Resenha - Rota do Rock (Dynamo, São Paulo, 14/05/2005)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Myrian Vieira
Enviar Correções  






A Rota do Rock no Dynamo, inovando mais uma vez, abre portas para novas bandas em início de carreira, poderem fazer o lançamento com um público seleto de jornalistas, fotógrafos, produtores, enfim a imprensa especializada. Um evento, beneficente que ajuda a manter vivo o espírito do Heavy Metal no Brasil e graças, ao empenho de Vânia Cavalera idealizadora do projeto e do carismático Eric de Haas.

Numa perfeita mistura entre diversão e entrosamento a noite do dia 14/5, o Dynamo bar foi novamente palco de encontro de bons amigos.

A banda [C.O.A] lançou o seu EP (First Fucking EP), com três faixas e um vídeoclipe que estão disponíveis no site oficial (www.coaband.com).

Na formação, Élcio Cruz [vocais] e André Pars [guitarra] ambos herança da banda Panzer. Marco Guerra [baixo], ex-Darkland, e Júnior Dechetti [bateria].

O [C.O.A] recentemente participou do projeto "INDIANS... NOT! Tributo brasileiro ao Anthrax", com a faixa "Caught in a Mosh".

O grupo criado em 2001, se utilizou da dureza de guitarras distorcidas à eloqüência da bateria de forma muito harmoniosa, mesclando um som rápido, pesado com tendências de Heavy Metal tradicional, Death e Hard Core.

Munidos desses ingredientes André pars e Élcio Cruz deram a luz à sua própria linguagem musical com estilo.

Pode-se dizer que o [C.O.A] possui um Thrash Metal atual. Com muito peso, agressividade e atitude a banda se empenhou em fazer seu trabalhado de forma eficiente. As letras são na maioria das vezes motivos ideológicos, mas, sobretudo trazem um bom conteúdo político-social.

O resultado é um tipo de som que capta exatamente a essência do rock pesado e agressivo revelando uma veia de metal moderno com uma identidade própria e marcante.

Mesmo com um público pequeno a banda não encontrou obstáculos em fazer uma apresentação primorosa esbanjando vitalidade. Mostraram uma performance extremamente original tocando com disposição e muito energia.

Abriram com duas pauladas "Do it!" e "Lost". Após o estouro, pra ilustrar o profissionalismo vieram um cover do Slayer "Bloodline" seguida de "Damned", que elevou a temperatura da galera. Depois foi a vez de matar a saudade do Panzer com "Affliction", onde a banda conseguiu manter o público envolvido numa atmosfera positiva com solos agudos e virtuosos de André Pars.. Alternando o repertório da banda veio mais um cover fenomenal de Ozzy "Gets me throught" e finalizando com "Chained".

A festa foi um marco na carreira do [C.O.A], pois, nessa noite, a empresária Vânia comemorava seu aniversário ao lado de seu filho ilustre Igor Cavalera (Sepultura), que foi o DJ especialmente convidado para comandar o som.

Vânia e suas assessoras Carlota, Tuka e Ângela fizeram uma recepção calorosa, esbanjando muita simpatia elas propiciaram um ambiente alegre e escontraído.

Muitos amigos compareceram pra prestigiar a banda. Entre os profissionais da imprensa se via o fotógrafo Pepe Brandão, Cíntia e Vinicius do programa Stay Heavy, Almicar e Vitor (Torture Squad), Mario Sanefuji e André Rod (Atomica), Agnes (Nuclear Blast), o DJ Magoo (Brasil 2000), integrantes da banda Kings of Steel e muitos outros.

Com certeza o [C.O.A] será um dos destaques das boas revelações musicais deste ano, tendo uma boa perspectiva de projeção no cenário do Metal Nacional.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Manowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?Manowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?

Metallica: Ulrich comenta sobre seu maior erroMetallica
Ulrich comenta sobre seu maior erro


Sobre Myrian Vieira

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.