Ben Harper: evitando os caminhos fáceis

Resenha - Lifeline - Ben Harper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Ben Harper não gosta de caminhos fáceis. Seu novo álbum, “Lifeline”, é mais uma prova disso. Basta olhar a história desse americano para perceber isso. Após construir uma sólida carreira e conquistar uma fiel legião de fãs, Harper estourou para o grande público com “Diamonds On The Inside”, lançado em 2003 e que o transformou em figura fácil na mídia. Ele poderia ligar o piloto-automático e entregar apenas aquilo que o seu novo público queria, mas não: ele decidiu ousar.
Slipknot: Qual é o significado e a tradução do nome da banda?Zoltan Chaney: o baterista mais insano que existe?

O resultado foi o álbum duplo “Both Sides Of The Gun”, lançado em 2006, dividido em dois discos que explicitavam os caminhos sonoros característicos de Ben: as baladas construídas no violão, e o rock temperado com pitadas funk. Uma obra-prima.

Agora, depois de rodar o Brasil e inclusive gravar ao lado da chatinha Vanessa da Matta, Ben Harper coloca no mercado seu novo trabalho, e surpreende de novo. Em uma primeira audição, a característica mais marcante é a grande quantidade de baladas, e o ritmo mais lento do disco. “Lifeline” é um disco extremamente emocional, e que consegue, como poucos, transpor para o ouvinte todo o sentimento de seu autor.

Canções carismáticas, que agradam de imediato, podem ser ouvidas em “Fight Outta You”, “In The Colors” e “Fool For A Lonesome Train”. As raízes calcadas na música negra nos levam aos tempos da Motown em músicas como “”Needed You Tonight”, “Say You Will” e “Put It On Me”. “Having Wings” é um single instantâneo.

Mas a principal faixa de “Lifeline” é mesmo a música que dá nome ao disco. Construída sobre acordes simples de violão, “Lifeline” é daquelas canções que faz você parar o que está fazendo e se deixar transportar para outro lugar sem sair de onde está. Lindíssima, figura, com certeza, entre as melhores canções já escritas por Ben.

Mais um grande disco, mais uma prova do talento aparentemente inesgotável deste músico americano. Perfeito para quem busca música verdadeira e feita com alma.

Faixas:
1. Fight Outta You
2. In The Colors
3. Fool For A Lonesome Train
4. Needed You Tonight
5. Say You Will
6. Younger Than Today
7. Put It On Me
8. Heart Of Matters
9. Paris Sunrise #7
10. Lifeline

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Ben Harper"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ben Harper"

Slipknot
Qual é o significado e a tradução do nome da banda?

Zoltan Chaney
O baterista mais insano que existe?

Corey Taylor
Não podíamos trabalhar junto com Jordison

Musas do Metal Nacional: combo de talento e sensualidadeDuff McKagan: "eu cheirei meu peso em cocaína"Dave Mustaine: a emocionante carta de despedida ao amigo Nick MenzaMax Cavalera: Explicando à Billboard o que houve com seus dentesSlash: O Grunge não incomodou o guitarristaMegadeth: Dave Mustaine precisava ser chutado do Metallica

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online