Foliões do Rock: Como foi o evento no Latitude Zero Bar em Amapá

Resenha - Foliões do Rock (Latitude Zero Bar, Macapá, Amapá, 16/02/2015)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Blackened, Fonte: Olhar Alternativo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Aproveitando a temática e o feriado proporcionado pelo Carnaval, a união entre a Casca Grossa Produções e Radiofest proporcionou aos headbanguers dois dias de Punk, Rock e Metal! Esse foi o Foliões do Rock, realizado no Latitude Zero Bar, que sediou também o Black New Year (02/01/2015), pelas produtoras citadas acima.

Guns N' Roses: Perguntas e respostas e curiosidades diversasReb Beach: "Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bosta"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na sexta-feira (13, que coincidiu com o 45º aniversário do primeiro disco do BLACK SABBATH), o Latitude recebeu as bandas SUPERSONIC, OVERDRIVE, STEREOVITROLA e CODA, que fizeram shows memoráveis e agradaram o público um pouco diferente do que se vê habitualmente em shows de Metal em Macapá.

No segundo dia (16, segunda-feira), a diversão ficou por conta dos grupos ADIOS AMIGOS (que tocou covers de RAMONES), SISTEMA FEUDAL (SYSTEM OF A DOWN cover), HIDRAH e KAIROS (originalmente BLACK SIDE). Os dois primeiros grupos cumpriram bem seu papel e tocaram com fidelidade as músicas a que se propõem.

Após a pausa para a troca e ajuste de instrumentos e periféricos, a HIDRAH entra em cena para mostrar como se toca Power/Melodic Metal! Para ficar logo com a plateia na mão, começaram logo com Carry On (ANGRA cover, clássico absoluto da era Andre Matos), que surtiu o efeito esperado.

A HIDRAH continuou com mais petardos: Flight of Icarus (IRON MAIDEN cover), a autoral Reign of Fire, Aces High (mais um hino da Donzela), Another Way (também autoral e muito bem estruturada e cadenciada) e The Trooper, com participação de Raiana Corecha, da KAIROS, fazendo um dueto com Hanna. Heavy Girl POWER!

Wasting Love (IRON MAIDEN), Power (HELLOWEEN) e o clássico do tempo de Edu Falaschi Nova Era (ANGRA) encerraram a apresentação da HIDRAH, que foi esplêndida e bem aceita pela plateia!

Mais uma pausa para arrumar os equipamentos e a KAIROS estava pronta para começar. As músicas interpretadas pelo conjunto desta vez foram mais variadas: ao invés de focar no IRON MAIDEN, teve também um pouco de Hard Rock.

Assim como a HIDRAH, a KAIROS também resolveu "capturar" logo o público mandando Stairway to Heaven ("É LED ZEPPELIN!", comentavam alguns, entusiasmados). E continuou com Still Loving You (SCORPIONS cover), Crazy Train (OZZY OSBOURNE), Man in the Box (ALICE IN CHAINS), Wasted Years (IRON MAIDEN) e, encerrando, Paradise City (GUNS N' ROSES).

Bem balanceada, tocando hit atrás de hit, a KAIROS conseguiu ter ótima performance e foi bem recebida! Senti falta de War Pigs (BLACK SABBATH) nesse show, mas foi ótimo, no geral!

Termino este texto parabenizando todos os envolvidos na realização do Foliões do Rock: Casca Grossa, Radiofest, público e bandas! Tudo correu bem, como deve ser! Todos se divertiram, cantaram juntos, riram, banguearam, beberam... enfim, tudo terminou bem e o resultado foi satisfatório!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de Shows

Guns N' Roses: Perguntas e respostas e curiosidades diversasGuns N' Roses
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Reb Beach: Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bostaReb Beach
"Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bosta"


Sobre Bruno Blackened

Metalhead desde os 16, jornalista desde os 23. Grande incentivador da cena Metal amapaense através de resenhas, reportagens, fotos, artigos, entrevistas e assiduidade nos shows. Minhas vertentes favoritas são o Thrash, Death e Power Metal. \m/

Mais matérias de Bruno Blackened no Whiplash.Net.

adGoo336