Bon Jovi no Rio: grande show, apesar do pequeno set-list

Resenha - Bon Jovi (Apoteose, Rio de Janeiro, 08/10/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Tadeu Salgado
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Mesmo com outros grandes shows acontecendo no mesmo dia, como o RUSH em São Paulo e o DAVE MATHEWS BAND também no Rio, a Apoteose ficou lotada de fãs para assistir ao show do BON JOVI. A banda fez uma ótima apresentação, apesar de ter sido um dos menores set-list da América Latina. Faltou clássicos como Bood on Blood, Have a Nice Day, Blaze of Glory e Bed of Roses.

Rock In Rio: saiba quais dias esgotaram primeiro na pré-vendaMetallica: Lars diz que vai embora do país se Donald Trump ganhar

Um dia antes do show, alguns fãs estavam preocupados com o tempo, pois a previsão era de uma sexta-feira chuvosa durante a noite, o que para a alegria dos público, não caiu uma gota d’água.

Os gaúchos do Fresno foram os convidados para abrir o show de BON JOVI. Logo que subiram no palco, houve muitas vaias, principalmente no setor pista, mas depois a platéia começou a aplaudir os músicos. No fim do show, o vocalista Lucas Silveira agradeceu aos fãs e disse que o o Bon Jovi é uma influência deles (pessoal da pista vaiando o Fresno no início).

Mesmo sem uma boa presença de palco, porém bastante carismático, Jon Bon Jovi conseguiu fazer a platéia cheia de lindas meninas ficarem histéricas e emocionadas. A cada olhar de Jon na platéia, só se ouvia gritos de histeria por parte das moças.

A terceira música do repertório, o clássico “You Give Love a Bad Name” fez a Apoteose inteira pular. Outras músicas que se destacaram no show foi a balada “Always”, que fez com que os casais presentes se beijassem durante a execução da mesma; o pedaço da Roadhouse Blues, música do The DOORS e a Living On a Prayer, onde apareceu no telão vídeos de vários fãs fazendo a performance da música.

Apesar do repertório do Rio ter sido menor do que em alguns shows da turnê sul-americana, a apresentação da banda foi perfeita, o som estava excelente, a produção e a organização estavam ótimas.

Assista abaixo os vídeos da “You Give Love a Bad Name” e o cover da “Roadhouse Blues”

Bon Jovi - You Give Love a Bad Name

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Bon Jovi - Roadhouse Blues (The Doors Cover)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Agradecimento: Regis Motisuki e Guilherme Oliveira

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Bon Jovi (Apoteose, Rio de Janeiro, 08/10/2010)

Bon Jovi: no Rio um show bom, mas poderia ter sido melhor

Rock In Rio
Saiba quais dias esgotaram primeiro na pré-venda

Rio Rock City: Bon Jovi não faz mais música boa?Todas as matérias e notícias sobre "Bon Jovi"

Planet Rock
As quarenta maiores vozes da história do rock

Rock
Curiosidades para enriquecer seu conhecimento - Parte 2

Guns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Bon Jovi"

Metallica
Lars diz que vai embora do país se Donald Trump ganhar

Mountain
Uma discografia repleta de hinos do rock pesado

Collectors Room
A coleção de Gastão Moreira, ex-VJ do programa Fúria Metal

Metallica: quando Lombardo e Jordison substituíram Lars UlrichSílvio Santos: "The Number Of The Beast" em ritmo de festaBruce Dickinson: Uma indireta para o Metallica em entrevista?Ozzy Osbourne: "os Beatles mudaram a minha vida!"NX Zero: "É bom para o rock estar longe da TV aberta"Avenged Sevenfold: O maior circle pit do Rock Am Ring?

Sobre Tadeu Salgado

Natural de Varginha, reside em Niterói, onde graduou-se em Produção Cultural na Universidade Federal Fluminense. Já trabalhou com importantes diretores de cinema, tv e teatro como Domingos Oliveira, Marcos Paulo, Paulo Betti e Suzana Krugger. É editor da Agenda do Headbanger, agenda cultural online com informacões dos principais shows de rock e metal no Brasil.

Mais matérias de Tadeu Salgado no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online