Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Stamp

Ideia Rock Fest: celebrando o rico underground nacional

Resenha - Ideia Rock Fest (Blackmore Rock Bar, SP, 22/09/2012)

Por Kito Vallim
Em 13/10/12

O Ideia Rock Fest desse ano aconteceu no segundo semestre com 57 bandas concorrentes que participaram de diversas eliminatórias. Estive na segunda final do evento, que ocorreu no dia 22/09, assistindo uma tarde de muito rock e orgulho nacional de ver que o underground brasileiro, a despeito de tchus e tchas que vemos na mídia, ainda consegue revelar grades pérolas, joias realmente raras de se ver em qualquer lugar do mundo.

Por Kito Vallim, com colaboração de Laura Giorgi.
Originalmente publicado em www.facebook.com/meavyhetal.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Primeiro Ato

O evento começou com alguns problemas técnicos, como estamos falando de underground e bandas independentes, poucos, ou nenhum, dos integrantes das bandas concorrentes vive apenas dessa atividade, ainda, em outras palavras, todos possuem algum emprego que lhe fornece o pão de cada dia e paga suas contas. Esse foi o principal problema da banda sorteada para abrir o dia.

Ironicamente chamada de PRIMEIRO ATO, a banda contou apenas com a talentosa vocalista e o baterista no local, os demais integrantes não conseguiram comparecer a tempo. Em uma atitude corajosa, os integrantes subiram no palco e, desfalcados de seus instrumentos de corda, apresentaram apenas uma canção, para não desistir da competição. Acabaram merecendo, no mínimo, uma premiação por espírito olímpico. Um nível de profissionalismo raro de se ver.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Skizoyds

A segunda banda que entrou no palco surpreendeu pelo contrabaixo gigantesco que se posicionava no palco enquanto o resto da banda conectava suas guitarras e montava a bateria. A banda SKIZOYDS abriu sua apresentação tocando a faixa "Mulheres Demoníacas" mostrando o que viria dessa, no mínimo, diferente banda.

Com letras em português fortes e ácidas, a banda apresenta uma sonoridade que varia de um rockabilly mais pesado, passando por blues e rock n roll bem old school, e essa mistura gera algo realmente moderno! Essa banda vale ser conferida!!

Box 47

A banda BOX 47 entra logo em seguida no palco apresentando um hardcore bem feito. Apesar de a banda apresentar uma grande presença de palco, do tipo que raramente se pode ver, mostrando que o que é feito, é feito com paixão, o som apresentado é aquele tipo que já estamos acostumados a ouvir. Muito bem feito, mas a fórmula já me cansou há algum tempo e não consigo empolgar com esse tipo de som.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aneurose

Entra, então uma banda mineira no palco. Falando pouco e tocando muito, a banda ANEUROSE fez uma apresentação impecável no palco do Blackmore Rock Bar naquela tarde de sábado. Com riffs muito bem trabalhados e uma presença de palco do vocalista Wallace que sai do lugar-comum em bandas do gênero, o metal apresentado pela banda sai dos padrões. Minas Gerais continua revelando mais e mais bandas! Me pergunto o que tem na água daquele lugar. Se quiser ouvir, arraste os móveis da sala.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Madre Negra

Com um belo discurso anti lixos midiáticos que somos obrigados a ouvir hoje em dia, a banda MADRE NEGRA, apresenta um som que pode ser considerado, talvez, um Rage Against The Machine mais pesado. Muito mais pesado. A banda apresenta letras com lampejos de genialidade ímpar e um baixista realmente fenomenal, a banda realizou um grande show!

Kihary

A banda seguinte, KIHARY apresentou um som com muito groove e muita personalidade. O som praticado pelo Power Trio me chamou a atenção por se assemelhar com o som que vem sendo praticado nos EUA atualmente. A presença de palco da banda é muito boa, mas o que realmente chama a atenção no palco é o baterista. Recomendado!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Arame Farpado

A banda ARAME FARPADO possui talento. Os caras são bons e sabem o que fazem. Por esse motivo, vou economizar nas palavras. A banda toca um som pesado e agressivo, mas, na minha concepção pessoal, única e exclusivamente pessoal, falta algo. Muita gente gosta desse tipo de som e a banda tem talento, então ela tem potencial de crescer, mas venho aqui pedir desculpas, não me agradou, então escutem por si mesmos e tirem as próprias conclusões.

Visagem

A expressão "Por último, mas não menos importante" nunca fez tanto sentido. Depois de grandes bandas, entra no palco a banda que acabaria por ser a vencedora dessa etapa do Ideia Rock Fest. A banda VISAGEM apresenta um som que varia no meio termo entre o rock do Queens of The Stone Age (banda que este que vos fala não é um fã incondicional, mas que aprecia muito) e uma pegada que lembra muito o grunge de Seattle. O vocalista possui técnicas sensacionais, realmente muito talentoso, entretanto a presença de palco peca um pouco. O som é muito agitado para o pouco que foi apresentado no palco, mas para os jurados e os presentes, foi mais que o suficiente! A banda Visagem fez um show certeiro e conquistou o título! Merecido? SEMPRE haverá divergências, afinal, gosto é que nem... Vocês sabem. Mas com certeza foi uma ótima escolha!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O saldo final do Ideia Rock Fest foi positivo! Apesar de pouco público e alguns (poucos) problemas, foi um festival que deve ser repetido todo ano! Iniciativas como essa são raras e necessárias, além de muito prazerosas e deveriam acontecer mais! Estão reclamando da falta de bandas boas de rock/metal no Brasil? Basta comparecer a um desses festivais que acontecem perto da sua casa! Garanto que vai valer a pena!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Matéria Original:
https://www.facebook.com/notes/meavy-hetal/ideia-rock-fest-celebrando-o-rico-undeground-nacional-em-s%C3%A3o-paulo/535050019843878

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Kito Vallim

Kito Vallim, banger, economista, apaixonado por rock/metal. Metalhead que iniciou-se com bandas de metal melódico e logo expandiu sua paixão por todos os estilos de metal e hoje em dia não sabe nem dizer seu estilo favorito direito. Entusiasta do metal nacional e do underground, adora conhecer bandas novas e diferentes, busca divulgar bandas em sua fanpage do Facebook onde também comandam um podcast.

Mais matérias de Kito Vallim.