Dream Theater: sete bateristas farão audição para a banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Na quarta-feira, 06 de outubro, DJ JC Green, da Metal Messiah Radio conduziu uma entrevista com o vocalista do DREAM THEATER, James LaBrie, sobre seu álbum solo, “Static Impulse”, e sobre a recente saída do baterista do DREAM THEATER, Mike Portnoy. Os 25 minutos de entrevista irão ao ar hoje à noite (sexta-feira, 08 de outubro) às 20 horas no www.metalmessiahradio.com. Alguns trechos da conversa seguem abaixo (como transcritos do arquivo de áudio pelo BLABBERMOUTH.NET).

5000 acessosTrues quase infartaram: Obituary mitou ao lado de Joelma e Chimbinha5000 acessosBandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresa


Mike era o porta-voz da banda. Como os membros remanescentes do DREAM THEATER vão gerenciar essa tarefa (daqui para frente)?

LaBrie: Bem, obviamente, ele estava tomando conta dessas coisas e queria estar presente o tempo todo, especialmente com relação à interação com os fãs e coisas do tipo. Então o que nós fazemos agora? NÓS estabeleceremos a comunicação, NÓS ficaremos em contato com nossos fãs, NÓS estabeleceremos uma ótima relação com nossos fãs, e NÓS nos tornaremos mais próximos de nossos fãs e eles verão quem e o que nós somos e eles saberão que nós estamos sempre ao lado deles e que nós apreciamos quem e o que eles apóiam. Então é uma maneira de nos comunicarmos, é uma maneira dos outros quatro caras se apresentarem e estabelecerem uma boa relação com os fãs de um modo mais comunicativo.

Então poderemos ver um cara caladão (possivelmente se referindo ao baixista John Myung – N. do. E) falando para a imprensa?

LaBrie: Com certeza. Ele já está fazendo isso. John Myung está muito mais verbal do que ele costumava e está dentro – está conosco nessa e está animado. Eu acho que uma das coisas legais é que você vai ouvir dos quatro caras muito mais do que antes, então haverá muito mais opiniões e pontos de vista e situações que normalmente você pode não ter ouvido. Então acho que vai ser legal.

Eu tenho lido em outras entrevistas que a banda tem feito uma busca por um substituto para Mike nas baquetas, mas eu não vejo nenhum tipo de pressa ou pressão na banda. Vocês estão realmente procurando por um substituto ou vocês já têm um ou dois candidatos em mente?

LaBrie: Não estamos muito apressados , porque é uma grande mudança para nós; não há precedentes na banda. Essa é a primeira vez que procuramos por um baterista para o DREAM THEATER. As coisas estão andando nos trilhos. Ainda não temos um baterista, mas já temos audições marcadas com bateristas, e está tudo certo para acontecer dentro de duas semanas. Então, em duas semanas vamos começar as audições. Já temos sete caras selecionados que vão entrar em estúdio, vão tocar algumas músicas e tal. Estamos procurando pela química, pela vibração, atitude, personalidade correta, visual correto – alguém que sintamos que realmente vai intensificar o que o DREAM THEATER tem representado e o que planejamos representar no futuro. Então tudo é muito animador. Temos tudo planejado, tudo combinado, então é tudo uma questão de, dentro de algumas semanas, iniciar as audições e aí eventualmente anunciar quem é o novo baterista.

Então haverão audições abertas?

LaBrie: Não serão abertas; já está decidido quem participará. Há sete bateristas que estão vindo e, desses sete, vai sair o nosso baterista. São todos bateristas de nível mundial. Não posso te dizer quem são – adoraria, mas não posso; não posso revelar essa informação. Não agora. As coisas ainda estão frescas. Mas será uma semana muito intense para nós enquanto estivermos tocando e testando esses bateristas.

Vou mencionar um nome que, pessoalmente, acho que tem um pacote complete para o DREAM THEATER – John Macaluso. Ele tocou com você na turnê do “Elements of Persuasion”, até por recomendação de Mike, e você cantou em uma das músicas do projeto solo dele, UNION RADIO. Ele é de Nova York, tem tocado metal progressivo durante a maioria da carreira dele – muitas coisas em comum. O que você acha dele?

LaBrie: Bem, sem falar que John Macaluso é um baterista fantástico; ele tem um talento incrível. Para mim ele é um John Bonham dos dias atuais – ele tem um feeling muito legal, tipo o do Bonham, mas ao mesmo tempo também pode tocar num contexto bem progressivo e adentrar em áreas mais sincopadas com facilidade. Sim, tive o prazer de sair tê-lo na parte européia da turnê do “Elements of Persuasion”, e ele é fantástico – não há dúvidas disso; ele é muito capaz. Se ele é um desses sete bateristas ou não, eu não posso te dizer (risos). Mas sem dúvida, o cara é um baterista incrível. Extremamente talentoso. Gosto muito do jeito dele de tocar, do estilo dele e ele é um cara incrível.

Sobre o post recente de Mike Portnoy, no qual ele acusou LaBrie de ser “insensível” e “desrespeitoso” por proclamar em uma entrevista recente que os membros remanescentes do DREAM THEATER não estavam “nem um pouco tristes” com a saída de Mike do grupo...

LaBrie: Não vou me envolver em justificativas sobre quem eu sou ou de onde ele vem ou coisas do tipo. Não quero falar sobre isso – quero manter as coisas positivas. Se alguma coisa está sendo interpretada como negativa, é uma pena. Nunca foi essa a intenção, e eu acho que se alguém leu minhas palavras na entrevista para o Used Bin Radio, eles iriam perceber que de maneira nenhuma eu insinuei algo que era negativo ou insensível.

Vocês planejam começar a trabalhar no novo álbum (do DREAM THEATER) em janeiro, como foi planejado antes da saída do Mike?

LaBrie: Sim, quer dizer, até agora acho que tudo está tendendo a se manter dentro da agenda; não vejo, até agora, porque mudar ou porque as coisas se atrasariam. Acho que estamos prontos e ansiosos para entrar em estúdio e compor algumas músicas. Então, nesse ponto, definitivamente, acho que janeiro ainda é uma realidade.

Você acha que a ausência da parte criativa de Mike como compositor e produtor vai dar (ao DREAM THEATER) mais liberdade ou pressão no processo?

LaBrie: Não acho que haverá pressão alguma. Acho que, no final, pode mudar a dinâmica dentro da banda, pode mudar a forma como as coisas andaram no passado no tocante às músicas e ao processo de composição. Acho, sim, definitivamente, que há espaço para mudanças. Tenho certeza que, até certa ponto, tem que mudar, tem que ser assim... É um novo capítulo em cada sentido da palavra. Então eu acho que, com certeza, é bem possível que, em muitas áreas – em especial ao processo de composição – há espaço para mudanças, mais do que comumente há.

Vocês já decidiram como será o processo de composição para o novo álbum (do DREAM THEATER)? Vocês irão compor em estúdio, como têm feito recentemente, ou vocês espera alguma mudança no processo?

LaBrie: Eu acho que vamos continuar entrando em estúdio, como a banda costuma, e compor já no estúdio, então estaremos todos lá trabalhando coletivamente, no mesmo espaço. Então, eu acho que vamos continuar a fazer como temos feito nos últimos álbuns.

Você considera usar um produtor externo ou o John (Petrucci, guitarrista do DREAM THEATER) ou algum outro dos caras da banda vão ficar por conta disso?

LaBrie: Acho que todos nós, nesse ponto... Acho que isso são coisas a serem discutidas mais adiante. Mas acho que, para grande parte das coisas, todos nós já demos carta branca a John Petrucci para seguir em frente e produzir. Acho que ele é extremamente competente e sabe exatamente onde precisamos chegar, o que precisamos fazer e como deve ser nosso som. Acho que ele é mais do que capaz de fazer isso e assumir essa posição.

A entrevista na íntegra de JC Green com James LaBrie vai ao ar hoje (sexta-feira, 8 de outubro), às 20 horas (horário local), apenas no www.metalmessiahradio.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Dream Theater: a saída de Mike Portnoy

5000 acessosDream Theater: Mike Portnoy anuncia saída da banda5000 acessosPortnoy: "Não culpem Avenged Sevenfold pela minha decisão"5000 acessosDream Theater: "Seguiremos com a mesma intensidade!"5000 acessosMike Portnoy: algumas perguntas ficam no ar5000 acessosDream Theater: "mais que animados por continuar o legado"5000 acessosPortnoy: seria trágico nunca mais tocar com o Dream Theater5000 acessosDream Theater: irmã de Mike Portnoy comenta saída da banda5000 acessosJames LaBrie: "nem um pouco triste" pela saída de Portnoy5000 acessosDream Theater: atrito entre Mike Portnoy e James LaBrie5000 acessosMike Portnoy: "eu estou MUITO triste com tudo isso!"5000 acessosDream Theater: banda já está testando novo baterista5000 acessosA7X: "não imagino o Dream Theater sem Mike Portnoy"5000 acessosDream Theater: "audições foram fenomenais", diz LaBrie5000 acessosDream Theater: anúncio de novo baterista em breve5000 acessosMike Portnoy: "ao prosseguir, eles abalam nossa relação"5000 acessosDream Theater: "Portnoy achou que podia controlar a banda!"5000 acessosPetrucci: certeza que voltará a tocar junto com Portnoy5000 acessosDream Theater: "as audições foram ótimas e temos alguém!"5000 acessosDream Theater: o baterista Mike Portnoy pode voltar?5000 acessosDream Theater: rejeitando retorno de Mike Portnoy5000 acessosDream Theater: Mike Portnoy, o deus que cometeu pecado5000 acessosDream Theater: Marco Minnemann é o novo baterista?5000 acessosDream Theater: Marco Minnemann não é o novo baterista5000 acessosDream Theater: "saída de Mike foi um choque", diz LaBrie5000 acessosDream Theater: Eddie Trunk diz que Mangini é o novo batera5000 acessosDream Theater: novidades sobre novo baterista na quinta?5000 acessosDream Theater: trailer das sete audições para baterista5000 acessosDream Theater: Análise de caso do baterista no Minuto HM5000 acessosDream Theater: Documentário sobre escolha de baterista5000 acessosDream Theater: Mais detalhes das audições dos 7 bateristas3798 acessosDream Theater: 2º capítulo de documentário na quarta-feira5000 acessosDream Theater: 2º vídeo de documentário do novo baterista5000 acessosMike Portnoy: "É como se divorciar em cadeia nacional"5000 acessosDream Theater: 3º capítulo de documentário na sexta-feira5000 acessosDream Theater: Mike Mangini é o novo baterista do grupo5000 acessosDream Theater: Terceira parte do 'Reality' disponível5000 acessosDream Theater: Veja primeiro foto oficial com Mike Mangini5000 acessosMike Mangini: Daniel Piquê fala de seu projeto com ele5000 acessosIron Maiden e Dream Theater: Pontos em comum de 2 novelas3332 acessosBola da Foca: Era necessário o que o Dream Theater fez?5000 acessosMike Mangini: "não acredito que estou no Dream Theater!"5000 acessosDream Theater: matéria sobre baterista no Leitura Dinâmica1245 acessosMinuto HM: matéria sobre escolha de batera do Dream Theater5000 acessosDream Theater: "obra do destino acharmos o baterista certo"5000 acessosMike Mangini: "tenho um enorme respeito pelo Portnoy"5000 acessosDream Theater: assista ao "Reality Show" com legendas5000 acessosDream Theater e Mangini: fã traduz sentimentos de Portnoy5000 acessosDream Theater: "Mike Mangini nos nocauteou na audição!"5000 acessosDream Theater: Mike Mangini fala ao site da Modern Drummer5000 acessosDream Theater: Mangini continua impressionando a banda5000 acessosDream Theater: "Mangini é membro permanente", diz Petrucci.5000 acessosDream Theater: entre palpiteiros, fãs e ufanistas5000 acessosAvenged Sevenfold: "Mike Portnoy não queria sair da banda"5000 acessosMike Portnoy: "eu apenas pedi um tempo para eles"2707 acessosMike Mangini: "estou sem palavras pela boa aceitação"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater: a saída de Mike Portnoy"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater: a saída de Mike Portnoy"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

Trues quase infartaramTrues quase infartaram
Obituary mitou ao lado de Joelma e Chimbinha

Bandas extremasBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

Black SabbathBlack Sabbath
Tony Iommi explica a diferença entre Dio e Ozzy Osbourne

5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosAs regras do Metal Neoclássico5000 acessosJimi Hendrix: 12 coisas que talvez você não saiba sobre ele5000 acessosJudas Priest: Rob Halford conta qual é seu "agudo" favorito5000 acessosQueen: nova foto de John Deacon circula pela rede5000 acessosMauricio Meirelles: A opinião do comediante sobre o rock nacional

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online