Johnny Winter: setlist parcial e detalhes do show em BH

Resenha - Johnny Winter (Chevrolet Hall, Belo Horizonte, 16/05/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Luciano Saraiva
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Um show massacrante! Uma overdose de guitarra do mestre e lenda JOHNNY WINTER!

5000 acessosEvanescence: Biel "pediu" estupro de Amy Lee em tweet antigo5000 acessosHeavy Metal: A História Completa (Ian Christe)

“Overdose de guitarra” talvez seria o termo mais apropriado para o que presenciei ao ver na minha frente, da primeira fila, dia 16 de maio no Chevrolet Hall BH - um senhor de 66 anos de idade, albino, tocando com uma agilidade impressionante, como se tivesse sua habilidade musical congelada no tempo. Desta vez se apresentando sentado, empunhando sua Gibson Explorer cor vinho e madeira, além de sua outra companheira guitarra preta sem mão; pois trata-se de um músico que viveu todos os excessos do passado, mas que toca a sua guitarra com uma naturalidade, como um cidadão qualquer anda de bicicleta!

O Johnny soltou só pérolas de sua guitarra. Abriram com ‘Hideway’ (imortalizada por Eric Clapton nos Bluesbreakers), e em seguida clássicos é o que não faltaram - entre eles: ‘Red House’ (de Jimi Hendrix! Nessa rolou até uma homenagem a Eric Clapton pelo Riff principal de 'Sunshine Of Your Love' do Cream no meio do solo), ‘Got my mojo working’, ‘She likes to boogie’, I`m tore down’, ‘Good morning little schollgirl’, ‘Bony Moronie’ (eu já não mais acreditava no que estava vendo e ouvindo! Essa foi a verdadeira surpresa da noite para mim e acredito para muitos ali. Queria levantar da cadeira de qualquer jeito, mas não quis atrapalhar as pessoas atrás de mim. Indescritível – o mais puro estado de felicidade).

Vieram depois 'It`s all over now' (imortalizada pelos Stones, presente no disco ao vivo de 76 dele assim como ‘Bony Moronie’, do "Captured Live) e talvez mais algumas que não me lembro. No bis, o cara aparece caminhando de volta ao palco, um pouco encurvado, empunhando sua Gibson Explorer cor vinho e madeira. Neste momento falei eu voz baixa com certa apreensão: “E agora! O que esse cara vai aprontar? E com o slide no dedo ele dispara 'Hideway 61 Revisited' - um cover de Bob Dylan totalmente turbindado, claro! Assim como todas as versões regravadas por ele - de uns 10 minutos ou mais, onde Johnny termina a última lição de sua aula de guitarra coletiva, mostrando como se toca Slide Guitar! Um extase coletivo!

Lembrei de 9 músicas, algumas esqueci, mas o show teve uma duração satisfatória, talvez quase ou ultrapassando as 2 horas. Um show gravado para sempre na memória e no coração de quem esteve presente e assistiu a lenda viva da guitarra que nasceu no Mississipi...

Set list parcial:
1.Hideway
2.Got my mojo workin`
3.She likes to boogle rel low
4.I`m tore down
5.Red house
6.Good morning little school girl
7.It`t all over now
8.Bony moroine
9.Hideway 61 revisited

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Johnny Winter"

Dave MustaineDave Mustaine
Os dez álbuns que mudaram a sua vida

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Johnny Winter"

EvanescenceEvanescence
Biel "pediu" estupro de Amy Lee em tweet antigo

Heavy MetalHeavy Metal
Livro é obrigatório para os fãs do gênero

Lars UlrichLars Ulrich
A diferença entre o Purple, o Led e o Sabbath

5000 acessosPaul McCartney: como ele consegue falar tão bem o português?5000 acessosTradução - Scenes From a Memory - Dream Theater5000 acessosAgressividade: 21 caras que fizeram a história do rock pesado5000 acessosRitchie Blackmore: Fender homenageia o ícone com uma Stratocaster5000 acessosAC/DC: Max Cavalera acha Axl Rose bonzinho demais para a banda5000 acessosSmashing Pumpkins: A garota da capa de Siamese assumiu o baixo?

Sobre Luciano Saraiva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online