RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemSlash acha que os rockstars dos 60s e 70s eram mais inteligentes e educados que os dos 80s

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM


Stamp

Dr Sin: Review do show no Catraca Bar, em Sorocaba

Resenha - Dr Sin (Catraca Bar, Sorocaba, 23/12/2001)

Por Michel Camporeze Téer
Postado em 23 de dezembro de 2001

A cidade de Sorocaba, distante uns 100 km da capital de São Paulo e com o número de habitantes passando um pouco mais da casa dos 500 mil teve o privilegio de receber a visita da banda Dr.Sin em uma apresentação realizada no dia 23/12/01.

O evento ocorreu no "Catraca Bar" de propriedade do empresário Adriano, que para abertura do show convidou a banda Kzone que por volta das 10:00 da noite tocou músicas de bandas consagradas como: Deep Purple, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, entre outras.

Às 23:40 as luzes se apagaram e quem se encontrava em suas mesas, acompanhados de copos e aperitivos, encaminharam-se frente ao palco para presenciarem a banda pecadora. Com a aparição dos músicos no palco todos os presentes puderam admirar o momento que Joey (o senhor das teclas pecadoras) com uma linda harmonia possibilitando a Eduardo Ardanuy desfilar seus improvisos guitarrísticos que se finalizou no momento em que Ivan Busic iniciou a contagem que daria introdução a primeira música da noite, o clássico "Karma".

O equipamento e a regulagem dos aparelhos estavam bem equalizados ao ambiente, o que permitiu a todos conferir não apenas a excelente performance da banda em geral, mas também na música do mais recente trabalho da banda "Time after Time" e o baixista Andria Busic que, além de exibir seu novo visual cantou músicas de forma extraordinária.As mesmas composições que no CD emprestam os vocais de Michael Vescera.

Com um breve cumprimento por parte dos integrantes, o show prosseguiu com outros clássicos de autoria da banda: "No Rules" e "Isolated" que segundo o baterista Ivan são músicas de "desagrado" dos guitarristas.

Na seqüência em um breve comentário Andria lamenta ao público por Sorocaba ter somente agora aberto suas portas para tais eventos. O show em seguida atinge seu ápice com a nova balada, a música "Eternity", que curiosamente ainda não havia sido tocada em palcos paulistanos.

Não perdendo o calor do espetáculo, "Down in the Trenches" veio a seguir, com direito a improvisos. Aproveitando a deixa, apresentaram também uma versão pra lá de roqueira da música "You Shook me all Night Long" da banda AC DC, arrancando muitos aplausos da platéia afoita. Assim foi também com "Sometimes" e "Revolution", ambas do cd "Insinity" e, para concluir o espetáculo, tocaram as músicas "Emotional Catastrophe" e "Have you Ever Seen the Rain" que, por volta das 2:30 da manhã, foram muito aclamadas em seus coros também.

Os presentes, a essa altura, empolgados,em coro sincrônico gritavam: "Dr.Sin, Dr.Sin, Dr.Sin" .A banda que nem bem havia se retirado do palco, retornou, finalizando o show com a preferência nacional e com direito a muita "eta, eta, eta" tocando a música "Futebol, Mulher e Rock n’ Roll" que foi entoada entre muitos aplausos e a satisfação de poder assistir ao vivo uma das únicas bandas remanescentes do nosso hard-rock. E finalizando a missão pecadora em Sorocaba ,o público ainda pode presenciar a simplicidade dos músicos participando de uma seção de autógrafos e fotos com a banda, o que é muito difícil de se presenciar nas atuais bandas do gênero.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Edu Ardanuy: Guitarrista revela os bastidores da reunião do Tritone

Rock: seis bandas que se inspiraram na cultura Pop

Fafá de Belém: "meu espírito é heavy metal", diz a cantora

Ivan Busic: comercial antigo de tênis com Gisele Bundchen


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Michel Camporeze Téer

Publicitário de formação e atuação. Gosta de artes em geral, mais especificamente: leitura, fotografia e bastante Rock 'n' Roll.
Mais matérias de Michel Camporeze Téer.