Metal Allegiance: Andreas Kisser rouba a cena no House of Blues

Resenha - Metal Allegiance (House of Blues, Anahein, 25/01/2018)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Simões Neto
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Com o anúncio do novo CD e show em São Paulo, resolvi compartilhar um pouco do que é o show do Metal Allegiance. A banda foi criada a partir de uma excelente ideia do produtor e baixista Mark Menghi: um supergrupo que, acompanhado de um grande número de convidados, homenageie a nata do hard rock e heavy metal e grave material inédito. O "time principal" é formado por um verdadeiro "Dream Team" do heavy metal: David Ellefson, (Megadeth), Alex Skolnick, (Testament), Mike Portnoy (Sons of Apollo e Winery Dogs), além do próprio Menghi.

Há 20 anos: Megadeth lançava o polêmico RiskMusos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!

A banda sempre aproveita a NAMM, feira de instrumentos musicais que ocorre em janeiro em Anahein, nos arredores de Los Angeles, para fazer um show repleto de convidados (lista abaixo). O local não poderia ser melhor, o House of Blues de Anahein, que fica a três quarteirões do Centro de Convenções onde ocorre a NAMM.

As bandas de abertura fizeram shows interessantes, mas não seria honesto fazer uma crítica - como tinha passado o dia testando guitarras e amplificadores na NAMM assisti os shows nas televisões que ficam no hall de entrada do House of Blues, comendo algo e descansando. Vou deixar os nomes para quem quiser pesquisar no youtube: Edge of Paradise, Superfix e Wednesday 13.

Chega a hora de atração principal! Sobe ao palco o famoso DJ William Howell, do Rainbow Bar and Grill, de Los Angeles, aquele onde fica a estátua do Lemmy... Todos o aplaudem muito e ele convoca a banda principal para começar o show.

O Metal Allegiance entrou no palco com Hit the Lights, do Metallica. É impossível tocar algo do Metallica e ficar melhor que o original, mas se alguém conseguiu chegar perto foi o Metal Allegiance. O ingresso já estava pago!

Na sequência a excelente música própria Can't Kill the Devil, do primeiro CD da banda. O set list está no fim desta crítica. Um clássico atrás do outro, além de músicas próprias, algumas inéditas, que estarão no segundo CD. Em vários casos o cover era tocado com alguém da banda original participando, como Elimination com o vocalista Bobby Blitz, Refuse / Resist com Andreas Kisser, Into the Pit com Chuck Billy e Alex Sckolnick, Bonded By Blood com Gary Holt, Room for One More com John Bush, ex-vocalista da banda e que cantou no disco que contém a música.
O nível dos músicos é impressionante. Mas merecem destaque Mike Portnoy, John Bush, Andreas Kisser e Alex Skolnick.

Antes do encore, Mike Portnoy foi até a frente do palco agradecer a todos por escolherem o Metal Allegiance em uma noite com tantas atrações. Ele não estava exagerando: concorreram com Dio Disciples, St Vicente, August Burns Red show de homenagem ao Dimebag Darrel, com membros do Pantera e Bonzo Bash, um tributo ao Led Zeppelin e ao falecido John Bonham com vários músicos conhecidos.

Depois do show Mike Portnoy comentou no camarim que Andreas foi o "Most Valuable Player", expressão que os americanos usam nos esportes para premiar o "jogador mais importante na partida". Explicou que dois guitarristas cancelaram, mas nos ensaios o Andreas disse "relaxem que eu sei essa música", e tocava exatamente como ela está no disco. O baixista do Sepultura, Paulo Xisto, comentou: "ele não sabe que o Andreas é um fominha do c**alh*?". Enquanto todos os brasileiros desmanchavam de rir os americanos soltavam expressões como "crazy brazilians" e "they are strange, but get the job done".

Quem tiver a chance de vê-los aos vivo não perca!

BANDA PRINCIPAL
Mike Portnoy ((Sons of Apollo e Winery Dogs) - bateria
David Ellefson (Megadeth) e Menghi (Metal Alligience) - se revezando no baixo
Alex Sckolnick (Testament) - guitarra
Andreas Kisser (Sepultura) - guitarra

CONVIDADOS
Mark Osegueda (Death Angel)
Chuck Billy (Testament)
Gary Holt (Slayer e Exodus)
John Bush (Armored Saint, ex-Anthrax)
Bobby Blitz (Overkill)
Nita Strauss (Alice Cooper)
Cristina Scabbia (Lacuna Coil).

SET LIST
Hit the Lights (Metallica)
Can't Kill the Devil (Metal Allegiance)
Mandatory Suicide (Slayer)
Fast as a Shark (Accept)
Grinder (Judas Priest)
Elimination (Overkill)
Mother of Sin (Metal Allegiance)
Room for One More (Anthrax)
Bound By Silence (Metal Allegiance)
Lights Out (UFO)
Into the Pit (Testament)
Refuse/Resist (Sepultura)
Scars (Metal Alligience)
Sabbath Bloody Sabbath (Black Sabbath)
Bonded By Blood (Exodus)
Prowler (Iron Maiden)
Metal Militia (Metallica)
Pledge of Allegiance
Encore:
The Number of the Beast (Iron Maiden)

Comente: Ansioso para o show em São Paulo? Gostaria que Andreas subisse ao palco?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Metal Allegiance"Todas as matérias sobre "Mike Portnoy"Todas as matérias sobre "Andreas Kisser"Todas as matérias sobre "Megadeth"Todas as matérias sobre "Testament"Todas as matérias sobre "Sepultura"


Há 20 anos: Megadeth lançava o polêmico Risk

Resenha - Memórias do Heavy Metal - Dave MustaineResenha - Memórias do Heavy Metal - Dave Mustaine
Resenha - Memórias do Heavy Metal - Dave Mustaine

Resenha - Rude Awakening - MegadethMegadeth
Um disco ao vivo de verdade, sem remendos

Ídolos imortais: Nick Menza, técnico e carismáticoÍdolos imortais
Nick Menza, técnico e carismático

Megadeth: banda volta aos palcos em 2020 com o Five Finger Death Punch - abrindo?Megadeth
Banda volta aos palcos em 2020 com o Five Finger Death Punch - abrindo?

Megadeth: mais uma cerveja com a marca da banda é lançada; Saison 13Megadeth: David Ellefson e Chuck Behler tocam juntos após 30 anos

Kiko Loureiro: trabalhando em novo disco soloKiko Loureiro
Trabalhando em novo disco solo

Drowned: versão de "Tornado of Souls", do MegadethMegadeth: Ellefson conta como a intro de "Peace Sells" foi escrita

Kiko Loureiro: História das Antigas #5 Macumba na CachoeiraKiko Loureiro
História das Antigas #5 Macumba na Cachoeira

Rodz Online: Dave Mustaine vs Metallica (vídeo)Os anos do Heavy Metal: A decadência e a renovação do estilo

Megadeth: para Ellefson, algumas músicas de Super Collider não funcionam ao vivoMegadeth
Para Ellefson, algumas músicas de Super Collider não funcionam ao vivo

Vocais: quinze Vocais
Quinze "vozes feias" que se tornaram marcantes no Rock

Megadeth: o que Dave acha de rappers usarem camisetas da banda?Megadeth
O que Dave acha de rappers usarem camisetas da banda?

Headbanger também chora: Músicas para (não) curtir uma fossaHeadbanger também chora
Músicas para (não) curtir uma fossa

Mascotes do Metal: os dez maiores segundo The GauntletMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet


Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!Musos do Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!

Dave Mustaine: Dave Mustaine
"Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman"

Black Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela bandaBlack Sabbath
A passagem de Ian Gillan pela banda

Fotos de Infância: Cradle Of FilthMini Iron Maiden: tocando "Ghost Of The Navigator" na escolaMachine Head: "jamais comprarei um CD novamente", diz Robb FlynnBaixo: O melhor solo com uma só corda da história (vídeo)

Sobre Eduardo Simões Neto

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336