Corpse Grinder: 20 anos de carreira passados a limpo

Resenha - 20 Years Grinding Corpses - Corpse Grinder

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Uma das primeiras e mais importantes bandas de death metal do Brasil, o Corpse Grinder está na ativa há 23 anos. Durante essas mais de duas décadas, a banda liderada pelo vocalista e guitarrista Júnior escreveu a sua história no metal e no underground, influenciando dezenas de grupos e se consolidando com um dos mais influentes nomes do death brasileiro.
Iron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da bandaBruce Dickinson: confirmando que o HPV foi causador do seu câncer

A discografia do Corpse Grinder é bastante fragmentada, com participações em dezenas de compilações nacionais e internacionais, além de contar com as demos "Necropsy" (1990), "Peace?" (1991), "Sick Entrails of Humanity" (1992), "Corpse Grinder" (1994), "Necrorealism" (1998) e "Live Tape 99" (ao vivo, 1999). Apesar dessa longa história, o grupo só conseguiu gravar seu primeiro álbum em 2001. Apropriadamente intitulado "Persistence", o disco deu início a uma produtiva parceria da banda com o selo Kill Again Records, que colocou o segundo e o terceiro disco dos caras no mercado ("Celebration of Hate" de 2003 e "Hail to Death Metal Legion" de 2007, respectivamente). O mais recente fruto dessa associação é o DVD/CD "20 Years Grinding Corpses", lançado em comemoração aos vinte anos do quarteto.

O DVD tem como prato principal o show da banda no Hammer God Bar, em Campinas, em 2007. Em um setlist de 23 músicas o Corpse Grinder repassa a limpo a sua carreira, mostrando o porque de ser cultuado não só no Brasil, mas também no exterior. O fato de o local ser pequeno, aliado ao número reduzido de pessoas presentes, torna o show uma espécie de ensaio gravado em vídeo, e evidencia outra grande virtude da banda: não importa a quantidade de público para o qual o grupo toque, o tesão e a energia com que executam as músicas e o respeito com os fãs é sempre o mesmo. Destaque para o vocal extremamente gutural de Júnior, o que dá um ar ainda mais extremo ao death metal da banda. Aliás, merece menção também a fidelidade do conjunto ao estilo, já que em mais de duas décadas de carreira o Corpse Grinder jamais se desviou do death metal old school, evoluindo o seu som dentro de diretrizes bem definidas.

Como bônus o DVD traz um show gravado em Cuiabá em abril de 2008, os videoclipes das músicas “Sinister Winged Minstrel” e “Imminent War”, registros de apresentações antigas, galeria de fotos e a discografia do conjunto.

Já o CD traz doze faixas, sendo dez regravações abrangendo toda a carreira da banda. Foram escolhidas uma faixa de cada demo e CD lançados pelo grupo, que foram regravadas e receberam uma melhor produção. Esse processo deixa clara toda a evolução do Corpse Grinder em sua carreira, partindo de um death mais básico para o som muito mais técnico executado atualmente. Além dessas dez faixas, o CD é completado por duas regravações (“Baptized in Blood” do Death e “Cryptic Realms” do Massacre, banda responsável pelo nome do Corpse Grinder, já que o grupo retirou a sua alcunha de uma música do Massacre).

Fechando com chave de ouro, "20 Years Grinding Corpses" vem com um encarte de doze páginas incluindo a biografia da banda e dezenas de fotos, em um trabalho digno da importância do Corpse Grinder para o metal brasileiro.

Esse é um lançamento histórico, que passa a limpo a carreira de uma das mais influentes bandas de metal do Brasil. Se você é fã do grupo, curte um death metal executado com talento e paixão ou quer ter em sua coleção um documento sobre uma das bandas que fizeram – e ainda fazem – história no metal nacional, compre já "20 Years Grinding Corpses".

Tracklist:

DVD
Live in Campinas/SP 2007 (Hammer Rock Bar)

1. I Despise The Human Race
2. Sinister Winged Minstrel
3. Trilogy of The End
4. Necrofragments on The Ocean of Blood
5. Shadows Land
6. Only Death is Inexorable
7. Unholy Crusade
8. Lady of The Graves
9. Under of The Inquisition’s Horrors
10. Deceivers of The Faith
11. Condemned to Die
12. Hail to Death Metal Legion

Extras:
Live in Cuiabá 2008 (Cavernas Bar)
Acting in The Shadows (Live - 1994)
Doors of Perception (Live - 1998)
Sarcastic Symphony of The Universe (Live - 2001)
Celebration of Hate (Live - 2002)
Sinister Winged Minstrel (Clip)
Imminent war (Clip)
Discografia
Galeria de fotos

CD:
1. MalevolentVoice of Eternal Darkness
2. Necropsy
3. Rotten Human Carcass
4. Actual World
5. Burning in Holocaust
6. Raised From Remains
7. Shadows land
8. Condemned to Die
9. Trilogy of The End
10. Deceivers of The Faith
11. Baptized in Blood (Death)
12. Cryptic Realms (Massacre)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Corpse Grinder"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Corpse Grinder"

Iron Maiden
As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

Bruce Dickinson
Confirmando que o HPV foi causador do seu câncer

Morte
Confira 15 das melhores músicas sobre o tema

Axl Rose: "tomo muito cuidado com minha voz"Mortes em 2014: Rockstars e pessoas ligadas que nos deixaramLed Zeppelin: o lendário solo de bateria de John BonhamGuns N' Roses: uma versão de Sweet Child O' Mine encharcada do espírito de New OrleansLars Ulrich: revelando ser o maior e melhor fã do mundoDJ Ashba: "não me vejo voltando ao Guns N' Roses nunca mais"

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online