Hicsos: Resenha do show no Trinka Metal Fest de Caraguatatuba

Resenha - Hicsos (Trinka Metal Fest, Caraguatatuba, 09/11/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Burn in hell metal press, Fonte: Um farol 'blogspot.'
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

“… , direto do underground do inicio dos anos 90 no Rio de Janeiro, a molecada do HICSOS !!!!

5000 acessosRock In Rio: "O cara que quer ver o Metallica ou o Iron Maiden ama repetição"5000 acessosHeavy Metal: as trinta maiores bandas de países diferentes

Sem precedentes é o que posso dizer!!! Duvido que o thrash metal tenha se mostrado em toda sua fúria e crueza no litoral norte. Sim THRASH METAL !!!! Sem frescura. Sem firula. Sem os famosos “Mamãe, olha pra mim!!! Eu sou muito mau!!!!”. Os caras estão no melhor momento da carreira da banda. Não sei sobre o públicos dos shows nem se o novo trabalho “Circle of Violence”. Não é disso que estou falando. Não sou critico de música muito menos do mercado fonográfico. Estou passando aos que visualizam essa farol exatamente o que vi, ouvi e senti.

Setlist matador para um publico que não conhecia e/ou conheceu recentemente fez todos, exatamente todos, curtirem ao máximo cada música. Da galerinha jovem, iniciando ao incrível mundo do rock ligeiro até essa mula empacada que vos escreve. O Hicsos não perdeu o domínio da massa em nenhum segundo do show. Hipnose coletiva. Precisaram de uns dois minutos e meio pra dizerem a que vieram e a mensagem chegou quase que imediatamente. Cada música era anunciada com um resumo do que estava por vir e sobre o teor das letras, o que integrava ainda mais o público com o que estava sendo disparada contra plateia em fúria.

Guitarras contundentes, baixo marcador, batera destruidora e o vocal verborrágico, sem chapa branca e chamando a todos para o mosh debaixo de chuva e sendo prontamente atendido. Já rodaram a Europa. Já tocaram com os gigantes. E se entregaram em Caraguatatuba com a mesma atitude de quem está num estadio lotado. Não há performances diferenciadas para diferentes publico. No palco, só há Hicsos !! O espirito do thrash oitentista cheio da fúria do inicio dos anos 90 e, principalmente, músicas preparadas para o seculo XXI !!! Força e contundência cada riff. E a banda desfila uma enciclopédia deles. Um frontman que chama a todos para a responsabilidade de curtirem e bangear como se não houvesse amanhã! Headliners em qualquer evento , fácil !!!! E de todos os critérios que, segundo minha humilde opinião, fazem um bom show, o Hicsos supera a si mesma no principal: Eles gostam do que fazem!!! E se divertem fazendo!!! O melhor exemplo foram os problemas técnicos que fez o impossivel pra atrapalhar na saideira do setlist , chamada “Patria Amada”, devido o microfone que simplesmente apagou. A banda , ao invés do piti classico de estrelismo, sentou a marreta no melhor estilo “O show tem que continuar!”.

Fazer a galera agitar é uma coisa!! E uma coisa muito legal pra uma banda. Mas, agitar junto??? Aí, meus queridos gafanhotos, é o que realmente faz valer o ingresso. Pode soar piegas, mas foi bonito de ver. Toda aquela conexão entre banda e público só realmente se quebrou com o fim do show.

Fomos todos, sem exceção, tratados como headbangers. Respeitados como headbangers. Não se perguntou ou procurou-se por rótulos. Fomos todos headbangers.

Ninguém foi deixado pra trás.”

por... Joe (The Unabomber) Barbara.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Hicsos"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Hicsos"


Rock In RioRock In Rio
"O cara que quer ver o Metallica ou o Iron Maiden ama repetição"

Heavy MetalHeavy Metal
As trinta maiores bandas de países diferentes

DoorsDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

5000 acessosRock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?5000 acessosTrollagem: quando as bandas decidem zoar com o playback5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e Mika Hakkinen4105 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19984904 acessosDave Lombardo: temáticas satânicas envelheceram com o tempo5000 acessosFoo Fighters: Dave Grohl ataca criador de Glee

Sobre Burn in hell metal press

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online