Angra: A arte de criar "Talentos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Agmar Raimundo, Fonte: O Esboço do Calabouço
Enviar correções  |  Ver Acessos

O interessante da tecnologia de ouvir músicas em aplicativos de streaming é que podemos ponderar como está o progresso dos lançamentos dos álbuns dos artistas. Por exemplo, se tomarmos como padrão o último álbum da banda brasileira Angra - "Omni" - que foi lançado em fevereiro deste ano em comparação ao seu último - "Secret Garden" - de 2014, através dos números de um desses aplicativos mais utilizados, esse último teria sido ouvido por volta de 7 milhões de vezes, enquanto que aquele estaria na faixa de 3 milhões e 300 mil. Sendo assim, se a conta fosse essa, mesmo não calculando o restante de meses que ainda faltam para terminar o ano a superioridade do novo álbum seria gigantesca - mais que o dobro nesse mesmo tempo.

Angra: integrantes relembram Angels Cry e celebram 26° aniversárioDiscórdia: alguns dos maiores insultos entre artistas

Claro, a música não é medida dessa maneira, pelo menos não o Metal. O caso é que o Angra conseguiu conceber, gerar, germinar uma espécie de experiência científica em termos de concepção musical juntando eixos adversos e heterogêneos impensáveis naquilo que o headbanger mais tradicional está acostumado em seu habitat, à sua zona de conforto. Não é novidade para nós brasileiros a mistura de ritmos das bandas brasileiras de Metal com os vários estilos distribuídos pelas regiões do país. Naquilo que concerne a uma cultura de raiz, nativa, de origem e de tradicionalidade geralmente é sempre bem-vindo, mas quando a coisa é feita sem esmero e/ou visando o oportunismo e a moda do momento, aí os fãs normalmente torcem o nariz.

Por que falar desse último disco do Angra? Vejam bem, não me aterei a comentar especificamente as faixas como é feito usualmente, sou leitor do site e já li diversas resenhas sobre o trabalho, portanto comentar o "mais do mesmo" seria uma perda de tempo e um verdadeiro desserviço. O disco, na minha opinião, é o melhor nesses últimos 15 anos. Atentar-me-ei ao status quo adquirido pela banda tupiniquim nesse tempo; à sua capacidade de projetar ótimos músicos - apesar de isso não ser uma coisa tão boa, uma vez que a maioria dos bons acabarem deixando a banda, por uma causa justa, é evidente. Podemos relacionar André Matos, Edu Falaschi, Kiko Loureiro, Aquiles Priester. Obviamente que a essas saídas sempre se juntam outros músicos tão ou mais competentes que os outros, prova disso está estampada na figura do grande vocalista italiano, Fabio Lione, outrora tido como incógnita por muitos, mas que prova nesse novo registro ter deixado sua própria marca, uma identidade única, sem amarras com vocalistas passados e vinculações aos seus trabalhos em outras bandas. Não deixo de mencionar que o restante do grupo são músicos de infinito destaque em suas áreas, provando ser uma potência mundial no Power/Progressive Metal.

Essa lapidação de bons músicos e ótimos álbuns contribuiu para as importantes participações que se deram nos dois últimos projetos. Em "Secret Garden" houve a participação de Simone Simons do Epica e a Rainha do Metal - Doro Pesch - grandes participações valem ressaltar. Mas são as participações desse novo trabalho que me chamaram mais atenção; o híbrido desses encontros fora no mínimo "descarados" para muitos. Imaginar um italiano cantando em inglês, uma canadense com vocal gutural e uma ex-cantora de sertanejo mirim cantando Heavy Metal também em inglês, quem nesse mundo processaria tal realização? Sandy e Alissa White-Gluz, Arch Enemy, fazendo o estilo "Beauty and the Beast", apesar de ambas serem belas, foi um casamento bem interessante.

Também há que se registrar a participação de Kiko Loureiro [do Megadeth] como isso soa estranho, mas é o que é, ele faz parte de uma das maiores bandas de todos os tempos. Talvez o fato d'ele estar numa banda de Thrash Metal possa ter ampliado o horizonte musical da banda; quem sabe o próprio não tenha cogitado tal arranjo? Pura especulação, não há o porquê considerar esta última permissiva. Bem, agregar a participação de um ex-integrante de tamanha importância é de fato uma grande vitória, e o Angra é uma banda vitoriosa, pois fazer Metal no país do carnaval não é fácil; ser headbanger no país do samba é muito complicado.

Enquanto os shows dos artistas populares se escorrem diariamente aos milhões a preço de banana, nós, ávidos consumidores fanáticos, esperamos raríssimas oportunidades das bandas gringas virem para cá em grandes festivais para conseguir assisti-las por preços mais razoáveis, pois, quando veem em turnês temos que escolher em quais shows iremos, uma vez que os ingressos ultrapassam as cifras dos três dígitos, por vezes até dos quatro dígitos.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção OpiniõesTodas as matérias sobre "Angra"


Angra: integrantes relembram Angels Cry e celebram 26° aniversárioAngra
Integrantes relembram Angels Cry e celebram 26° aniversário

Edu Falaschi: vocalista fará turnê acústica com clássicos do Angra e maisEm 03/11/1993: Angra lançava o álbum Angels Cry

Megadeth: Kiko Loureiro comenta a pressão de fazer um novo álbumMegadeth
Kiko Loureiro comenta a pressão de fazer um novo álbum

Led Zeppelin: ouça Nirvana e mais artistas que registraram suas canções

Músicas imortais: Carry On, uma das maiores músicas do metal nacionalMúsicas imortais
"Carry On", uma das maiores músicas do metal nacional

Biologia: brasileira presta homenagem a Angra, Maiden, Scorpions e Def LeppardBiologia
Brasileira presta homenagem a Angra, Maiden, Scorpions e Def Leppard

Kiko Loureiro: Painkiller do Judas com Supla cantando Jesus Cristo do Roberto CarlosKiko Loureiro
"Painkiller" do Judas com Supla cantando "Jesus Cristo" do Roberto Carlos

Regis Tadeu: por dentro do Angra, com Paulo BaronRegis Tadeu
Por dentro do Angra, com Paulo Baron

Angra: Felipe Andreoli empresta baixo para Júnior Bass Groovador usar em eventosAngra
Felipe Andreoli empresta baixo para Júnior Bass Groovador usar em eventos

Sepultura: no Rock in Rio, música nova e homenagem a Andre Matos; vídeosSepultura
No Rock in Rio, música nova e homenagem a Andre Matos; vídeos

Luis Mariutti: jantar com Rafael Bittencourt (até o Júnior Groovador entrou na conversa)Luis Mariutti
Jantar com Rafael Bittencourt (até o Júnior Groovador entrou na conversa)

Kiko Loureiro: mostrando um dos riffs mais pedidos pelos fãs

Desencontro com Kiko Loureiro: as frustrações de um Guitar Hero (vídeo)Desencontro com Kiko Loureiro
As frustrações de um Guitar Hero (vídeo)

Angra: vocal cover de "Make Believe" feito por Pedro Campos

Scream Blog Gore: Copa do Brasil - E se os times fossem bandas?Scream Blog Gore
Copa do Brasil - E se os times fossem bandas?

Angra: show no Rock In Rio 2011 é Triste de lembrarAngra
Show no Rock In Rio 2011 é "Triste de lembrar"

Angra: Rafael Bittencourt comenta como nasceu a música LisbonAngra
Rafael Bittencourt comenta como nasceu a música "Lisbon"


Discórdia: alguns dos maiores insultos entre artistasDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

Bandas: Audiófilos elegem as maiores da história do rockBandas
Audiófilos elegem as maiores da história do rock

Megadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?Megadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?

Zodíaco True: Os perfis de cada signo em versão HeadbangerZodíaco True
Os perfis de cada signo em versão Headbanger

Garagens: adolescentes frustrados, guitarras baratas e energiaGaragens
Adolescentes frustrados, guitarras baratas e energia

Scott Ian: guitarrista explica o fim do SODScott Ian
Guitarrista explica o fim do SOD

Ian Gillan: Dio era o homem mais gentil que já conhecemosIan Gillan
"Dio era o homem mais gentil que já conhecemos"


Sobre Agmar Raimundo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336