Matérias Mais Lidas

Titãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de TitanomaquiaTitãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de "Titanomaquia"

Como está hoje o casal que inspirou Eduardo e Mônica, da Legião UrbanaComo está hoje o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", da Legião Urbana

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME

Vocalista do King's X relembra sofrimento; implorava a Deus para não ser mais gayVocalista do King's X relembra sofrimento; "implorava a Deus para não ser mais gay"

Slash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DCSlash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DC

Fã coloca Bruce Dickinson em saia justa; já pegou groupie e achou um membro extra?Fã coloca Bruce Dickinson em saia justa; "já pegou groupie e achou um membro extra?"

Foo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a bandaFoo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a banda

Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)

Black Sabbath: 10 músicas menos conhecidas da formação clássica que todos deveriam ouvirBlack Sabbath: 10 músicas menos conhecidas da formação clássica que todos deveriam ouvir

U2: Edge escolhe a melhor música gravada por outro artista (e você certamente a ouviu)U2: Edge escolhe a melhor música gravada por outro artista (e você certamente a ouviu)

João Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redesJoão Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redes

Ex-Iced Earth Matt Barlow continua em contato com Jon Schaffer apesar de toda polêmicaEx-Iced Earth Matt Barlow continua em contato com Jon Schaffer apesar de toda polêmica

Guns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e seu balde de frango na cabeçaGuns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e "seu balde de frango na cabeça"

Geoff Tate diz que Queensryche recusou quantias obscenas de dinheiro por reuniãoGeoff Tate diz que Queensryche recusou quantias "obscenas" de dinheiro por reunião

Nightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da bandaNightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da banda


Stamp

Dimmu Borgir: "Good night, Rio! Thank you very much and Hail Satan!"

Resenha - Dimmu Borgir (Claro Hall, Rio de Janeiro, 24/04/2004)

Por Rafael Carnovale
Em 24/04/04

Fotos: Anderson Guimarães.

"GOOD NIGHT RIO DE JANEEEEIIIRO, THANK YOU VERY MUCH AND HAIL SATAN!!!!!!!!!!!!!".

Com esta singela despedida, o vocalista Shagrath encerrava o massacre sonoro de 68 minutos executado pelos noruegueses do Dimmu Borgir. Foi realmente um show brutal, o primeiro show de uma banda de metal extremo numa casa como o CLARO HALL, com garantia de som de alto nível. Pena que o público foi bem abaixo do esperado. Apenas 1.500 pessoas compareceram para presenciar o massacre de Shagrath, Vortex (baixo), Silenoz e Galder (guitarras) e Mustis (teclado), num dos primeiros shows após a saída do baterista Nicholas Baker, substituído por um músico contratado. Tudo indicava que seria um dia massacrante, a começar pelo tempo, que se manteve fechado por boa parte do domingo, criando um bom clima.

Mas a noite não começou com Dimmu Borgir. As bandas cariocas Arkanum e Avec Tristesse ficaram encarregadas da abertura. Abertura que começou com um atraso significativo, com muitos fãs entrando enquanto o Arkanum ainda passava seu som. Perto das 23 horas o Arkanum começou seu "set", com "Unorthodox" (que aparece na coletânea da revista Valhalla), seguindo com "Psalme of Uncertainity" e "When the Empyreal Calls". A banda é bem competente, com destaque para o vocalista Nihil e o guitarrista Alan Domingues (com uma performance bem teatral). A banda ainda executou "The Silent Waters", "Iconoclast" e uma bela versão para "The Rise of Sodom and Gomorrah", do Therion, que contou com um quarteto de cordas. Uma banda que merece atenção. A banda possui duas demos e mostrou antes de tudo muita vontade. Boa surpresa para começar a noite.

Após um breve intervalo o Avec Tristesse sobe ao palco, com a intro "I am But One", de seu novo cd, lançado recentemente. A banda pautou seu "set" no disco novo, com músicas como "All Love is Gone", "Lost in Your Complexity", "She, The Lust" e "A View to the End", porém o show foi afetado por diversos problemas no som, que prejudicaram a performance da banda. Muitos reclamavam que o som estava bom em partes da casa, e em outras, péssimo. A banda ainda detonou dois "covers": "Roswell47" do Hypocrisy e "Unhallowed" do Dissection. Foi um bom show, mas os problemas técnicos atrapalharam, o que foi confirmado depois pela banda. Mas prestem atenção. Outra banda carioca muito competente.

Os nervos do público já estavam a flor da pele quando por volta da meia noite o pano de fundo com a imagem do cd "Death Cult Armagedon" foi mostrado e as luzes se apagaram. Uma "intro" operística e soturna, seguida da entrada da banda deixou a galera louca. O Dimmu já veio com tudo detonando um de seus maiores hits: "Spellbound", seguida de "In Death´s Embrace".

Sem pensar muito a banda emenda numa porrada só "Vredesbyrd", que deixa o público atônico com a brutalidade dos noruegueses. O som estava ótimo e o jogo de luzes alternando verde,azul e vermelho funcionou perfeitamente. O vocalista Shagrath aproveitou a deixa para saudar a galera, e anunciar "Cataclism Children", do novo cd, seguida pelo clássico "Kings of Carnival Creation". O público ficou dividido. Parte observava atônita a performance da banda enquanto parte cantava e pulava sem parar. Sem parar também vieram "Allegiance" e "Arcane Lifeforce Mysteria".

Shagrath se mostrou um excelente vocalista e antes de tudo um "frontman" até que simpático, debaixo de todo o "corpsepaint" e a indumentária de couro e metal que usa. As guitarras de Galder e Silenoz ditaram o ritmo com extrema habilidade na excelente "The Insight and the Catharsis", com o auxílio sempre eficaz de Vortex no baixo, e nos vocais limpos, que o mesmo executa com maestria. Tudo complementado pela parafernália de Mustis, que encobriu seus teclados com um grande pano negro. A bateria foi bem suprida, embora Nicholas faça falta, assumidamente.

"Blessings Upon the Throne of Tyranny" e "Mourning Palace" fecham o show. A banda se retira do palco, após a despedida já citada acima e muitos se perguntam se apenas 68 minutos de show justificaram os 50 reais do ingresso. Considerando a brutalidade dos rapazes, até que foi suficiente, mas mais alguns minutos não fariam falta. Agora... eu fico me perguntando.... este show teve um público muito reduzido, considerando a fama do Dimmu Borgir pelo Brasil e a quantidade de fãs de black metal pelo estado. Será que a galera amarelou? De qualquer modo, quem foi viu um grande evento, e tomara que venham mais deste porte.

Agradecimentos:
Claro Hall e CIE (Bianca Senna)
Top Link (Paulo Barón)
Nuclear Blast (Rogério e Gerard Werron)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Membros do Dimmu Borgir e Behemoth vão do rock ao punk em single do Black River

Metal sinfônico: os 25 melhores álbuns do estilo, em lista da Metal HammerMetal sinfônico: os 25 melhores álbuns do estilo, em lista da Metal Hammer

Rammstein: e se Du Hast fosse tocada por Slipknot, Immortal, Ghost, AC/DC e outros?Rammstein: e se "Du Hast" fosse tocada por Slipknot, Immortal, Ghost, AC/DC e outros?


Dimmu Borgir: Silenoz fala sobre religião e individualidadeDimmu Borgir: Silenoz fala sobre religião e individualidade

Metal Hammer: 10 álbuns essenciais do black metal sinfônicoMetal Hammer: 10 álbuns essenciais do black metal sinfônico

Dimmu Borgir: não faz sentido usar jeans e camiseta brancaDimmu Borgir: não faz sentido usar jeans e camiseta branca


Iron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo HorizonteIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Dead Fish: A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo FacebookDead Fish
A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo Facebook


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.