Matérias Mais Lidas

João Gordo: ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de pela sacoJoão Gordo
Ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de "pela saco"

Rodox: quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezandoRodox
Quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezando

Raimundos: Digão revela que recebeu proposta astronômica para reunião com RodolfoRaimundos
Digão revela que recebeu proposta "astronômica" para reunião com Rodolfo

Cavalera Conspiracy: Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceriaCavalera Conspiracy
Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceria

Sepultura: Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em Roots Bloody RootsSepultura
Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em "Roots Bloody Roots"

Iron Maiden: a reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce DickinsonIron Maiden
A reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce Dickinson

Iron Maiden: banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021Iron Maiden
Banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021

Michael Sweet: um post nas redes que pode ser sobre o também cristão David EllefsonMichael Sweet
Um post nas redes que pode ser sobre o também cristão David Ellefson

Resenha - Vera Cruz - Edu Falaschi
Resenha - Vera Cruz - Edu Falaschi

Kiss: Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólaresKiss
Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólares

KK's Priest: banda divulga música, data, capa e tracklist do primeiro álbumKK's Priest
Banda divulga música, data, capa e tracklist do primeiro álbum

Nirvana: por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da bandaNirvana
Por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da banda

Max Cavalera: como ele desistiu de detonar o Sepultura em Eye for an Eye, do SoulflyMax Cavalera
Como ele desistiu de detonar o Sepultura em "Eye for an Eye", do Soulfly

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas
A história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Sebastian Bach: quando o pai do Bon Jovi ameaçou matá-loSebastian Bach
Quando o pai do Bon Jovi ameaçou matá-lo


Edu Falaschi - Vera Cruz
Pentral
MOPD

Slayer: Se essa agressividade fosse direcionada a outras áreas...

Resenha - Slayer (Chevrolet Hall, Belo Horizonte, 03/09/2006)

Por Maurício Gomes Angelo
Em 04/09/06

Não há praticamente nada em Minas Gerais que escape ao tradicionalismo. Costumes, crenças, hábitos, política, visão social, etc. Tudo aqui é marcado, ao extremo, pelo culto às tradições. A música não é exceção. Não à-toa bandas mais antigas, as ditas clássicas, sempre obtêm uma ótima recepção nestas terras.

Fotos: Thiago Sarkis

Nuclear Assault, Sodom e Kreator, ano passado, haviam sido apenas o aperitivo. Para os afoitos por "instituições sagradas", nada melhor que uma das bandas fundadoras do thrash metal. E o belo paradoxo que o Slayer trouxe a Belo Horizonte, sendo tradicional e contestatório ao mesmo tempo, em meio a todo o provincianismo/pequeno-burguês/religioso – três coisas diferentes reunidas com muita intensidade no mesmo lugar – dos mineiros, foi, no mínimo, curioso de se ver.

Uma ótima oportunidade para todos os reprimidos e pacíficos moradores deste lugar sentirem-se encorajados pela força do rebanho, vestirem suas camisas pretas, as caras de maus, os indefectíveis acessórios, empunharem suas vodkas baratas e celebrarem mutuamente não só a própria desgraça pessoal, como a sonora. Bom seria se toda essa "agressividade" fosse direcionada para outras áreas do circo local, como a política clientelista, por exemplo, mas é querer demais.

Desta forma que os 23 anos de "horror como entretenimento" dos estadunidenses desembarcou pela primeira vez em BH com o peso de saciar toda uma horda de seguidores sedentos, adivinhem, por clássicos. E sem dúvida saciou. Há sempre os dois lados, que acabam se entrecruzando e colaborando, ou não, para o sucesso único. No business, o Slayer é infalível, exemplar. Boatos não confirmados dizem que o cachê gira em torno de 50 mil dólares. "Christ Illusion", o excelente último álbum, some das prateleiras. Ao vivo, no show como negócio, são irrepreensíveis: chegam, executam, satisfazem e vão embora. Música, afinal, é um trabalho como qualquer outro. Além do que, caos e violência atraem e vendem muito facilmente. Nada o que recriminar Tom Araya e seus companheiros. Sabem explorar como poucos as fraquezas e imbecilidades humanas. E sem dúvida se divertem muito ao observar alguns fanáticos que caem nessa historinha de louvar a Satã e coisas parecidas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por tudo isso que o resultado foi um Chevrolet Hall bem cheio – 70 ou 75% de sua capacidade – o maior público, na casa, que já vi em termos de metal. E não é só pela performance e a qualidade das composições, como principalmente por toda a atmosfera criada em torno, que o Slayer supera, ao vivo, as outras bandas citadas no início deste texto.

As várias rodas de mosh que se perpetuavam por todo o local era o exemplo nítido da catarse coletiva que o metal sempre foi. Pescoços maltratados, açoites capilares, corpos empapados de suor, calor, fumaça, luzes, incontáveis decibéis – todo o cenário característico era transmitido ao palco, encontrando a fonte de toda aquela entrega.

Dave Lombardo rege o caos sonoro com admirável competência e punch, adotando uma postura simples e descompromissada: boné para trás, tênis e roupa comum. O principal signo estético da banda está mesmo em Kerry King. O corpo imenso e rijo coberto de tatuagens tribais, a careca e a barba peculiar, botas, correntes, guitarras estilizadas, os riffs cavalares e os solos desarmônicos e ultra-distorcidos. Jeff Hanneman é um coadjuvante de luxo, enquanto Tom Araya age com naturalidade e simpatia, encarnando o frontman insano que os fãs esperam nos momentos adequados.

O Slayer é o tipo de banda que não entra num palco para ser avaliada, mas apenas esperam a adoração do público, alimentando-os com clássicos incontestáveis (somente uma do novo álbum, "Cult", foi apresentada) e o tipo de performance que todos querem ver.

Cifras altas proporcionam uma boa equipe e um verdadeiro profissionalismo, o que foi sentido no uso da estrutura sonora, realmente admirável. E isso contribuiu para que as mais de duas décadas de espera dos belo-horizontinos fosse bem recompensada. Urros, saudações e vibrações de toda natureza eram sentidas a cada música, sendo que uma rápida olhada pelo set-list nos permite observar toda a esperteza dos sujeitos. Mestres da eterna arte de "só fazer aquilo que lhe dará retorno certo" - ao contrário de outras bandas de sua época que, ao arriscarem demais, acabaram caindo em desgraça eterna. "War Ensemble", "Postmortem", "Raining Blood", "Dead Skin Mask" e "Angel Of Death" são apenas alguns exemplos da refinada e cuidadosa escolha do set.

O sonho do mercado é que houvesse muitos "Slayer’s" por aí. Os estadunidenses "dão aula" em todos os quesitos. Música segmentada de primeira, estética, mito, adoração, imagem, dinheiro. Esta turnê será, sem dúvida, extremamente bem-sucedida. Como todas as outras. Ao menos desta vez eles têm um bom álbum de apoio. Que voltem mais vezes. Mas é uma pena que toda a energia e "vivacidade" dos presentes no Chevrolet Hall se restrinjam àquele momento, no primário sentimento de estar fazendo algo "forte" e "chocante". Quando a catarse acaba e as máscaras decaem, sobra pouquíssima coisa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Arte Musical
Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Lista: 20 músicas de bandas de rock e metal que são mais antigas do que parecemLista
20 músicas de bandas de rock e metal que são mais antigas do que parecem

Loudwire: o pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe DivitaLoudwire
O pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe Divita

Lista: de Beach Boys até Possessed, 50 grandes bandas formadas na CalifórniaLista
De Beach Boys até Possessed, 50 grandes bandas formadas na Califórnia

Metal Extremo: 20 músicas para quem está iniciando caminhada pelo lado pesado da forçaMetal Extremo
20 músicas para quem está iniciando caminhada pelo lado pesado da força

Slayer: Seus 20 maiores riffs em todos os tempos, segundo o site The PitSlayer
Seus 20 maiores riffs em todos os tempos, segundo o site The Pit

Metal Hammer: o álbum mais subestimado de 20 grandes bandas de rock e metalMetal Hammer
O álbum mais subestimado de 20 grandes bandas de rock e metal

Slayer: 10 músicas menos conhecidas que todos deveriam ouvirSlayer
10 músicas menos conhecidas que todos deveriam ouvir

Slayer: Lombardo diz que banda seria destruída se a Internet existisse nos anos 1980Slayer
Lombardo diz que banda seria destruída se a Internet existisse nos anos 1980

Lista: 10 álbuns que marcaram o final de grandes formações do rock e do metalLista
10 álbuns que marcaram o final de grandes formações do rock e do metal

Slayer: Fundador da Metal Blade relembra gravações de Show no MercySlayer
Fundador da Metal Blade relembra gravações de "Show no Mercy"

Thunder Force: Corey Taylor, Scott Ian, Lzzy Hale e Dave Lombardo em tema de filmeThunder Force
Corey Taylor, Scott Ian, Lzzy Hale e Dave Lombardo em tema de filme

Heavy metal: 10 riffs de guitarra muito pesados que podem ser tocados até por iniciantesHeavy metal
10 riffs de guitarra muito pesados que podem ser tocados até por iniciantes

Faixas semelhantes: Hell Awaits e Hardening Of The Arteries, do SlayerFaixas semelhantes
"Hell Awaits" e "Hardening Of The Arteries", do Slayer

Slayer: Dave Lombardo relembra acidente assustador com a bandaSlayer
Dave Lombardo relembra acidente assustador com a banda

Boteco do Metal: Como eram os shows da lendária banda Slayer? (vídeo)


Altura: saiba quanto medem 10 ícones baixinhos do rock e metalAltura
Saiba quanto medem 10 ícones "baixinhos" do rock e metal

Os brutos também amam: inclusive o Tom ArayaOs brutos também amam
Inclusive o Tom Araya

Slayer: Jeff Hanneman virou comida de vermes, diz Kerry KingSlayer
"Jeff Hanneman virou comida de vermes", diz Kerry King


Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.