told us you would come
To help us win the race
Bring baclk the seal from the men
Who don't know what they do
Seemed to be a fool
Without and own way of life
But you've been a sleeping mind
And you woke up on time
You'be got the power to save us
And finally you

(Gabriel)
A dream is forever
The land of salvetion can't drown
These enchanting colors
Who could have the might to tear it down?
(all these colors - fantasy...)

Seven eyes to be blind
Forever in time:
Sign of the cross...
Hell arise! Castigation under the sign
Sign of the cross
Make us drown in altar wine

SINAL DA CRUZ

(Gabriel)
De um mundo de reinos eles vêm...

(Papa)
Em um mundo de cobiça
Nós encontramos todos!
Lutando por orgulho e por ouro
Mas a chave para o reino
Para o controle definitivo:
Sabedoria dos velhos

Nós fomos eleitos para drenar o vinho
De gnose para escondê-lo e rezar
Temos que salvar nossas crianças da besta
Nós estamos a caminho

(Gabriel)
Sete olhos para serem cegos
Eternamente no tempo
Sinal da cruz...
O inferno levanta-se! Castigo sob o sinal
Sinal da cruz
Faça-nos afogar em um altar de vinho

(Bispo von Bicken)
No coração da justiça
Chamado de Horeb há muito tempo
Moisés obteve inscrições em rochas
Obrigado a julgar aqueles que não temem
O único, o sagrado, o lorde

(Gabriel)
O sangue da raiva e da dor
Tinta do Antigo Testamento
Eu sei que eles terminarão sua cruzada
Afogados em sangue de carneiro

(Elderane)
Permanecendo na escuridão
A terra da salvação irá se afogar
E quando todos nós tivermos fugido
A escravidão tirará nossa liberdade

(Gabriel)
Sete olhos para serem cegos
Eternamente no tempo
Sinal da cruz...
O inferno levanta-se! Castigo sob o sinal
Sinal da cruz
Faça-nos afogar em um altar de vinho

(Regrin)
Você foi o escolhido
Então bem vindo à este lugar
Vandroiy nos disse que você viria
Para nos ajudar a ganhar a corrida
Trazer de volta o lacre dos homens
Que não sabem o que eles fazem
Parecia ser um tolo
Sem um próprio modo de vida
Mas você era uma mente adormecida
E você acordou a tempo.
Você tem o poder de nos salvar
E finalmente você

(Elderane)
Um sonho é para sempre
A terra da salvação não pode se afogar
Estas cores encantadas
Quem teria a coragem de destruí-las?
(todas estas cores - fantasia...)

Sete olhos para serem cegos
Eternamente no tempo
Sinal da cruz...
O inferno levanta-se! Castigo sob o sinal
Sinal da cruz
Faça-nos afogar em um altar de vinho

THE TOWER

(Gabriel)
Where do I go?

Never had a very real dream before
Now I got a vision of an open door
Guiding me home, where I belong
Dreamland I have come

Oh where do I go?

Never had a flesh and blood like this before
Got a new appearance
When I passed the door
Is it a dream I am withing?
Oh what's going on?

Down, down, down
Go down, go down, go down
I roam into nowhere
Don't see an end: eternal wastelands
And I hear the voice, the voice, the voice
The voice...

Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah...

Never been a fighter, neber been a man
But I must help Vandroiy
He's my only friend
Nowhere to go
But I know that he knows how
We will get her out...

Magic of transcendence
Brought me to this place
Vandroiy in reality lead me on my race
Told me to bring back the seal
But still I don't know where I shall go

(Lugaid)
Can't you 'feel' the voice?
You don't have a choice
What a kind of life:
Freedom in flesh - shackles on your mind...

Go all the way to the tower!
Find out the secrets behind!
Go all the way to the tower!
For all the wisdom of ages
Doesn't die

(Elderane)
Men have good intentions
on their way to the light
But som of them are venal
and end up in the night
Maybe it's better for you, mankind
not to know what's going on

(Gabriel)
Sometimes we must go
Ways that seem to be wrong
What a kind of life:
Freedom in flesh, shackles on your mind...

(Lugaid)
Go all the way to the tower!
Find out the secrets behind!
Go all the way to the tower!
Find out the name of the one
Who reigns from inside...

(Voice in the Tower)
You have come the long way
Through ages
To bring me the seven parts of the seal.
So now throw it over
The walls of the tower
Throw the seal!

(Pope)
But first Godfather
What about the prophecy?
What about your reward:
The ultimate illumination, the gnosis
And the power to defend your kingdom
On earth with a strong hand?
What about the prophecy?

(Lugaid)
I realize...

(All)
For the glory, for the glory, for the glory
For the glory. Oh - what is going on?
For the glory, for the glory, for the glory
For the glory. Oh - what is going on?

(Lugaid)
Gabriel I can feel:
You have it back - book and seal
Still no war is won
We have just begun...

Go all the way to the tower!
Long for the secrets behind!
Go all the way to the tower!
Found out the name of the one
Who reigns from inside...

Go all the way to the tower!
Long for the secrets behind!
Go all the way to the tower!
Found out the name of the one
Of the one...

(Jakob)
Oh, how could the stranger steal the seal away?
Was it my fault?
Or was it no one's fault at all?

A TORRE

(Gabriel)
Para onde eu vou?

Nunca tive um sonho tão real antes
Agora eu tenho a visão de uma porta aberta
Guiando-me para casa, onde eu pertenço
Terra dos sonhos eu cheguei

Para onde eu vou?

Nunca tive carne e sangue assim antes
Ganhei uma nova aparência
Quando atravessei a porta
Estarei eu dentro de um sonho?
O que está acontecendo?

Pra baixo, pra baixo, pra baixo
Ir pra baixo, ir pra baixo, ir pra baixo
Eu vago por lugar algum
Não vejo um final: terras devastadas eternas
E eu ouço a voz, a voz, a voz,
A voz...

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia

Nunca fui um lutador, nunca fui um homem
Mas eu devo ajudar Vandroiy
Ele é meu único amigo
Não há lugar algum para ir
Mas eu sei que ele sabe como
Nós iremos tirá-la daqui

Magia da transcendência
Me trouxe à este lugar
Vandroiy no outro mundo me conduz na corrida
Me disse para trazer o lacre de volta
Mas eu ainda não sei onde devo ir

(Lugaid)
Você não pode "sentir" a voz?
Você não tem escolha.
Que tipo de vida:
Liberdade em carne, algemas em sua mente

Vá todo o caminho para a torre!
Encontre os segredos por trás!
Vá todo o caminho para a torre!
Para que toda a sabedoria das eras
Não morra

Elderane)
Homens têm boas intenções
Em seu caminho para a luz
Mas alguns deles são mercenários
E acabam na noite
Talvez seja melhor para você, humanidade
Não saber do que está acontecendo

(Gabriel)
Às vezes devemos ir
A caminhos que parecem ser errados
Que tipo de vida:
Liberdade em carne, algemas em sua mente

(Lugaid)
Vá todo o caminho para a torre!
Encontre os segredos por trás!
Vá todo o caminho para a torre!
Encontre o nome daquele
Que reina pelo lado de dentro...

(Voz na Torre)
Você veio por um longo caminho
Através das eras
Para me trazer as sete partes do lacre
Então agora atire-o por cima
Das paredes da Torre
Atire o lacre!

(Papa)
Mas primeiro Padrinho,
E quanto à profecia?
E quando à sua recompensa:
A recompensa definitiva, a gnose
E o poder de defender seu reino
Na terra com uma mão forte?
E quanto à profecia?

(Lugaid)
Eu percebo...

(Todos)
Pela glória, pela glória, pela glória
Pela glória: O que está acontecendo?
Pela glória, pela glória, pela glória
Pela glória: O que está acontecendo?

(Lugaid)
Gabriel eu posso sentir:
Você os tem de volta - livro e lacre
Ainda a guerra não foi vencida
Nós apenas começamos

Vá todo o caminho para a torre!
Anseie por todos os segredos por trás
Vá todo o caminho para a torre!
Encontre o nome daquele
Que reina pelo lado de dentro...

Vá todo o caminho para a torre!
Anseie por todos os segredos por trás
Vá todo o caminho para a torre!
Encontre o nome daquele
Daquele que...

(Jakob)
Como pode o estranho roubar o lacre?
Será que foi minha culpa?
Ou de ninguém?








Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Avantasia"

Jeff Scott Soto e Eric Martin: Enchendo de alegria os fãs de Hard
Vandroya: a semelhança com música do Avantasia
Michael Kiske: a importância de Sammet no seu retorno ao Metal
Avantasia: vídeos ao vivo de novo DVD do Masters of Rock 2013
Avantasia: Tobias Sammet é premiado no Metal Hammer Award
Avantasia: 10 músicas essenciais da Metal Opera
Avantasia: Tobias Sammet pretende parar no Wacken 2014
Avantasia: Missão cumprida em 3 horas de uma grande apresentação
Avantasia: a Metal Opera itinerante mais uma vez em São Paulo
Avantasia: a orquestra do metal invade São Paulo!
Avantasia: fundador Tobias Sammet conversa com o Wikimetal
Avantasia: fã remixa "Lost in Space" com Michael Kiske
Avantasia em SP: "Early Entrance Package", ingresso sem filas
Avantasia: último lote de ingressos para São Paulo à venda
Helloween: Markus e Dani falam sobre os fãs, Maiden, Avantasia

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Caio Beraldo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Caio Beraldo no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas