Sirenia: frieza nórdica se rendendo ao calor brasileiro

Resenha - Sirenia (Carioca Club, São Paulo, 06/03/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leandro Anhelli
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.







Com quase meia hora de atraso, Aylin, Morten Veland, Michael S. Krumins e Jonathan A. Perez adentraram o palco do Carioca Club em São Paulo. Bem organizado, porem modesto em tamanho, foi mais que suficiente pra acomodar as pouco mais de 500 pessoas que apareceram no local pra prestigiar o primeiro show da banda norueguesa Sirenia no Brasil. Embora sofrendo um pouco nos sons muito graves, o equipamento do local aguentou o tranco e não deixou a desejar na altura ficando bem audível em todos os pontos do ambiente. Por ser uma casa de menor tamanho, surpreendeu o palco ficar relativamente alto, facilitando a visibilidade de quem estava mais atrás.

Talvez acostumados com a frieza nórdica, o começo do show teve pouca interatividade da banda com o público que ali estava. Porém ao longo das primeiras 5 músicas a banda foi se soltando e se rendendo ao calor do povo brasileiro que também foi esquentando ao longo das músicas.

Ailyn era a simpatia em pessoa e mostrando ser ainda mais bonita pessoalmente, distribuindo muitos beijos, indo à beira do palco para tocar no público, sorrindo o tempo todo e recebendo gritos de “linda, linda, linda”. Não foi perfeita somente no quesito simpatia, cantou muito bem, sem desafinar e não ficou devendo em nada para os álbuns de estúdio e para as antigas vocalistas.

Morten tambem surpreendeu, tirou aquela carranca em que aparece nas fotos e clipes, distribuiu sorrisos, mandando até mesmo beijos para o público! Sua garra na guitarra e no vocal é de arrepiar, um grande líder e músico sempre chamando a galera pro agito!

Michael mostrou muita pegada com sua guitarra, se soltou no palco e surpreendeu os fãs que ainda não conheciam seu trabalho com seus solos e levadas. Chamou o público pra cantar junto e até brindou a galera com sua garrafa de vinho.

Mais escondido mas não menos interativo, foi o baterista Jonathan que com seu olhar sereno e sorriso de lado levou muito bem as músicas ao vivo e a galera ao frenesi.

O público relativamente pequeno como dito começou um pouco inanimado, mas foi acendendo aos poucos e incendiou a banda que apesar de não falarem muito com o público, em gestos, acenos e gritos foram fantásticos! Outro ponto positivo foi que não houve empurra-empurra, a galera se comportou perfeitamente (com raras exceções), realmente estando ali para curtir o momento, curtir a banda e aproveitar ao máximo o primeiro show deles em nossas terras. Certamente o público deixou uma excelente impressão para a banda em cerca de 90 minutos de apresentação.

Com músicas principalmente dos álbuns lançados em 2007 e 2009, “Nine Destinies and a Downfall” e “The 13th Floor”, respectivamente, este último gravado pela própria Ailyn nos vocais, a banda levou o público ao delírio com faixas como “The Path to Decay” na abertura do show, “Lost in Life” e “The other side”. Para o público que prefere as mais antigas, “At Sixes and Sevens” e “An Elixir For Existencealbuns” de 2001 e 2003 respectivamente, foram brindados com “Euphoria”, “Meridian”, “Sister Nightfall” entre outras ao longo do show.

Um pequeno grande show, agradável, simpático, bom de se ver, com público interessante e que não se arrependeu nem por um segundo em ter ido prestigiar a banda. Sorte de quem foi e até a próxima!

Setlist:
1- The Path to Decay
2- Sundown
3- Euphoria
4- The Seventh Summer
5- Star-Crossed
6- One by One
7- Lost in Life
8- Absent without Leave
9- Meridian
10- The Lucid Door
11- Led Astray
12- Sister Nightfall
13- The Other Side
14- Lithium and a Lover
15- Downfall
16- My Mind's Eye

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Sirenia (Carioca Club, São Paulo, 06/03/2010)

1225 acessosSirenia: ótima recepção e apresentação bem sucedida em SP

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sirenia"

MetalheadMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Musas do MetalMusas do Metal
Confira as 10 mais lindas atualmente

Symphonic MetalSymphonic Metal
As dez cantoras mais influentes e impressionantes

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Sirenia"

Rob HalfordRob Halford
11 coisas que você não sabia sobre ele

HumorHumor
Headbangers adoram o Deus Metal, que adora Hansi Kürsch!

Sexo e RockSexo e Rock
Músicas com conotação sexual

5000 acessosBreast of the Beast: Miley Cyrus paga peito com Iron Maiden5000 acessosIron Maiden: Nicko McBrain fala sobre conversão ao cristianismo5000 acessosHeavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que é5000 acessosMetallica: sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"5000 acessosGuns N' Roses: "Welcome To The Jungle" em divulgação de séries de heróis5000 acessosMarty Friedman: saiba porquê ele não quer apertar sua mão

Sobre Leandro Anhelli

Leandro Anhelli nasceu em São Paulo em 1980. É designer gráfico e fotógrafo. Começou no Rock por volta dos 10 anos de idade ouvindo sons como Guns N' Roses, Bon Jovi, Skid Row e Iron Maiden. Hoje curte desde o Heavy Metal e Hard Rock tradicionais até o Metal Melódico, Symphonic e Gothic Metal. É fã de bandas como Metallica, Iron Maiden, Whitesnake, AC/DC, Rhapsody, Helloween, Nightwish e Epica.

Mais matérias de Leandro Anhelli no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online