Matérias Mais Lidas

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Timo Tolkki: Ex-Stratovarius abraça teorias conspiratórias negacionistas sobre Covid19Timo Tolkki
Ex-Stratovarius abraça teorias conspiratórias negacionistas sobre Covid19

Snowy Shaw: ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no NightwishSnowy Shaw
Ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no Nightwish

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Metallica: TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully GuitarsMetallica
TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully Guitars

AC/DC: Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)AC/DC
Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)

Soul Station: projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança músicaSoul Station
Projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança música

Guns N' Roses: Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivoGuns N' Roses
Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivo

Mercyful Fate: A decepção da banda com a arte original de MelissaMercyful Fate
A decepção da banda com a arte original de Melissa

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Kurt Cobain: ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistasKurt Cobain
Ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistas

Nirvana: por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da bandaNirvana
Por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da banda

Sebastian Bach: ele volta a criticar Chris Jericho e diz que wrestling é uma m*rdaSebastian Bach
Ele volta a criticar Chris Jericho e diz que wrestling é uma m*rda


Matérias Recomendadas

Morte: confira 15 das melhores músicas sobre o temaMorte
Confira 15 das melhores músicas sobre o tema

Megadeth: as pérolas mais polêmicas ditas por MustaineMegadeth
As pérolas mais polêmicas ditas por Mustaine

Megadeth: Dave explica por que não tocar The ConjuringMegadeth
Dave explica por que não tocar "The Conjuring"

Freddie Mercury: a descoberta do vírus em 1987Freddie Mercury
A descoberta do vírus em 1987

VH1: os 100 melhores álbuns de rock segundo a emissoraVH1
Os 100 melhores álbuns de rock segundo a emissora

Stamp
Tunecore

Resenha - Cannibal Corpse (Hangar 110, São Paulo, 13/05/2000)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernanda Zorzetto
Enviar Correções  


Depois do show de sexta (dia 12 de maio), tendo como bandas de abertura Sacrifice e Abominattion, o Cannibal Corpse faz sua segunda apresentação no sábado (dia 13). A banda veio ao Brasil, depois de finalizar sua tour européia de divulgação do álbum "Bloodthirst" e depois voltou à Europa para participar de vários festivais que acontecerão nos próximos meses.

Logo às 8 horas da noite os fãs já chegavam à porta do Hangar 110, no Bom Retiro. Sem demora, a casa abre às 8:30 e a pequena fila rapidamente começa a andar. Vários fãs de outros estados e cidades compareceram, inclusive o pessoal do sul estava lá em peso.

Pouco tempo depois, lá pelas 9 horas, a casa, que tem capacidade aproximada de umas 400 pessoas (somente em pé) já está lotada. O som do lugar estava bem definido, muito melhor que grandes casas de shows que vimos ultimamente. Apesar da ventilação zero, é um espaço que tem se revelado bem adequado para shows de público um pouco menor, como o do Cannibal.

As bandas de abertura foram diferentes das de sexta. A primeira dessa noite sobe ao palco para tocar pouco mais de meia hora, mas nem por isso deixou a desejar. Conseguiu agitar a galera o tempo todo, já preparando o clima. Rolou até um cover do canadense Exciter, e não é preciso nem dizer que foi muito bem-vindo.

A segunda e última banda de abertura, o Subtera, tocou cerca de 45 minutos e agitou um pouco menos o público, que já pedia insistentemente com um coro pelo Cannibal. As bandas de abertura, com certeza, estão de parabéns por segurar a barra de abrir pra umas das bandas de death mais respeitadas e uma das poucas "das antigas" que ainda vivem. Não é tarefa fácil!
O Cannibal Corpse sobe ao palco perto das 10:45 e toca até 12:50, agitando a galera sem parar e mostrando também um carisma enorme antes, durante e depois do show.

O destaque da noite fica justamente com o carisma da banda, principalmente do vocal George Fisher, que depois do show ainda saiu do Hangar para dar autógrafos e agradecer aos fãs que estavam ali.

Agora é esperar as novidades da banda, que está produzindo um álbum ao vivo e que será lançado junto com um vídeo, em setembro. O título será "Live Cannibalism".
Se você quiser saber mais sobre esse álbum, a tour ou a própria banda, acesse o site oficial http:/www.cannibalcorpse.net/.