James LaBrie: "nem um pouco triste" pela saída de Portnoy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 06/10/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista James LaBrie, dos gigantes do metal progressivo DREAM THEATER, foi entrevistado na edição de 28 de setembro de 2010 do programa “Used Bin Radio”. Durante a conversa, LaBrie falou sobre seu álbum solo, “Static Impulse”, bem como sobre a recente saída do baterista do DREAM THEATER, Mike Portnoy. Alguns trechos da conversa seguem abaixo (como transcritos pelo BLABBERMOUTH.NET).

5000 acessosÁlbuns: os vinte piores discos de todos os tempos5000 acessosSepultura: Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

O DREAM THEATER está à procura de quê no novo baterista – um cara tecnicamente hábil?

LaBrie: “Oh, com certeza. Quer dizer, isso é o mais importante. Eu posso lhe assegurar que todos esses caras (que estão sendo audicionados para o posto de baterista) são monstros – eles são absolutamente fenomenais. Eles são mais do que capazes de tocar tudo que o DREAM THEATER já fez – do início até o que estamos fazendo agora. Então eles são mais do que capazes, tecnicamente falando. São de assustar. Então o que estamos procurando? Estamos buscando algumas coisas. Queremos ter certeza de que essa pessoa pode absorver e representar completamente tudo o que o DREAMT THEATER é no que diz respeito à bateria e à atitude, personalidade e química; esses pontos têm de estar lá. Esses caras (que estão sendo audicionados) são mais do que capazes de tocar as músicas e nos deixar embasbacados com suas habilidades técnicas, mas estamos procurando pelo cara que tem a química e a personalidade certas – até mesmo tipo certo de comportamento na bateria. E ele tem que ter a visão correta e nós temos que nos sentir confortáveis com ele. E esses são na verdade os ingredientes que esses caras têm que ter”.

Você está triste, James? Quer dizer, essa é uma mudança gigantesca no mundo do DREAM THEATER e do rock progressivo. É um imenso terremoto.

LaBrie: “Quer saber?! Não estou nem um pouco triste. Vou ser sincero com você. Acho que todo mundo deve saber que têm quatro caras na banda que estão... Nós estamos animados, estamos realmente ansiosos pelo próximo capítulo. E acho que uma das coisas que todo mundo tem que lembrar de verdade é que há quatro caras mais do que capazes aqui. Estamos todos extremamente... Eu sei que está todo mundo por aí dizendo ‘Puta merda, esse cara está se achando ou o quê? Mas eu quero dizer as coisas como são. Há quatro pessoas muito capazes na banda, e todos nós temos talento e sabemos o que estamos fazendo, e somos capazes de fazer tudo, manter o DREAM THEATER exatamente como tem sido, levá-lo a um outro nível, navegar em águas desconhecidas... Então não, não estamos desanimados. Eu garanto a vocês que nenhum de nós está desanimado. Na verdade, estamos muito animados e com pensamentos positivos”.

O contato com os fãs do DREAM THEATER tem sido feito principalmente por Mike. Então como isso está sendo feito agora? Foi dividido ou um cara tipo de toma conta de tudo?

LaBrie: “Com certeza, está dividido. Foi dividido e todos nós sabemos que agora temos que ser parte disso. E vai ser assim. Seremos todos nós em contato com nossos fãs. Seremos todos nós nos certificando de que aquela interação corpo-a-corpo continue constantemente e consistentemente; Estamos prontos pra isso. Até já começamos – estamos presentes em vários websites, estou no Twitter e estou conversando muito com as pessoas dizendo como as coisas estão indo e o que está acontecendo com meu material solo, o que está acontecendo no que diz respeito do DREAM THEATER”.

Então isso significa que no futuro do DREAM THEATER veremos muitas entrevistas com John Myung (baixo)?

LaBrie: “Quer saber, acho que sim.”

Eu nem sabia que ele sabia conversar... Sinceramente....

LaBrie: “Nem nós. Mas ultimamente ele tem se envolvido muito e tem sido como um farol para nós, porque ele está lá dizendo ‘Estive pensando sobre tal coisa,’ e isso é revigorante.”

Você pode ouvir o programa “Used Bin Radio” na íntegra com a entrevista de LaBrie clicando no player de áudio abaixo:

Portnoy, que está atualmente em turnê como baterista do AVENGED SEVENFOLD, disse sobre sua decisão de sair do DREAM THEATER: “Por favor, acreditem em mim. Esta não foi uma decisão precipitada... É algo com a qual eu tenho lidado durante mais de um ano... Após ter tido tantas experiências incríveis tocando com o HAIL!, TRANSATLANTIC e AVENGED SEVENFOLD no ano passado e durante este ano, eu tristemente cheguei à conclusão de que recentemente me diverti mais e tive melhores relações pessoais com esses outros projetos do que eu venho tendo com o DREAM THEATER”.

Portnoy acrescentou: “Eu amo os caras do DREAM THEATER de coração e tenho uma longa história, uma amizade e uma ligação incrivelmente profunda com eles – só acho que temos uma séria necessidade de um tempo”.

O baterista disse que “o ritmo de composição/gravação/turnê de quase 20 anos do DREAM THEATER” foi a principal razão de sua decisão. Ele disse que queria um “tempo”, não uma “separação”, mas que a banda decidiu seguir em frente sem ele.

Portnoy acrescentou em um post separado no Facebook que sua atual turnê com o AVENGED SEVENFOLD não tem nada a ver com sua saída do DREAM THEATER, escrevendo: “Eles estão tão chocados quanto vocês”.

O AVENGED SEVENFOLD recrutou Portnoy para tocar em seu novo álbum, “Nightmare”, após a morte do baterista da banda, James “The Rev” Sullivan, em dezembro do ano passado. Portnoy era o baterista favorito de Sullivan.

O DREAM THEATER disse em um comunicado: “Todos nós no DREAM THEATER desejamos de coração a Mike o melhor em sua jornada musical. Temos uma longa e significativa carreira juntos. Esperamos de verdade que ele encontre todo o que procura, e que ele alcance a felicidade que merece. Ele fará falta”.

O DREAM THEATER abriu os shows do IRON MAIDEN na turnê Americana que teve início em 9 de junho, em Dallas, Texas, e terminou em 20 de julho, em Washington D.C.

O penúltimo álbum do DREAM THEATER, “Systematic Chaos”, vendeu 36 mil unidades na semana de lançamento nos EUA em 2007, estreando na Billboard 200 na 19ª posição. “Octavarium”, de 2005, vendeu 27 mil cópias na semana de lançamento, estreando na 36ª posição.

Além da versão comum do CD, o décimo álbum de estúdio do DREAM THEATER, “Black Clouds and Silver Linings”, também foi disponibilizado em vinil, bem como numa edição especial com três CDs, que inclui o álbum na íntegra, um CD contendo as músicas do álbum somente com mixagem instrumental e mais um CD com seis covers.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Dream Theater: a saída de Mike Portnoy

5000 acessosDream Theater: Mike Portnoy anuncia saída da banda5000 acessosPortnoy: "Não culpem Avenged Sevenfold pela minha decisão"5000 acessosDream Theater: "Seguiremos com a mesma intensidade!"5000 acessosMike Portnoy: algumas perguntas ficam no ar5000 acessosDream Theater: "mais que animados por continuar o legado"5000 acessosPortnoy: seria trágico nunca mais tocar com o Dream Theater5000 acessosDream Theater: irmã de Mike Portnoy comenta saída da banda5000 acessosDream Theater: atrito entre Mike Portnoy e James LaBrie5000 acessosMike Portnoy: "eu estou MUITO triste com tudo isso!"5000 acessosDream Theater: banda já está testando novo baterista5000 acessosDream Theater: sete bateristas farão audição para a banda5000 acessosA7X: "não imagino o Dream Theater sem Mike Portnoy"5000 acessosDream Theater: "audições foram fenomenais", diz LaBrie5000 acessosDream Theater: anúncio de novo baterista em breve5000 acessosMike Portnoy: "ao prosseguir, eles abalam nossa relação"5000 acessosDream Theater: "Portnoy achou que podia controlar a banda!"5000 acessosPetrucci: certeza que voltará a tocar junto com Portnoy5000 acessosDream Theater: "as audições foram ótimas e temos alguém!"5000 acessosDream Theater: o baterista Mike Portnoy pode voltar?5000 acessosDream Theater: rejeitando retorno de Mike Portnoy5000 acessosDream Theater: Mike Portnoy, o deus que cometeu pecado5000 acessosDream Theater: Marco Minnemann é o novo baterista?5000 acessosDream Theater: Marco Minnemann não é o novo baterista5000 acessosDream Theater: "saída de Mike foi um choque", diz LaBrie5000 acessosDream Theater: Eddie Trunk diz que Mangini é o novo batera5000 acessosDream Theater: novidades sobre novo baterista na quinta?5000 acessosDream Theater: trailer das sete audições para baterista5000 acessosDream Theater: Análise de caso do baterista no Minuto HM5000 acessosDream Theater: Documentário sobre escolha de baterista5000 acessosDream Theater: Mais detalhes das audições dos 7 bateristas3798 acessosDream Theater: 2º capítulo de documentário na quarta-feira5000 acessosDream Theater: 2º vídeo de documentário do novo baterista5000 acessosMike Portnoy: "É como se divorciar em cadeia nacional"5000 acessosDream Theater: 3º capítulo de documentário na sexta-feira5000 acessosDream Theater: Mike Mangini é o novo baterista do grupo5000 acessosDream Theater: Terceira parte do 'Reality' disponível5000 acessosDream Theater: Veja primeiro foto oficial com Mike Mangini5000 acessosMike Mangini: Daniel Piquê fala de seu projeto com ele5000 acessosIron Maiden e Dream Theater: Pontos em comum de 2 novelas3332 acessosBola da Foca: Era necessário o que o Dream Theater fez?5000 acessosMike Mangini: "não acredito que estou no Dream Theater!"5000 acessosDream Theater: matéria sobre baterista no Leitura Dinâmica1245 acessosMinuto HM: matéria sobre escolha de batera do Dream Theater5000 acessosDream Theater: "obra do destino acharmos o baterista certo"5000 acessosMike Mangini: "tenho um enorme respeito pelo Portnoy"5000 acessosDream Theater: assista ao "Reality Show" com legendas5000 acessosDream Theater e Mangini: fã traduz sentimentos de Portnoy5000 acessosDream Theater: "Mike Mangini nos nocauteou na audição!"5000 acessosDream Theater: Mike Mangini fala ao site da Modern Drummer5000 acessosDream Theater: Mangini continua impressionando a banda5000 acessosDream Theater: "Mangini é membro permanente", diz Petrucci.5000 acessosDream Theater: entre palpiteiros, fãs e ufanistas5000 acessosAvenged Sevenfold: "Mike Portnoy não queria sair da banda"5000 acessosMike Portnoy: "eu apenas pedi um tempo para eles"2707 acessosMike Mangini: "estou sem palavras pela boa aceitação"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater: a saída de Mike Portnoy"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater: a saída de Mike Portnoy"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

ÁlbunsÁlbuns
Os vinte piores discos de todos os tempos

SepulturaSepultura
Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

Heavy MetalHeavy Metal
As vozes mais impressionantes segundo a Loudwire

5000 acessosGuns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl Rose5000 acessosVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)5000 acessosFotos de Infância: Pantera3002 acessosPink Floyd: as músicas do "Dark Side Of The Moon", da pior para a melhor5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine elogia Kiko mais um pouco5000 acessosDebandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhor

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online