Roger Hodgson: músicas marcantes e interpretação impecável

Resenha - Roger Hodgson (Chevrolet Hall, Belo Horizonte, 15/05/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luiz Figueiredo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.







Músicas marcantes e uma interpretações impecável. É o mínimo que se pode dizer a respeito da apresentação de Roger Hodgson em Belo Horizonte, na noite do último sábado (15).

Fotos: Mariana Reis

Ainda quando as pessoas chegavam e iam lotando as dependências do ginásio era possível prever o quão requintada seria aquela noite. O palco repleto de vasos com plantas e um belo piano ao centro deixavam o ambiente bem ao estilo Roger Hodgson.

Os jovens eram maioria no Chevrolet Hall... Jovens?! Sim. Pelo menos para este 15 de maio eles voltaram a ser como nas décadas de 70 e 80. Pois era a ocasião perfeita para relembrar momentos que marcaram suas vidas e aquela época através das canções do SUPERTRAMP. Os chamados “dinossauros” de Belo Horizonte saíram de casa para assistir um grande ídolo.

O espetáculo começou às 22h25min com casa cheia, os mineiros lotaram o Chevrolet Hall. Roger e sua banda entraram no palco sob muitos aplausos e gritos. Sem pronunciar nenhuma palavra, sentou-se diante de seu teclado e ficou parado e sorrindo enquanto observava cada um que estava à sua frente. Quanto mais demorava a tocar, mais era ovacionado. Um primeiro contato muito emocionante para “Take The Long Way Home” abrir a tão esperada apresentação de Roger Hodgson, em Belo Horizonte.

Antes de partir para a segunda música, Roger agradece muito o carinho e lembrou-se da sua última passagem pela capital mineira, no fim da década de 90. Em seguida, uma das mais esperadas. O clássico de 1977, presente no disco "Even in the Quietest Moments", “Give A Little Bit” para a empolgação tomar conta do ambiente.

Sempre muito sincero em suas palavras, Hodgson fala sobre a próxima canção. Ele anunciava “Hide In Your Shell”, dizendo o quanto ela foi importante em um momento difícil de sua vida. A próxima seria a primeira tocada de sua carreira solo, “Lovers In The Wind”.

Impressionante o como a animação e participação do público não diminuía em nenhum instante. Ao contrário, só aumentava, principalmente em “Breakfast In America” que teve a letra cantada por todos e levou o ginásio a baixo. “Lady” de 1975 e “Along Came Mary” do último disco de Hodgson, Open The Door, antecederam outro hit da carreira do SUPERTRAMP – The Logical Song.

Uma espetacular iluminação marcou toda a apresentação de Roger Hodgson, principalmente nas duas músicas seguintes “Only Because Of You” e outra clássica “Lord Is It Mine”. Para completar, Hodgson agradeceu a pessoas de Belo Horizonte que mandaram mensagens a ele pela internet. Repetiu os nomes de cada um e disse “vocês são sonhadores”. E, obviamente, era hora de “Dreamer” acompanhada pelas palmas e vozes do público. Antes do palco se esvaziar, ainda tivemos Fool’s Overture, com seu instrumental arrasador. Destaque para a excepcional banda de Roger.

Surpreendente. Hodgson volta ao palco vestindo um casaco em homenagem à seleção brasileira. Em ano de Copa, levou seus já atônitos fãs à loucura. E perguntou, “será que ganha?”, disse apontando para o escudo antes de praticamente se declarar, “eu espero que sim”.

Outra esperança que o cantor tem é de tocar para os mineiros em 2011. “Eu espero voltar a Belo Horizonte no próximo ano”. De retribuição ouviu todos cantarem “Olê Olê Olê Olê, Roger Roger...”. E, simpático, acompanhou no violão.

É dada praticamente como certa a volta dele ao nosso país no ano que vem. As cidades escolhidas, inicialmente, são Brasília e Manaus.

Do início ao fim, o show fez a multidão chorar, sorrir, dançar, cantar, gritar... Hodgson que começou aos 19 anos o SUPERTRAMP conseguiu, hoje aos 60, o que mais o faz realizado. Levou alegria a todos com suas belas letras e melodias.

O set-list foi:

01 Take The Long Way Home
02 Give A Little Bit
03 Hide In You Shell
04 Lovers In The Wind
05 Child Of Vision
06 A Soapbox Opera
07 Easy Does It
08 Breakfast In America
09 Sister Moonshine
10 Lady
11 ALong Came Mary
12 The Logical Song
13 Only Because Of You
14 Lord Is It Mine
15 Even In The Quietest Moments
16 Don’t Leave Me Now
17 Dreamer
18 Fool’s Overture

Encore:
19 School
20 It’s Raining Again

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Supertramp"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Roger Hodgson"0 acessosTodas as matérias sobre "Supertramp"

David BowieDavid Bowie
Conheça 60 fatos da vida do cantor, ator e artista britânico

MetalheadMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Bizarro & AbsurdoBizarro & Absurdo
12 Tristes Realidades da Música

5000 acessosHeavy Metal: estressante, perturbador e faz mal ao coração5000 acessosPink Floyd: o maior concerto de rock já produzido5000 acessosRock Brasileiro da Década de 705000 acessosBon Jovi: o maior fã de todos os tempos1523 acessosMetalSucks: Músicos grisalhos que continuam trues4695 acessosIron Maiden: ouça a demo-tape de Bruce Dickinson de 1981

Sobre Luiz Figueiredo

Sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Luiz Figueiredo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online