Deep Purple: Uma das bandas mais clássicas tocando no Rio

Resenha - Deep Purple (ATL Hall, Rio de Janeiro, 16/09/2003)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Anderson Guimarães de Carvalho
Enviar correções  |  Ver Acessos





Fotos: Anderson Guimarães e Luiz Henrique Mendes

Numa noite fria e chuvosa no Rio de Janeiro, duas grandes bandas tocando em pontos diferentes da cidade. No Canecão os alemães do Helloween e no ATL Hall os veteranos do Deep Purple. Nossa equipe se dividiu e a mim foi incumbida a (grata) missão de conferir uma das bandas mais clássicas do rock ainda em atividade.

Um fato curioso: o ATL simplesmente colocou cadeiras na pista e retirou o espaço destinado aos fotógrafos. Até aí tudo bem. Mas quando o baixista Roger Glover colocou os pés no palco todos os fãs levantaram-se e foram para a grande, prensando assim nossa equipe. Com um em cada lado do palco pudemos fazer um bom trabalho,embora meio apertados...

O show do Deep Purple não é nenhuma surpresa. Os caras entraram enlouquecendo o público com Highway Star e Woman From Tokyo. O velho Ian Gillan está mais contido nas notas mais altas e desafinou,como sempre. Mas o cara é o carisma em pessoa e certamente isso passou desapercebido.

Steve Morse mostra porque foi a escolha perfeita para o lugar de Ritchie Blackmore. O cara é muito técnico, preciso e acima de tudo, talentoso. Morse é sem seguramente um dos maiores guitarristas de todos os tempos e fez um show á parte, tocando de brincadeira Sweet Child o'Mine, do Guns N' Roses.

O show foi curto, cerca de 90 minutos, mas recheado de clássicos. Sometimes I Feel Like Screaming fez muita falta, mas em compensação tivemos Haunted Bananas (do último e fraco álbum), Silver Tongue, House of Pain, Perfect Strangers, Hush (do início da carreira) e o maior hino do grupo: Smoke on the Water.

Steve Morse fez um ótimo solo,assim como o estreante Don Airey nos teclados. Por falar na performance dos músicos, vale destacar a de Ian Paice. Ele continua com seu estilo inconfundível na batera e com sua precisão de sempre,formando com Glover uma das melhores cozinhas do rock.

Encerraram o show com I Got Your Number e Black Night. O público saiu bem satisfeito, apesar da pouca duração do espetáculo. Cerca de 7mil pessoas deixaram o ATL satisfeitas,apesar da pouca duração do show. Agora basta torcer para ver uma próxima turnê do grupo, pois se levarmos em consideração que a banda já tem mais de 30 anos, o fim está cada vez mais próximo. Vamos torcer pelo contrário!



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Deep Purple"


Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairDeep Purple
Queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sair

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Glenn Hughes: produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show cancelado

Glenn Hughes: produtora do show no Rio se manifesta sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora do show no Rio se manifesta sobre show cancelado

Glenn Hughes: turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é canceladaGlenn Hughes
Turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é cancelada

Em 19/08/1945: nascia a lenda Ian Gillan, do Deep PurpleEm 19/08/1945
Nascia a lenda Ian Gillan, do Deep Purple

Deep Purple: vídeo oficial de "Smoke on the Water" ao vivo em 1988Em 01/08/1951: nasce o talentoso Tommy Bolin

Deep Purple: em trilha sonora de filme do TarantinoDeep Purple
Em trilha sonora de filme do Tarantino

Deep Purple: As mais de cem bandas dos integrantesDeep Purple
As mais de cem bandas dos integrantes

Iron Maiden: assista jam histórica com o Deep Purple em 2002Iron Maiden
Assista jam histórica com o Deep Purple em 2002

Heavy Metal: 11 músicas pesadas lançadas antes de surgir o gêneroHeavy Metal
11 músicas pesadas lançadas antes de surgir o gênero


Megadeth: Magia negra arruinou minha vida, diz MustaineMegadeth
"Magia negra arruinou minha vida", diz Mustaine

Psicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia EllerPsicografia
Uma suposta carta do espírito de Cássia Eller

Mike Portnoy: a reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream TheaterMike Portnoy
A reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream Theater

MTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da históriaMTV Unplugged
As 25 melhores apresentações da história

Roadrunner: os álbuns mais desprezados de todos os temposRoadrunner
Os álbuns mais desprezados de todos os tempos

Lemmy Kilmister: Veja algumas das homenagens nas redes sociaisLemmy Kilmister
Veja algumas das homenagens nas redes sociais

Rammstein: Uma vez por semana, nós vamos a um psiquiatraRammstein
"Uma vez por semana, nós vamos a um psiquiatra"


Sobre Anderson Guimarães de Carvalho

Fotógrafo do site, também finaliza o bacharelado e licenciatura em História na PUC-Rio. É uma figura conhecida na cena carioca, mais odiado do que amado. Gosta de incomodar, assim como também gosta de HammerFall, Rammstein, Ivory Tower, Accept, Soilwork,Scorpions e Grave Digger.

Mais matérias de Anderson Guimarães de Carvalho no Whiplash.Net.