Matérias Mais Lidas

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Paul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta delePaul Stanley
Não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Metallica: Uma versão de Battery que todo headbanger sempre quis ouvirMetallica
Uma versão de "Battery" que todo headbanger sempre quis ouvir

Inesquecíveis: 50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de modaInesquecíveis
50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de moda

Metallica: TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully GuitarsMetallica
TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully Guitars

Metallica: gosto musical impediu que se tornassem um MaidenMetallica
Gosto musical impediu que se tornassem um Maiden

Guns N' Roses: guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezesGuns N' Roses
Guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezes

Snowy Shaw: ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no NightwishSnowy Shaw
Ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no Nightwish

Nirvana: Kurt Cobain era meio pau no c*, diz produtorNirvana
"Kurt Cobain era meio pau no c*", diz produtor

Mötley Crüe: Vince Neil e namorada são criticados por foto caçando animaisMötley Crüe
Vince Neil e namorada são criticados por foto caçando animais

Bruce Dickinson: O Iron Maiden é melhor que o MetallicaBruce Dickinson
"O Iron Maiden é melhor que o Metallica"

Megadeth: Ellefson diz que clássica Peace Sells foi escrita em poucas horasMegadeth
Ellefson diz que clássica "Peace Sells" foi escrita em poucas horas

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.


Matérias Recomendadas

Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Occult Rock: dez novas ótimas bandas para você conhecerOccult Rock
Dez novas ótimas bandas para você conhecer

Bruce Dickinson: ex-Metallica mostra foto rara do peludo vocalista na piscinaBruce Dickinson
Ex-Metallica mostra foto rara do peludo vocalista na piscina

Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

Iron Maiden: o equipamento de palco da World Slavery TourIron Maiden
O equipamento de palco da World Slavery Tour

Tunecore
Baladas de Sangue

Dimmu Borgir: "Good night, Rio! Thank you very much and Hail Satan!"

Resenha - Dimmu Borgir (Claro Hall, Rio de Janeiro, 24/04/2004)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  






Fotos: Anderson Guimarães.

"GOOD NIGHT RIO DE JANEEEEIIIRO, THANK YOU VERY MUCH AND HAIL SATAN!!!!!!!!!!!!!".

Com esta singela despedida, o vocalista Shagrath encerrava o massacre sonoro de 68 minutos executado pelos noruegueses do Dimmu Borgir. Foi realmente um show brutal, o primeiro show de uma banda de metal extremo numa casa como o CLARO HALL, com garantia de som de alto nível. Pena que o público foi bem abaixo do esperado. Apenas 1.500 pessoas compareceram para presenciar o massacre de Shagrath, Vortex (baixo), Silenoz e Galder (guitarras) e Mustis (teclado), num dos primeiros shows após a saída do baterista Nicholas Baker, substituído por um músico contratado. Tudo indicava que seria um dia massacrante, a começar pelo tempo, que se manteve fechado por boa parte do domingo, criando um bom clima.

Mas a noite não começou com Dimmu Borgir. As bandas cariocas Arkanum e Avec Tristesse ficaram encarregadas da abertura. Abertura que começou com um atraso significativo, com muitos fãs entrando enquanto o Arkanum ainda passava seu som. Perto das 23 horas o Arkanum começou seu "set", com "Unorthodox" (que aparece na coletânea da revista Valhalla), seguindo com "Psalme of Uncertainity" e "When the Empyreal Calls". A banda é bem competente, com destaque para o vocalista Nihil e o guitarrista Alan Domingues (com uma performance bem teatral). A banda ainda executou "The Silent Waters", "Iconoclast" e uma bela versão para "The Rise of Sodom and Gomorrah", do Therion, que contou com um quarteto de cordas. Uma banda que merece atenção. A banda possui duas demos e mostrou antes de tudo muita vontade. Boa surpresa para começar a noite.

Após um breve intervalo o Avec Tristesse sobe ao palco, com a intro "I am But One", de seu novo cd, lançado recentemente. A banda pautou seu "set" no disco novo, com músicas como "All Love is Gone", "Lost in Your Complexity", "She, The Lust" e "A View to the End", porém o show foi afetado por diversos problemas no som, que prejudicaram a performance da banda. Muitos reclamavam que o som estava bom em partes da casa, e em outras, péssimo. A banda ainda detonou dois "covers": "Roswell47" do Hypocrisy e "Unhallowed" do Dissection. Foi um bom show, mas os problemas técnicos atrapalharam, o que foi confirmado depois pela banda. Mas prestem atenção. Outra banda carioca muito competente.

Os nervos do público já estavam a flor da pele quando por volta da meia noite o pano de fundo com a imagem do cd "Death Cult Armagedon" foi mostrado e as luzes se apagaram. Uma "intro" operística e soturna, seguida da entrada da banda deixou a galera louca. O Dimmu já veio com tudo detonando um de seus maiores hits: "Spellbound", seguida de "In Death´s Embrace".

Sem pensar muito a banda emenda numa porrada só "Vredesbyrd", que deixa o público atônico com a brutalidade dos noruegueses. O som estava ótimo e o jogo de luzes alternando verde,azul e vermelho funcionou perfeitamente. O vocalista Shagrath aproveitou a deixa para saudar a galera, e anunciar "Cataclism Children", do novo cd, seguida pelo clássico "Kings of Carnival Creation". O público ficou dividido. Parte observava atônita a performance da banda enquanto parte cantava e pulava sem parar. Sem parar também vieram "Allegiance" e "Arcane Lifeforce Mysteria".

Shagrath se mostrou um excelente vocalista e antes de tudo um "frontman" até que simpático, debaixo de todo o "corpsepaint" e a indumentária de couro e metal que usa. As guitarras de Galder e Silenoz ditaram o ritmo com extrema habilidade na excelente "The Insight and the Catharsis", com o auxílio sempre eficaz de Vortex no baixo, e nos vocais limpos, que o mesmo executa com maestria. Tudo complementado pela parafernália de Mustis, que encobriu seus teclados com um grande pano negro. A bateria foi bem suprida, embora Nicholas faça falta, assumidamente.

"Blessings Upon the Throne of Tyranny" e "Mourning Palace" fecham o show. A banda se retira do palco, após a despedida já citada acima e muitos se perguntam se apenas 68 minutos de show justificaram os 50 reais do ingresso. Considerando a brutalidade dos rapazes, até que foi suficiente, mas mais alguns minutos não fariam falta. Agora... eu fico me perguntando.... este show teve um público muito reduzido, considerando a fama do Dimmu Borgir pelo Brasil e a quantidade de fãs de black metal pelo estado. Será que a galera amarelou? De qualquer modo, quem foi viu um grande evento, e tomara que venham mais deste porte.

Agradecimentos:
Claro Hall e CIE (Bianca Senna)
Top Link (Paulo Barón)
Nuclear Blast (Rogério e Gerard Werron)


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Taylander8: Dimmu Borgir e Cradle of Filth, bandas que traíram o Black Metal? (vídeo)

Metal Hammer: 10 álbuns essenciais do black metal sinfônicoMetal Hammer
10 álbuns essenciais do black metal sinfônico


Dimmu Borgir: não faz sentido usar jeans e camiseta brancaDimmu Borgir
Não faz sentido usar jeans e camiseta branca

Dimmu Borgir: Somos uma banda satânicaDimmu Borgir
"Somos uma banda satânica"


Nirvana: colunista da Folha pergunta se banda planeja shows no Brasil e viralizaNirvana
Colunista da Folha pergunta se banda planeja shows no Brasil e viraliza

Rockstars: Os 50 mais ricos do planetaRockstars
Os 50 mais ricos do planeta


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.